Polícia catalã mata suspeito de atropelamentos em Barcelona

21 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Principal suspeito de ter atropelado vários pedestres em La Rambla, na última quinta-feira (17), em Barcelona – com um saldo de 15 mortos e 130 feridos -, o marroquino Younes Abouyaaqoub foi baleado por policiais que o encontraram vestindo um suposto cinturão com explosivos.

Segundo a polícia da Catalunha, a operação aconteceu em Subirats, cidade a cerca de 45 quilômetros de Barcelona. Um robô do esquadrão antibomba está no local averiguando o dispositivo.

Pneus ultramacios da Pirelli para o Grande Prêmio da Bélgica

21 de agosto de 2017 por Eliana Lima

pneus

A Pirelli levará o pneu P Zero Roxo ultramacio pela primeira vez para Spa-Francorchamps, na Bélgica, junto com o P Zero Vermelho supermacio e o P Zero Amarelo macio.

São os três pneus mais macios da gama, escolhidos juntos pela sexta vez nesta temporada. Maaasss…uma variável famosa em Spa é o clima. Então, há também uma forte chance de se ver o Cinturato Verde intermediário ou o Cinturato Azul para condições de chuva, em algum momento durante o fim de semana.

Spa é o circuito favorito de quase todos os pilotos, pois incorpora curvas clássicas como a Eau Rouge e a Pouhon, que o tornam um verdadeiro passeio de montanha-russa, bem como um teste de bravura.

Pasmem!

21 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Você sabe quantos mandados de prisão existem pendentes em solo de potis-julgados?

Segundo dados do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), existem atualmente no RN mais de 11,8 mil mandados de prisão a serem cumpridos.

Ora, se o sistema penitenciário do estado está superlotado, imaginem se todos esses implicados fossem para as celas. Salve-se quem puder.

Ah! E mais de 4,7 mil mandados de prisão foram expirados.

Também da área criminal, o juiz Raimundo Carlyle questionou em seu perfil no Twitter: – “Caso cumpridos todos, os presos seriam recolhidos ao Arena das Dunas?!”.

E acrescentou: – “Os juízes cumprem a lei: quando a lei autoriza soltar, o flagranteado é solto”.

Audiência de custódia: desabafo de uma juíza

21 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Ex-presidente da Amarn (Associação dos Magistrados do RN), a juíza Hadja Rayanne, que atua na vara criminal, usou sua conta no Facebook para fazer, digamos assim, um desabafo, diante das várias críticas que ecoam contra juízes pelas solturas nas audiências de custódia.

A audiência de custódia serve para o direito ao preso. Todos detidos em flagrante devem ser levados ao juiz no prazo de 24 horas, para avaliar a legalidade e a necessidade da prisão. Antes, o primeiro contato entre juiz e preso normalmente ocorria na audiência de instrução e julgamento, que pode levar meses para acontecer.

Bom. Diante das inúmeras críticas, Hadja Rayanne desabafou:

“Detesto ter que fazer audiência de custódia. Próximo Natal, ao invés de estar com minha família, estarei na Custódia
esperando a interminável fila de delitos e tragédias humanas. Correndo risco de vida – porque passa a ser um local visado por delinquentes, ao lado de um CDP lotado.

Correndo risco de errar na avaliação do caso e prender um inocente ou soltar um criminoso perigoso, que vai oferecer risco às pessoas, inclusive as que eu amo. Mas tenho que ir. É meu dever comparecer e dar meu melhor para acertar.

Mas certos setores da imprensa passam a imagem de que a Custódia é algo que foi exigido e é adorado pelos magistrados. Ledo engano. Essa abordagem histérica desqualifica o debate e tira a responsabilidade de quem realmente pode fazer alguma coisa”.

E fez questionamentos que considera pertinentes:

“1- Quanto é o efetivo de policiais do RN e onde estão distribuídos?,

2- Estão bem aparelhados e remunerados para enfrentarem a criminalidade crescente?

3- E os setores de inteligência da polícia? Como estão? Precisam estar fortalecidos porque o crime se organizou. Não
adianta ficar catando milho.

