PM deflagra ação de combate ao crime no Alto Oeste

26 de março de 2015 por Eliana Lima

Mais uma ação de combate ao crime foi deflagrada na região do Alto Oeste. Na manhã desta quinta-feira (26), policiais militares, do 7º Batalhão da PM (7º BPM), com sede no município de Pau dos Ferros, realizaram operação para coibir roubos, furtos, homicídios e tráfico de drogas na cidade.

Durante a ação, a Polícia Militar concentrou seu efetivo e viaturas nos bairros de São Geraldo (Quatro Bocas), que possui uma grande quantidade de bares,  Riacho do Meio e Princesinha do Oeste, com patrulhamento tático em abordagens a pessoas que apresentavam atitudes suspeitas. Foram vistoriados cerca de 50 pessoas que transitavam a pé ou em veículos. Não houve apreensão, nem prisões nesta ação.

Rafael Motta propõe o fim de inaugurações de obras inacabadas

26 de março de 2015 por Eliana Lima

O deputado Rafael Motta (PROS) protocolou  na Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (26), projeto semelhante ao que ele apresentou quando vereador na Câmara de Natal, hoje em tramitação no legislativo municipal.

A matéria tem o objetivo de proibir a inauguração e a entrega de obras públicas inconclusas, ou que, embora concluídas, não atendam ao fim a que se destinam – com a falta de equipamentos ou servidores.

Se aprovada, evitará a exploração eleitoreiras por parte de agentes políticos, que visam promoção pessoal sem se importar com a eficiente aplicação dos recursos públicos, esclarece RM.

De acordo com a proposição, ficam proibida qualquer cerimônia de inauguração oficial de construções inacabadas de hospitais, escolas, centros de educação infantil, praças, parques, unidades básicas de saúde, bibliotecas, e qualquer obra nova, de reforma, de ampliação ou de aparelhamento, desde que executada ou adquirida, total ou parcialmente com dinheiro público.

Explica: “O projeto de lei está alicerçado em dois princípios constitucionais primordiais para Administração Pública, a moralidade e a impessoalidade. Além disso, o projeto inova a legislação pátria para garantir que as obras públicas sejam concluídas com qualidade, sem pressa para serem inauguradas em razão de calendário eleitoral e assim atendam às necessidades reais da população”.

O projeto deve ser analisado pelas comissões permanentes da Câmara dos Deputados para ser votado no plenário.

Em tempo: o projeto de lei municipal apresentado por Rafael na Câmara de Natal que proíbe a inauguração de obras públicas incompletas foi feito em parceria com o deputado estadual Kelps Lima (SDD), que levou uma matéria semelhante para a Assembleia Legislativa do RN.

Norte Shopping vai apagar luzes da fachada na ‘Hora do Planeta’

26 de março de 2015 por Eliana Lima

O Partage Norte Shopping Natal apoiará, pelo terceiro ano consecutivo, a campanha ‘A Hora do Planeta’, no próximo sábado (28). As luzes da fachada serão apagadas durante os 60 minutos do ato – das 20h30 às 21h30.

A Hora do Planeta é uma iniciativa da organização ambientalista WWF-Brasil e representa hoje o maior ato simbólico mundial contra o aquecimento global. Na ocasião, governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o meio ambiente, apagando as suas luzes.

“Sempre promovemos em nossas ações de marketing, e até mesmo em nosso dia a dia administrativo, uma maior consciência ambiental e social. Não nos permitimos ficar de fora de um momento tão significativo para o planeta”, comenta Elisangela Costa, coordenadora de marketing do shopping.

De acordo com o WWF, apagar as luzes por uma hora é apenas o começo, é importante uma reflexão de todos sobre como mudar para ter uma vida mais sustentável. Para se juntar à campanha, basta apagar as luzes das 20h30 às 21h30.

Campo Grande festeja 52 anos

26 de março de 2015 por Eliana Lima

A cidade de Campo Redondo comemora hoje (26) 52 anos de emancipação política, com missa em ação de graças, café comunitário e inicio de festival de atividades esportivas com corrida de atletismo, corrida de jegue, ciclismo, torneio de futebol e futsal.