4- E o sistema prisional? Anda bem? Tem vagas suficientes? Se prendermos todos que passam pela custódia tem onde manter todo mundo sem fugas constantes?”.

E finalizou:

“Se você respondeu positivamente a tudo isso, então sim, há possibilidade da culpa ser da Custódia. Qualifiquemos o debate. Argumentos cegos e histeria só servem para blindar quem realmente pode resolver a grave questão da Segurança Pública do RN. Encerro esse texto com meu compromisso como profissional de contribuir como puder para a Segurança do Estado”.

Chegou a vez da prisão de Cândido Vaccarezza

18 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Em fase inédita da Lava Jato, a Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (18) duas fases, a 43ª e a 44º fases, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Um dos alvos é o ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, que seria o articulador de um esquema de corrupção de um grupo de executivos da Petrobras.

Ex-deputado pelo PT, Vaccarezza hoje é do PTdoB. Já foi do PR e líder dos governos Dilma e Lula.

HUOL ganha acelerador linear para radioterapia

17 de agosto de 2017 por Eliana Lima

O médico potiguar Kléber Morais, superintendente da Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), e o reitor em exercício da UFRN, José Daniel Diniz Melo, visitaram hoje (17) o Hospital Universitário de Brasília (HUB), para conhecer as instalações do acelerador linear que será adquirido pelo Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), em Natal, para realização de radioterapia.

Também participaram da visita o diretor do Huol, Stênio Gomes,, e o diretor assistencial da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), Murillo Britto.

Atentado em Barcelona deixa mortos e feridos

17 de agosto de 2017 por Eliana Lima

No final da tarde de hoje (17) em Barcelona, na Espanha, momento de grande movimento, uma van atropelou várias pessoas que andavam pelas ramblas (calçadões), locais de bastante concentração turística, no centro da cidade espanhola.

A polícia da Catalunha já considera ataque terrorista. Segundo a Agência Brasil, o motorista do veículo, de cor branca, fugiu a pé, e está sendo procurado. Ele tem cerca de 1,70m de altura.

A área foi isolada, comércio, tr}es e metrôs foram fechados e serviços de emergência já estão no local. Pelo menos 13 pessoas morreram e 20 ficaram feridas, entre elas uma criança, em estado grave.

O discurso de Ney Júnior

16 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Presidente em exercício da Câmara Municipal de Natal, o vereador Ney Lopes Júnior foi o anfitrião na manhã de hoje (16), no Teatro Riachuelo, do prefeito de São Paulo, João Dória Júnior, e do empresário Flávio Rocha, presidente das Lojas Riachuelo, que receberam, respectivamente, título de cidadão natalense e a Medalha Frei Miguelinho.

A propositura do título foi do vereador e presidente da CMN afastado Raniere Barbosa (PDT), sob a justificativa de que o tucano paulista está presente na lista dos 100 líderes de maior reputação do Brasil pela empresa Merco. E que, entre 1986 e 1988, então presidente da Embratur, contribuiu para o aumento no turismo do RN e da capital-potengi.

Eis a íntegra do discurso:

Senhoras e Senhores,

Cabe-me, como presidente da Câmara Municipal de Natal, em nome dos Ilustres Colegas, saudar os homenageados, que tiveram suas honrarias aprovadas por ampla maioria dos meus pares, o Prefeito de São Paulo, João Doria Junior e o amigo, valoroso empresário potiguar, ex-deputado federal Flávio Rocha. Sabe-se que o título honorífico existe desde os primórdios das civilizações, nos povos mais antigos, sob diversas formas e denominações.

Originariamente, as instituições políticas de Roma guardaram certas semelhanças com as que se organizaram nas cidades-estados gregas. Além do mandatário, existia um conselho, que se chamava Senado. Na medida em que se consolidou o Império Romano, essas assembleias reconheciam a titulação honorífica aos chamados “tribunos”, assegurado a todos eles os direitos de cidadão, mesmo não sendo originariamente Romanos. As homenagens eram outorgadas, em razão de serviços prestados, atributos pessoais e notoriedade.