História do município:

Em 1894, tornou-se pública a existência de uma fazenda de gado por nome Campo Redondo, situada na serra do Doutor, na região do Trairi de propriedade de Francisco José Pacheco. A família comprou propriedades e iniciou a construção de casas. A primeira casa foi erguida por Joaquim Borges de Oliveira, onde atualmente funciona a Farmácia Tradição Amarante. Assim, a família Pacheco é considerada fundadora de Campo Redondo.

Por decisão do proprietário, construiu-se na fazenda uma capela em homenagem a Nossa Senhora de Lourdes, que depois, em 1935, foi substituída por uma igreja maior, e três anos depois Campo Redondo foi elevada à condição de vila, passando a se chamar, oficialmente, Serra do Doutor, no dia 30 de dezembro de 1943.

Em seguida voltou ao seu nome original, Campo Redondo. No dia 26 de março de 1963, pela Lei nº 2.855, desmembrou-se de Santa Cruz e tornou-se município com o nome de Campo Redondo.

Idema embarga obras no pontal de Baía Formosa

26 de março de 2015 por Eliana Lima
Surfistas fazem abraço no pico do surf - Foto: Divulgação

Surfistas fazem abraço no pico do surf – Foto: Divulgação

Depois de denúncias feitas por moradores e surfistas, com protestos realizado domingo (22), ia Mundial da Água, o Idema comunicou nesta quinta-feira (26) que embargou na última terça as obras no pontal de Baía Formosa, após vistoria no local que constatou a ação da prefeitura apesar de não determinações do órgão ambiental.

Em fevereiro de 2014, o Idema emitiu notificação para a paralisação da obra. Em março do mesmo ano, emitiu nota técnica para reavaliar o projeto, com série de exigências para a execução das obras de urbanização. Como a prefeitura não vinha cumprindo com as condicionantes, o prefeito Nivaldo Melo terá que, a partir de agora, atender a determinação do Instituto, sob a penalidade de multa que varia de R$ 15 mil a R$75 mil.

Segundo o diretor técnico do Idema, Luís Augusto, a obra que antes estava apenas notificada passa a ser embargada pelo não cumprimento da dispensa de licença, que são medidas que estão de acordo com o estudo do órgão. “Uma das recomendações principais seria a adequação do projeto de drenagem de águas pluviais com o plano de saneamento básico do município, mas isso não foi atendido, então é responsabilidade do Idema embargar a obra, uma vez que não está de acordo com as determinações dadas”, afirma.

Na próxima semana, a equipe de fiscalização fará nova visita ao pontal para averiguação da obra embargada.

Sinsenat faz ato público na Semtas para cobrar cumprimento da data-base

25 de março de 2015 por Eliana Lima

Para marcar o início da luta para o cumprimento da lei da data-base, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat) realizou na manhã desta quarta (25) ato público na Secretaria de Assistência Social (Semtas) com mobilização de centenas de servidores municipais de diversas categorias.

Reclama que a prefeitura ainda não apresentou nenhum índice de reajuste da data-base, que deve ser feito todo mês de março. “A gestão municipal já desmarcou quatro vezes as reuniões em que deveriam apresentar a proposta de reajuste da data-base. Isso está provocando um descontentamento da categoria e em virtude disso foi deliberado em Assembleia o início da greve no munícipio para o dia sete de abril. Apesar de ser um direito garantido por lei, o prefeito não cumpre e o servidor público precisa fazer greve para que os salários sejam corrigidos”, disse Soraya Godeiro, coordenadora do Sinsenat.

“Nós iniciamos o processo de mobilização na Semtas, pois aqui existe uma gestão autoritária e antidemocrática, que pratica o assédio moral com os seus servidores. Para se ter uma ideia, numa tentativa de impedir a nossa mobilização, a titular da Secretaria, Ilzamar Pereira, deu ordens para que transferissem os carros que são estacionados diariamente na parte de trás do prédio, aqui na frente. Isso não adianta, conseguimos fazer o acampamento, estamos organizados e vamos as ruas. A melhor solução seria o prefeito sentar com a sua equipe econômica e definir o índice de reajuste, porque da data-base não iremos abrir mão”, bradou.

A data-base foi conquistada em 2010, retirando os servidores municipais de 18 anos de congelamento salarial. É por isso que o Sinsenat convoca todos os servidores a comparecer no dia sete de abril na Assembleia Geral de deflagração da greve, na sede da entidade, às 9h.

Estudantes vão à Câmara Federal reclamar dificuldades de acesso ao Fies

25 de março de 2015 por Eliana Lima

Estudantes foram na manhã desta quarta-feira (25) à Câmara dos Deputados para reclamar de mudanças em regras no Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) e as dificuldades enfrentadas para renovar e firmar novos contratos, com presença de representantes do governo, dirigentes de instituições de ensino superior privado e parlamentares em Comissão Geral da Câmara dos Deputados.

Os estudantes também destacam as dificuldades nos pedidos de renovação e estão inseguros com a entrada e a permanência no ensino superior. “Queremos entender o que vai acontecer com os alunos que já estão matriculados e passam dias e noites na frente do computador, no site do Fies, encontrando mensagens de erros”, disse Ricardo Holz, coordenador do Movimento em Defesa do Fies, informa a Agência Brasil.

Ministro interino da Educação, Luiz Cláudio Costa explicou que as renovações de contratos do fundo serão garantidas. Dos 1,9 milhão de contratos do Fies em vigência, 1,2 milhão já foram renovados, segundo Costa. Somam 200 mil os estudantes que se inscreveram para novos contratos do programa neste ano. O prazo final para inscrições é o dia 30 de abril. Na avaliação do ministro, não será preciso ampliar o prazo, segundo a AB.

“Todos os aditamentos serão garantidos. Problema do sistema superado, vagas garantidas para os que já estão [no Fies] e vagas novas para os que querem entrar. Esse é o compromisso do governo”, disse o ministro, acrescentando que em “época de ajustes necessários garantimos o aditamento de todos os contratos”.

O ministro interino da Educação, Luiz Cláudio Costa, participa de Comissão Geral na Câmara dos Deputados, que debate o Fies (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
O ministro destaca que dificuldades de acesso ao Fies é “problema do sistema superado”Marcelo Camargo/Agência Brasil
A presidente da Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), Amábile Pacios, disse que as mudanças no Fies foram feitas sem discussão com as instituições. Pacios ressaltou que o clima entre os estudantes é de insegurança sobre os rumos do programa. “Os estudantes não conseguem fazer o aditamento, estão inseguros, não conseguem fazer nada. Temos estudantes de medicina que mudaram de cidade, estão tendo uma despesa enorme e não conseguem se inscrever no Fies”, relatou.

Amábile criticou o teto de 6,4% para o reajuste das mensalidades e o repasse de recursos para as instituições que esse ano será feito em oito e não 12 parcelas. “Temos 12 contas de luz para pagar e vamos receber apenas 8 parcelas”, reclamou.

Sobre o assunto, o ministro interino disse que uma comissão foi instalada para discutir os reajustes nas mensalidades. “Aumentos abusivos ninguém irá aceitar”.

A vice-presidenta da Associação Nacional das Universidades Particulares (Anup), Elizabeth Guedes, comentou a exigência do estudante obter 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para contratar o Fies. Segundo ela, com a regra os estudantes de baixa renda serão excluídos do acesso ao ensino superior. “A nota de 450 pontos representa exclusão. Estamos tirando do sistema alguém que o sistema já excluiu, que foi para a escola pública”, avaliou.

A nota mínima para contratação do Fies foi defendida pela representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee), Nara Teixeira de Souza, como critério de qualidade. “Concordamos com as medidas tomadas pelo ministério e que seja colocado um limite em relação ao número de corte. A educação no Brasil tem que ser de qualidade”, disse.