A Câmara Municipal de Natal estabelece critérios para a concessão e títulos honoríficos e o reconhecimento da importante Medalha Frei Miguelinho.

Por maiores que sejam diferenças de natureza política, ou ideológica entre os membros da Câmara Municipal de Natal, não se pode negar de forma alguma que o Prefeito João Doria Junior, da cidade de São Paulo, a maior metrópole da América Latina e a terceira do mundo, seja considerado uma personalidade, de inegável notoriedade, inclusive internacionalmente, e que a sua qualificação como “cidadão natalense” é um gesto de reconhecimento público, aproximando-o do nosso povo, na condição de conterrâneo honorífico.

Além disso, é de fundamental importância fazer um registro acerca da participação do Prefeito João Dória, no crescimento do turismo em Natal.

O homenageado, quando exerceu a presidência da EMBRATUR, entre os anos 1986 a 1988, mostrou-se sensível às reivindicações encaminhadas pela nossa cidade, cujo objetivo era o aproveitamento do potencial turístico, hoje conhecido em todo o mundo.

Foi Vossa Excelência que colaborou para Natal tornar-se destino turístico, levando representantes do Poder Público e empresários para participarem, pela primeira vez, de feiras internacionais, que deram visibilidade mundial à nossa cidade.

À época, tornou-se realidade a primeira folheteria bilíngue, com imagens de Natal e das belezas naturais.

Além disso, firmou-se convênio com o Governo do Estado para financiamento de toda a infraestrutura turística (estradas, pavilhão do Centro de Convenções, terminais turísticos, reforma do aeroporto Augusto Severo), com recursos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur).

Ainda na gestão de Vossa Excelência na EMBRATUR foram financiados os projetos dos primeiros hotéis da Via Costeira, restaurantes e equipamentos de entretenimento e lazer da capital.

Outra iniciativa, compartilhada com a colaboração da EMBRATUR, foi a inclusão de Natal na ferramenta de marketing denominada Passaporte Brasil, que proporcionava descontos para turistas em hotéis, companhias aéreas, restaurantes e comércio eletrônico.

Após recordar tantas iniciativas de Vossa Excelência, dentre tantas outras, todas elas vitais para o nosso crescimento turístico, permita fazer-lhe uma proposta ousada.
Não tenho dúvidas em afirmar, que o turismo é a nossa maior fonte de geração de emprego e renda. Percebi essa importância, quando exerci transitoriamente a Prefeitura da cidade e pude constatar a necessidade de medidas para o incremento do setor. Considerando que São Paulo é um dos principais polos emissores de turistas no país, formulo a sugestão de uma parceria de irmandade entre São Paulo e Natal.

Para alcançar tais objetivos seria firmado um protocolo de intenções, entre a Prefeitura de São Paulo e a Prefeitura de Natal, para intercâmbio de gestões e atração de fluxos turísticos recíprocos.
Essa alternativa abriria a possibilidade de São Paulo, considerada a maior cidade nordestina do Brasil, estar presente em nosso esforço de desenvolvimento, considerando que a grandeza paulista teve historicamente a presença da “mão nordestina”, através dos trabalhadores anônimos, que acreditaram ser possível ajudar a construir uma megametrópole, feita de pedaços dos seus próprios sonhos. Continuaremos a acreditar na parceria de Vossa Excelência, prefeito João Doria, que nunca nos faltou.

Senhoras e Senhores,

Na história de vida do prefeito João Doria são indissociáveis as suas origens políticas, a começar pela figura emblemática do seu pai, o nordestino, nascido na Bahia, João Agripino da Costa Doria, político, deputado federal, jornalista, publicitário reconhecido e exaltado no país.

Ao assumir a Prefeitura de São Paulo, após uma vitória inquestionável e contundente, o prefeito João Doria teve solenidade simples de posse, marcada pela austeridade, sem café, sem banquete, sem bebidas, mas, segundo ele, com o principal valor, que é o exemplo e o comprometimento em honrar a confiança dos governados.

Na ocasião, o nosso homenageado proferiu um memorável discurso, no qual se referiu ao seu Pai, afirmando que se vivo fosse ele ABRE ASPAS “estaria muito feliz, na sua cadeira de rodas, onde passou os últimos oito anos da sua vida sem perder, tenacidade, vontade, a sua liberdade de pensar e de expressar o que sempre pensou e o que sempre desejou para o seu país” FECHA ASPAS.

Enfatizou, ainda, o Prefeito João Doria sobre o seu genitor: ABRE ASPAS “Meu pai não pôde nos deixar nenhum bem material, nem uma herança de propriedade, nem dinheiro, nem ações, mas deixou o que de mais importante um pai e uma mãe podem oferecer aos seus filhos: é o legado do próprio exemplo. O exemplo de vida. O exemplo de honestidade, de tenacidade, de determinação. De um homem que diante das ameaças não vergou, não se entregou, não cedeu e pagou caro por isso, mas pagou caro com a certeza de que estava fazendo o que tinha que ser feito pelo seu país, pelo seu povo, pela sua bandeira. Este é o exemplo que me motiva na minha vida pública”. FECHA ASPAS.

Recordou no discurso de posse, igualmente, a sua mãe, Maria Silvia, que com o exílio político do esposo, instalou uma pequena fábrica de fraldas e demonstrou ABRE ASPAS “determinação, vontade e fibra ao enfrentar longos anos, quando nos faltava quase tudo”. FECHA ASPAS.

Lembrou que todas as noites, muitas das quais sem luz, “ela orava e confortava os filhos”, inconformados com a ausência do pai.

Minhas Senhoras e Meus Senhores,

Uma palavra também muito especial sobre o conterrâneo, o amigo, o empreendedor modelo, ex-deputado federal Flávio Rocha. Com justiça, a Câmara Municipal de Natal lhe outorga a Medalha do Mérito Frei Miguelinho, através do Decreto Legislativo nº 33/2017. Flávio Rocha é a prova viva do binômio empresário e político, com visão de futuro e espírito público.
Como deputado federal defendeu com ardor e convicção propostas como a da implantação do Imposto Único no país. A propósito do perfil que o então deputado federal despertava àqueles com quem convivia no Congresso Nacional. Recordo um fato real, contado pelo meu pai, ex-deputado federal Ney Lopes.

Em 1992, os deputados federais à época, Nelson Jobim, Roberto Campos, Ney Lopes e Flávio Rocha participaram como observadores da Convenção Republicana, que indicaria George Bush, na disputa com Bill Clinton, realizada na cidade de Houston, Texas. Como é costume nos Estados Unidos, a convenção prolongou-se por uma semana, com debates, reuniões, palestras e intercambio político.

Ao final, testemunha o meu pai, o deputado Roberto Campos, embaixador, economista, ministro de Estado, cujo nome está inscrito na história do Brasil, afirmou que estava impressionado com a inteligência, a argucia e o interesse pelos temas econômicos e políticos do jovem deputado Flávio Rocha. Vaticinou naquela ocasião, que ele teria um futuro brilhante na política e na vida empresarial brasileira.

Tinha razão o Ministro e Embaixador Roberto Campos. Flávio Rocha é uma referência para o Rio Grande do Norte, projetada no país e no mundo. As suas posições podem ser aceitas ou não, aplaudidas ou não, isso é natural da democracia, no debate econômico, político e social, mas ele as defende com firmeza. Menciono até a frase de Robert Greene, citada pelo prefeito João Doria em seu discurso de posse, que se aplica à Flávio Rocha:

“Sejamos ousados, qualquer erro cometido com ousadia é facilmente corrigido, com mais ousadia. Todos admiram os corajosos, ninguém louva os covardes”.
A ousadia de Flávio dá seguimento ao exemplo herdado do seu pai, empresário vitorioso NEVALDO ROCHA, a quem presto e rendo homenagens, como prova inquestionável da fibra do empreendedor norte-rio-grandense.
A trajetória de ambos, sempre resultou em avanços, oferta de empregos e oportunidades, hoje não apenas em benefício do Rio Grande do Norte, mas do país.