O representante do grupo educacional Unopar, André Fernandes Trindade, destacou que as instituições privadas enfrentam problemas em razão das mudanças no fundo de financiamento.“Nosso aluno não consegue acessar o sistema, temos travas que impedem, as instituições não estão conseguindo garantir sua gestão porque não sabem quanto vão receber do Ministério da Educação e se aquele aluno vai conseguir continuar em sala”, relatou.

Cosern distribui lâmpadas fluorescentes e faz troca de geladeiras em Macaíba

25 de março de 2015 por Eliana Lima

A caravana de serviços Cosern nas Comunidades chega ao município de Macaíba, onde permanece até sábado (28), com palestras educativas, informações sobre o uso eficiente e seguro de energia elétrica, além da doação de lâmpadas fluorescentes compactas e troca de geladeiras. O caminhão está estacionado na Avenida Mônica Dantas, Centro, em frente à sede da prefeitura da cidade. Até sexta-feira (27), o horário de atendimento ocorre das 8h às 18h, no sábado, das 8h às 12h.

Por meio do Programa de Eficiência Energética, regulado pela Aneel, a Cosern realizará a substituição de 300 geladeiras antigas, por refrigeradores novos e eficientes de forma gratuita. Os consumidores que comparecerem que participarem de palestras educativas receberão informações sobre o uso racional e seguro de energia elétrica, orientações para o cadastramento na Tarifa Social de Energia Elétrica, que disponibiliza descontos na conta de luz, e também poderão receber lâmpadas fluorescentes compactas.

Para ser beneficiado com as ações é preciso atender aos seguintes critérios:

Requisitos para substituição de geladeiras:

 · Ser cliente residencial;

· Apresentar a última conta de energia, devidamente quitada;

· Não ter trocado geladeira em outras ações de doação da Cosern nos últimos cinco anos;

· Apresentar o NIS (Número de Identificação Social);

· Estar adimplente junto à Cosern;

· Possuir uma geladeira usada para entregar no momento da troca;

· Ter consumo médio superior a 80 kWh;

· Cada titular da conta de energia, limitado a uma unidade consumidora, terá direito a fazer uma troca.

Requisitos para ter direito às lâmpadas:

 · Ser cliente residencial;

· Apresentar a última conta de energia, devidamente quitada;

· Não ter recebido lâmpadas em outras ações de doação de lâmpadas da Cosern nos últimos três anos;

· Cada titular da conta de energia, limitado a uma unidade consumidora, receberá três lâmpadas fluorescentes compactas.

Mega-Sena pode pagar hoje R$ 7 milhões

25 de março de 2015 por Eliana Lima

O sorteio da Mega-Sena que será realizado nesta quarta (25) poderá pagar prêmio de R$ 7 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio será realizado a partir das 20h (horário de Brasília), na cidade de Osasco (SP).

Se um vitorioso ganhar sozinho o prêmio poderá aplicá-lo integralmente na poupança e receber mais de R$ 41 mil por mês em rendimentos. Se optar por imóveis, poderá adquirir 17 no valor de R$ 400 mil cada ou uma frota de 46 carros de luxo.

Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, o é de R$ 2,50. O limite máximo para uma aposta é de 15 dezenas, com o preço de R$ 12.512,5

Presidente da AL sugere escola gratuita para condutor de baixa renda

25 de março de 2015 por Eliana Lima

Presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Ezequiel Ferreira protocolou proposta de criação da Escola Estadual de Condutores, para  funcionar em todas as unidades do Detran instaladas nos municípios do RN.

A ideia é oferecer cursos de condução gratuitos para as pessoas que declaradamente tenham renda familiar de no máximo um salário mínimo. Pela proposta, a escola será restrita ao curso de habilitação e de renovação da habilitação.

“No segmento da condução de veículos automotores, importante destacar o alto custo para os motoristas se regularizarem com a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), expedida a partir da formação em escolas credenciadas”, justifica o parlamentar.

Afirma que a proposta tem caráter eminentemente social sob vários aspectos: geração de emprego e ainda evitar as conduções ilegais de veículos, feitas por aqueles que não tem habilitação. “A criação da Escola Estadual de Condutores reduzirá o número de pessoas que dirigem veículos sem habilitação. Em havendo limitação orçamentária para a disponibilização da estrutura física e de pessoal, o programa Escola Especial de Condutores poderia ser implantado também com o convênio das escolas já existentes”.

Natalense pretende pagar à vista nas compras para a Semana Santa e Páscoa

24 de março de 2015 por Eliana Lima

Chama atenção na pesquisa realizada pelo IPDC (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio), ligado à Fecomércio RN, que os natalenses estão temerosos em fazer dívidas. Por isso, 75,1% pretendem pagar à vista, com dinheiro ou no cartão de débito. Dos entrevistados,  87,8% acreditam que os preços cobrados por produtos nesta Páscoa estão mais caros quando comparados aos do ano passado.

O levantamento aponta que 59,4% dos consumidores devem realizar as compras uma semana antes do período pascal, e 35,8% devem comprar nos supermercados, movimentando o comércio neste período. O cenário tradicional permanece, com família reunida, almoço com peixe de prato principal e chocolates para saborear de sobremesa.

A sondagem foi feita entre os dias 4 e 7 de março, com 650 pessoas na capital-potengi, entre os quais 30% afirmaram que pretendem viajar com a família. Destes, 58,8% alegaram que terão como destino o interior do estado, 56,9% dizem que o objetivo da viagem é reencontrar parentes e amigos e 69,3% usarão o carro como meio de transporte.

Na hora das compras, 84,4% disseram que pretendem presentar entes queridos com ovos de chocolate, caixas de bombons, barras de chocolate ou chocolates caseiros, e 81,2% deverão consumir peixes ou crustáceos. O gasto médio dos consumidores em produtos típicos da época será de R$ 157,07.

Grupo trabalha manifesto para tentar criar Conselho de Jornalistas

24 de março de 2015 por Eliana Lima

Um grupo de jornalistas se reuniu e formou o “Coletivo Jornalistas Pró-Conselho”, com a justificativa de realizar “mudanças no jornalismo com novas formas de organização da profissão”, entre elas “debater permanentemente e divulgar, quando for o caso, apreciações sobre a conduta ética e o emprego das melhores práticas do jornalista” com base em “premissas”, entre elas, as seguintes:

– os jornalistas devem aliar à busca pela liberdade no exercício da profissão o respeito e a responsabilidade com os assuntos e as pessoas e instituição envolvidas na notícia (adotamos o pensamento filosófico de Espinosa para quem ser livre implica assumir o conjunto dos nossos atos e saber responder por eles);

– um conselho profissional deve atuar como indutor da ética e das melhores práticas no exercício da profissão, manifestando-se sobre as falhas cometidas após a devida apuração e depois de garantido o direito à plena defesa, em conformidade com o que estabelece a legislação brasileira;

– o jornalista só pode responder pelos erros que efetivamente cometer. Os veículos jornalísticos devem ser responsabilizados quando alterarem o trabalho do jornalista;

Bom, hoje são cerca de 500 jornalistas interessados no Conselho, mesmo que já exista o Conselho da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). E no próximo dia 28 será realizado o “Encontro dos Jornalistas Pró-Conselho”, em São Paulo, com coleta de adesões ao Manifesto em torno dos “princípios” que, para o grupo organizador, “devem embasar a atuação de um organismo dessa natureza”.

Walter Alves coordena no RN audiência pública sobre redistribuição tributária

24 de março de 2015 por Eliana Lima

O deputado Walter Alves, vice-líder da bancada do PMDB na Câmara Federa, vai coordenar uma audiência pública no Rio Grande do Norte que discutirá a redistribuição do bolo tributário, também conhecido como revisão do pacto federativo.

Ele foi escolhido o coordenador do encontro pelo deputado federal Danilo Forte (PMDB-CE), que preside a Comissão Especial do Pacto Federativo. Para Walter, é preciso rever a distribuição da arrecadação porque a União fica com grande parcela.