A medalha conferida pela Câmara Municipal de Natal ao empresário Flávio Rocha tem a denominação de Frei Miguelinho, que foi também um ousado, um desbravador, um convicto defensor dos seus ideais iluministas, inspirados na Revolução Francesa. Esse nosso conterrâneo Ilustre coloca-se na história do Brasil como a figura central da Revolução de 1817, que teve significado tão expressivo, quanto a Inconfidência Mineira.

Por todas as razões expostas gratifica-me, como Presidente da Câmara Municipal de Natal, saudar o Prefeito João Dória Junior e o empresário e ex-deputado federal Flávio Rocha, nesta solenidade.

Falo em nome de uma Casa política, na qual as opiniões divergem e conflitam, mas que preserva a tradição do respeito aos contrários, como único meio capaz de viabilizar a democracia.
Sob essa ótica das discordâncias, a Casa política reflete a vida humana, o que relembra Vinícius Morais, quando cantou que “a vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros pela vida”.

Neste instante, todos nos encontramos, superando e respeitando as diferenças, para render homenagens a dois homens públicos: o prefeito João Doria, com o título de cidadão natalense e o empresário, ex-deputado federal Flávio Rocha, homenageado por justiça pela Câmara Municipal de Natal, com a Medalha Frei Miguelinho.

O elevado significado desta solenidade é a convivência fraterna e saudável de uma cidade, que nasceu no final do século XVI, aos pés do presépio, simbolizando a casa, a fonte, o abrigo, o destino da Estrela, que atravessa os séculos e lembra ao mundo cristão o Berço do Salvador da humanidade. A partir de hoje saudamos o Prefeito João Doria Junior como nosso conterrâneo e parceiro.

Ao amigo e conterrâneo Flávio Rocha renovamos o sentimento de respeito e admiração, pela sua trajetória de vida sempre ativa, na construção dos caminhos futuros da nossa terra e do nosso país.

Muito obrigado!

Ney Lopes Jr.
Natal (RN), 16 de agosto de 2017

Petrobras explica sobre suas distribuidoras no Uruguai

16 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Em nota emitida para a imprensa, a petrolífera diz que esclarece sobre as “questões que precederam os processos arbitrais internacionais a que recorreram suas distribuidoras de gás no Uruguai – Distribuidora de Gás de Montevideo S.A. (DGM) e Conecta S.A.”.

Eis:

1. As condições em que as concessões às suas distribuidoras de gás no Uruguai foram feitas originalmente, em 1994 e 1999, respectivamente, não perduraram. Mudanças nas condições de exportações do gás argentino para o Uruguai, única fonte de abastecimento de gás do país, causaram restrição de abastecimento e desequilíbrio econômico-financeiro nos contratos das distribuidoras no Uruguai, principalmente a partir de 2008. O preço de importação do gás argentino para o Uruguai foi multiplicado por 8 entre 2005 e 2015.

2. Ao longo de anos as empresas da Petrobras no Uruguai fizeram vários pedidos administrativos e reuniões entre dirigentes da companhia e das distribuidoras com ministros e outras autoridades uruguaias buscando uma colaboração para resolver os problemas estruturais que afetaram os contratos de concessão, sem atingir resultados.

3. A construção de uma planta regaseificadora na zona portuária de Montevidéu, inicialmente prevista pelo governo para entrar em operação em 2015, poderia resolver o problema do abastecimento. Porém, naquele ano, o governo uruguaio anunciou oficialmente a interrupção do projeto.

4. A partir de maio de 2017, as condições de fornecimento de gás para as distribuidoras no Uruguai pioraram. Ficaram mais caras e os novos custos ainda não foram devidamente repassados às tarifas pelo Estado uruguaio. Um novo contrato, negociado entre a estatal uruguaia Administración Nacional de Combustibles, Alcohol y Portland (ANCAP), e a estatal argentina Energia Argentina S.A. (ENARSA), sem participação das distribuidoras, é agora a única opção de aquisição do gás no Uruguai.

5. Em maio, o governo uruguaio resolveu executar garantia bancária da concessão da DGM, alegando descumprimento do pagamento de parte do arrendamento (“canon”) pelo uso dos bens concedidos. A DGM questionou oportunamente a legitimidade e licitude da parcela, por entender que a mesma se origina de inclusão abusiva de impostos e royalties argentinos no cálculo de cobrança pelo governo uruguaio. A DGM vinha pagando a parte não controvertida do “canon” e discutindo, em âmbito administrativo, a parte com a qual não concorda.

6. As distribuidoras da Petrobras seguem cumprindo com todas as suas obrigações e mantendo o serviço de distribuição de gás com os mais altos padrões de qualidade e segurança da indústria.

Amanda Gurgel agora é do PSOL

16 de agosto de 2017 por Eliana Lima

A ex-vereadora Amanda Gurgel, que foi a segunda mais votadas nas últimas eleições, com 8.002 votos, mas não se reelegeu porque o PSTU não atingiu o mínimo de votos para atingir o quociente eleitoral para eleger candidatos, é a nova integrante do PSOL. Em 2012, ela foi a vereadora mais votada da história de Natal, com 32.819 votos.

A filiação será comemorada amanhã (17), no ato de recepção ao MAIS, corrente política da qual faz parte, a partir das 19h, na sede do partido, Cidade Alta.

O MAIS (Movimento por uma Alternativa Independente e Socialista) é uma corrente política originada a partir da ruptura com o PSTU, ocorrida no ano passado. Após um ano de discussões internas, decidiu em seu congresso pelo ingresso no PSOL.

“Estamos dando um passo para construir uma alternativa ao PT pela esquerda. Entramos no PSOL com as nossas ideias, para somar com milhares de lutadores nessa importante tarefa”, declarou Amanda.

Prefeitura de Natal oferece descontos e parcelamentos na quitação de débitos

16 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Para quem tem dívidas tributárias municipais, a Prefeitura do Natal está oferecendo descontos em multas e juros de débitos que chegam a 90%, além de parcelamentos de até 60 meses na quitação das pendências.

As negociações dos contribuintes junto à Secretaria Municipal de Tributação, de acordo com o decreto publicado hoje (16), seguem até dia 15 de setembro.

“Este decreto é de extrema importância porque estamos em um momento difícil de crise. Na administração, estamos todos imbuídos em procurar soluções para evitar a execução de processos no Judiciário”, diz o secretário de Tributação, Ludenilson Lopes.

“Não é interesse do Município essas execuções e leilões, por isso estamos criando alternativas para a regularização fiscal dos contribuintes”, considera.

Mas, avisa que quando há dívida já judicializada ou inscrita na Dívida Ativa do Município, o contribuinte perde o direito de parcelamento de juros e multas, mas pode ainda quitar seu débito à vista, com descontos que chegam a 90%.

E quem já está com imóvel inscrito em leilão, devido à dívida com IPTU e que, mesmo não podendo mais negociar com parcelamento, pode recuperar o imóvel quitando os juros e multas à vista. O próximo leilão está previsto para o dia 25 de setembro.

Forças Armadas fazem operação no RJ

16 de agosto de 2017 por Eliana Lima

O Rio de Janeiro amanheceu hoje (16) com cerca de 2,6 mil homens das Forças Armadas, policiais militares e civis. É a Operação Dose Dupla, prender 26 pessoas, apreender dois menores e cumprir 34 mandados de busca e apreensão em Niterói, na Região Metropolitana.

A ponte Rio-Niterói foi bloqueada durante a madrugada para a passagem da tropa, e o espaço aéreo na região também foi fechado. De acordo com o Comando Militar do Leste, um militar foi baleado na mão na comunidade Ititioca.

Os alvos são integrantes que praticam roubo de cargas. Não há interferência nas operações dos aeroportos. É a segunda grande operação das forças federais no Rio em conjunto com os agentes de segurança estaduais para desarticular o crime organizado no estado, com foco principal no tráfico de drogas.

Associação de subtenentes e sargentos é contra exoneração do coronel Azevedo

15 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Por meio do presidente, subtenente Eliabe, a Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN emitiu nota para externar a insatisfação pela exoneração do coronel André Azevedo do comando-geral da PM.