“Precisamos rever essa distribuição do bolo tributário. Da forma como está, os municípios, que são os primeiros prestadores de serviços para os cidadãos, ficam praticamente incapazes de assumir grandes compromissos. São obrigados a depender de recursos federais para prestar serviços e realizar obras. Pra mim será uma honra coordenar a bancada parlamentar na Câmara nessa discussão”, destaca.

Atualmente, cerca de 70% de tudo o que é arrecadado fica com a União, 25% com os estados e aproximadamente 5% para os municípios. A ideia de WA é aumentar a fatia destinada aos municípios.

A audiência pública ainda não tem data definida, mas ele espera realizar o debate com gestores e com a sociedade civil organizada no mês de abril. Todos os demais deputados federais da bancada potiguar devem participar do encontro.

A Comissão Especial destinada a analisar e apresentar propostas com relação à partilha de recursos públicos e respectivas obrigações da União, dos Estados, dos municípios e do Distrito Federal, foi instalada na Câmara dos Deputados no dia 17 de março. Além do presidente, Danilo Forte, e Walter, também integram a comissão outros 53 deputados – 27 titulares e 27 suplentes.

O primeiro vice-presidente é o deputado Sérgio Souza (PMDB-PR), Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) para segundo vice-presidente e Caetano (PT-BA), terceiro vice-presidente. O relator é o deputado André Moura (PSC-SE). A Comissão se reúne nesta quarta (25).

Pesquisa CNT/MDA: avaliação positiva do governo federal é a pior desde outubro de 1999

23 de março de 2015 por Eliana Lima

Segunda-feira (23) de más notícias para Dilma Rousseff. Pela manhã foi a repercussão da pesquisa Datafolha, publicada pelo jornal Folha de São Paulo, em que 84% dos brasileiros acham que a presidente sabia da corrupção na Petrobras.

Na tarde de hoje, saiu o resultado da pesquisa CNT/MDA, realizada entre 16 e 19 de março, com 2.002 pessoas entrevistadas em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões sobre a avaliação dos índices de popularidade do governo e pessoal de Dilma, com cenário político preocupante pelo alto percentual a favor do impeachment (59,7%).

Os números indicam que 66,9% não acreditam na eficácia das medidas do governo contra a crise. 00,1% dos que acompanham as denúncias da Petrobras acreditando que os nomes citados na lista enviada ao STF estão mesmo envolvidos em corrupção.

Eis a conclusão da pesquisa:

A avaliação positiva do governo federal (10,8%) apresenta o pior percentual desde a medição de outubro de 1999 (8%). Já a aprovação do desempenho pessoal de Dilma Rousseff (18,9%) é o pior índice registrado pela série histórica das pesquisas realizadas pela CNT neste quesito.

Há de se considerar que o pessimismo compromete as expectativas em relação a emprego, renda mensal, saúde, educação e segurança.

Avaliação do governo e desempenho pessoal da presidente:

Federal: A avaliação do governo da presidente Dilma Rousseff é positiva para 10,8% dos entrevistados, contra 64,8% de avaliação negativa. A aprovação do desempenho pessoal da presidente atinge 18,9%, contra 77,7% de desaprovação.

Estadual: 3,7% avaliam o governador de seu Estado como ótimo. 20,7% como bom, 39,0% como regular, 11,9%, como ruim e 14,8% como péssimo

Municipal: 4,0% avaliam o prefeito de sua cidade como ótimo. 22,8% como bom, 27,4% como regular, 13,3%, como ruim e 28,5%, como péssimo

Expectativa para os próximos seis meses:

Emprego: vai melhorar: 13,9%, vai piorar: 37,0%, vai ficar igual: 45,0%

Renda mensal: vai aumentar: 14,3%, vai diminuir: 49,3%, vai ficar igual: 33,4%

Saúde: vai melhorar: 13,3%, vai piorar: 40,1%, vai ficar igual: 44,5%

Educação: vai melhorar: 15,4%, vai piorar: 42,2%, vai ficar igual: 40,1%

Segurança pública: vai melhorar: 13,1%, vai piorar: 37,7%, vai ficar igual: 46,8%

Situação política atual:

Escolha: Se a eleição presidencial fosse hoje, 55,7% votariam em Aécio Neves no 2º turno. 16,6% votariam em Dilma Rousseff e 22,3% votariam em branco ou nulo.