Eis a nota:

É com surpresa e decepção que recebi a notícia da exoneração do Comandante Geral da PMRN, Coronel Azevedo. Perde a Polícia Militar, perde a população, perde a segurança pública do RN. O crime agradece.

Para o atual governo é mais fácil trocar o Comandante da PMRN do que ouvi-lo nas suas reivindicações na tentativa de buscar uma solução para diminuição da violência através das condições adequadas de trabalho dos seus comandados.

Agindo assim o governador Robinson Faria passa para a população a falsa impressão de que o caos na Segurança Pública do RN é culpa da Polícia Militar. Um equívoco, pois a PMRN tem feito o que lhes compete, mesmo diante de todas as dificuldades enfrentadas na luta contra o crime.

Falta de efetivo, Coletes vencidos, viaturas insuficientes, falta de custeio para manutenção da frota existente, salários atrasados, pagamento de promoções atrasados, pagamento dos níveis do subsídio atrasados, diárias operacionais defasadas, descumprimento de acordo pactuado em 14 de fevereiro com os policiais militares. Estas são algumas das sérias dificuldades enfrentadas pela polícia militar e que com certeza comprometem o serviço prestado a população do RN.

Ao Coronel Azevedo, em nome da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN agradecemos e, ao mesmo tempo reconhecemos o seu esforço, compromisso e dedicação na busca por uma segurança pública melhor para profissionais e população do RN.

Atenciosamente,

Presidente da ASSPMBMRN, Subtenente Eliabe

Governador nega irregularidades e diz que respeita a Justiça

15 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Coube ao advogado de Robinson Faria emitir nota de esclarecimento sobre a Operação Anteros, que teve como alvos busca e apreensão no apartamento e na casa de praia do governador, na Governadoria e na Escola da Assembleia.

Eis a nota:

O Governador Robinson Faria nega veementemente a prática de qualquer irregularidade durante seu mandato de deputado estadual, encerrado em 2010 e reforça que sempre esteve à disposição para prestar qualquer esclarecimento.

Apesar de não concordar com a diligência realizada nesta data, tem profundo respeito pela justiça e confia no rápido restabelecimento da verdade.

Até o momento a defesa não teve acesso aos autos.

José Luis Oliveira Lima
Advogado

Sinduscon apresenta nova pesquisa sobre mercado imobiliário na Grande Natal

15 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Presidente do Sindicato da Construção Civil do RN (Sinduscon), o engenheiro Arnaldo Gaspar Júnior recebe amanhã (16) em coletiva de imprensa.

Vai divulgar, às 8h30, na sede da entidade, pesquisa sobre o mercado imobiliário da Grande Natal. Feita pela Consult, o levantamento é referente ao segundo trimestre de 2017.

Na ocasião, a diretoria do sindicato estará à disposição para analisar os dados e comentar outros aspectos relacionados à construção civil do Rio Grande do Norte.

Braço direito de Eduardo Paes é alvo da Lava Jato

15 de agosto de 2017 por Eliana Lima

No Rio, a Polícia Federal bateu na porta da residência e do escritório de Rodrigo Bethlem (PMDB), ex-deputado e ex-secretário estadual de Assistência Social do Rio, considerado braço direito do ex-prefeito Eduardo Paes (PMDB).

Trata-se de parte da Operação Ponto Final, desdobramento da Lava Jato, autorizadas pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal.

Rodrigo Bethlem é suspeito de ter participado de um esquema de corrupção envolvendo os empresários do transporte Lélis Teixeira e Jacob Barata Filho, presos em julho, segundo o Congresso em Foco.

O Ministério Público Federal (MPF) afirma que captou menagens nos celulares de presos na Ponto Final que indicam o ex-secretário como intermediário do esquema.

Operação desarticula esquema que movimentou mais de R$ 5,7 bilhões em cinco estados

15 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Para desarticular uma organização criminosa transnacional especializada na prática de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, ação em conjunta entre a Polícia Federal e a Receita Federal foi deflagrada hoje (15), sob o nome Operação Hammer-on.

De acordo com a PF, empresas controladas pela organização criminosa investigada movimentaram mais de R$ 5,7 bilhões de origem ilícita no período de 2012 a 2016.

Cerca de 300 policiais federais e 45 servidores da Receita cumprem 153 mandados expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba – dois de prisão preventiva, 17 de prisão temporária, 53 de condução coercitiva e 82 de busca e apreensão em várias cidades do Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais e Santa Catarina.

As investigações, iniciadas em 2015, apontam “cinco núcleos interdependentes que utilizavam contas bancárias de várias empresas, em geral fantasmas, para receberem vultosos valores de pessoas físicas e jurídicas interessadas em adquirir mercadorias, drogas e cigarros provenientes do exterior, especialmente do Paraguai”, diz a PF.

Nome

“Hammer-on é uma técnica usada em instrumentos de corda para ligar duas notas musicais com uma mesma mão. Fazendo-se novamente referência à teoria musical, na operação Hammer-on, numa só toada, com uma só mão, ligaram-se duas notas musicais (intermediários e demandantes)”.

Brasil acorda com três operações da PF, uma no RN

15 de agosto de 2017 por Eliana Lima

A Polícia Federal deflagrou nas primeiras horas da manhã de hoje três operações: uma no Rio de Janeiro, como desdobramento da Lava Jato; uma em cinco estados, chama de Hammer-On, que combate lavagem de dinheiro e evasão de divisas; outra em Natal e na Praia de Pirangi, desdobramento da Operação Dama de Espadas, que chegou à espera federal com a delação premiada da ex-procuradora da Assembleia Legislativa Rita das Mercês.

Em Natal, foram alvos o apartamento do governador Robinson Faria em Areia Preta, a casa no condomínio Porto Brasil, em Pirangi; Governadoria e Escola da Assembleia Legislativa.

Segundo nota da PF, o ministro Raul Araújo Filho, do STJ, “determinou que fosse iniciada investigação preliminar para apurar os crimes de organização criminosa e obstrução da Justiça que estariam sendo praticados pelo governador do Estado com ajuda de servidores estaduais”.

Foram nove mandados de busca e apreensão e dois de prisão: Magaly Cristina, responsável pela AL Cidadã, e Adelson Reis (que nas horas vagas imita o personagem ZéBonitinho). Segundo os investigadores, RF é suspeito de praticar atos na contratação de funcionários fantasmas na folha de pagamento da AL, desde 2006.

Na mitologia grega, Anteros é a antítese do irmão Eros. Remete à antipatia, aversão. Enquanto Eros une, Anteros separa, desune e desagrega.

Desembargadores na mira de criminosos

14 de agosto de 2017 por Eliana Lima

No início da manhã de hoje (14), dois assaltantes foram baleados pelo motorista-segurança do desembargador Virgílio Macedo, do Tribunal de Justiça (TJ), por volta das 6h, no momento em que tentavam levar o carro oficial do magistrado, em frente ao apartamento onde mora, no Tirol. Os dois foram socorridos pelo Samu e levados ao Hospital Walfredo Gurgel.

No final da manhã, o carro do desembargador Cláudio Santos foi tomado de assalto e o motorista levado como refém, enquanto este esperava o filho do magistrado deixar o colégio, na Rua Floriano Peixoto, em Petrópolis.

Direção da Arena das Dunas quer punição para vândalos

14 de agosto de 2017 por Eliana Lima

Diante da quebradeira provocada em equipamentos da Arena das Dunas, na noite de ontem (13), após o jogo em que o América empatou com o Juazeiro, mantendo-se na Série D, a direção do estádio emitiu nota para informar que vai em busca dos culpados, e reforço que os torcedores civilizados serão bem recebidos.

Eis a nota:

A Arena das Dunas lamenta o ocorrido na noite do último domingo (13), condena os atos de vandalismo e está trabalhando para identificar os responsáveis. Serão encaminhadas imagens e provas para as autoridades competentes, visando punição dos culpados. Reforçamos que o triste episódio não afeta o nosso imenso prazer e orgulho em receber a torcida do América, merecedora do nosso respeito. O volume total do prejuízo já está sendo contabilizado. Por fim, informamos que os danos patrimoniais serão reparados e a Arena continuará de braços abertos para receber seus clientes.