No 2º turno da eleição presidencial de 2014, 41,6% dos entrevistados afirmaram ter votado em Dilma Rousseff e 37,8%, em Aécio Neves. 10,8% disseram ter votado em branco ou nulo.

Desempenho: Neste início de segundo mandato, 7,5% avaliam o desempenho do governo Dilma Rousseff como positivo e 72,2% como negativo. 75,4% consideram que o segundo mandato da presidente Dilma está pior do que o anterior. 16,4% disseram que está a mesma coisa. Para 2,8%, está melhor. E 4,4% não souberam avaliar.

Itens prioritários: Para 66,7%, saúde deveria ser prioridade neste novo mandato da presidente Dilma. 46,8% consideram educação. As outras prioridades deveriam ser: emprego (24,6%), segurança (23,5%), economia (13,3%), habitação (6,6%), transporte (5,5%) e saneamento (2,6%).

Promessas: Para 81,0%, a presidente Dilma Rousseff não está cumprindo com o que prometeu nesses primeiros meses de atuação. 12,9% consideram que está cumprindo parcialmente. 4,7% disseram que ela está cumprindo sua promessa.

Dilma e Aécio: 38,0% acreditam que se Aécio Neves tivesse vencido a eleição, o governo dele estaria melhor do que o da presidente Dilma . Para 32,6%, estaria igual. 17,4% consideram que estaria pior.

Petrobras e corrupção:

Responsabilidade: 85,0% têm acompanhado ou ouviram falar das denúncias de corrupção envolvendo a Petrobras. Entre aqueles que acompanham ou já ouviram falar, 68,9% consideram que a presidente Dilma é culpada pela corrupção que está sendo investigada na Petrobras e 67,9% acham que o ex-presidente Lula é culpado.

Lista: Ainda em relação aos que acompanham ou já ouviram falar das denúncias de corrupção da Petrobras, 75,7% tomaram conhecimento da lista de políticos suspeitos que estariam envolvidos no esquema de desvio de dinheiro. Entre os que acompanham ou já ouviram falar das denúncias e tomaram conhecimento da lista, 90,1% acreditam que os nomes citados estão realmente envolvidos no esquema de corrupção.

Punição: Entre os que acompanham ou ouviram falar das denúncias de corrupção na Petrobras, 65,7% acreditam que os envolvidos no esquema de desvio de dinheiro não serão punidos e 57,4% acreditam que o governo federal não será capaz de combater a corrupção.

Economia e inflação:

92,8% estão preocupados com a situação econômica do país hoje. Para 50,1%, o país está parado em relação à economia. 38,0% consideram que está em retrocesso e 7,2% acham que está em desenvolvimento.

63,9% consideram que a inflação está alta. Para 29,2%, está sem controle e 3,1% acham que está baixa. 91,2% disseram que já sentiram os reflexos da inflação.

Preços (percentual de entrevistados que consideram que têm aumentado)

Água e luz (97,4%), Alimento (95,9%), Transporte (91,2%), Saúde (84,5%),

Controle da inflação:

68,7% consideram que o compromisso de controle da inflação não será mantido pelo governo federal.

Medidas contra crises econômica e política:

66,9% acreditam que as medidas tomadas atualmente pelo governo federal não serão capazes de reverter a crise em que o país se encontra.

Entre aqueles que acreditam que as medidas tomadas serão capazes de reverter a crise, 51,0% consideram que os problemas serão resolvidos em um longo prazo (3 a 4 anos).

82,9% avaliam que a presidente Dilma não está sabendo lidar com a crise econômica. E para 49,5%, até o final do mandato a situação vai piorar. Na avaliação de 63,9%, a atual situação econômica do Brasil é resultado, principalmente, da corrupção. 26,5% consideram que é resultado da má gestão pública.

Reforma política: 51,1% não estão acompanhando as discussões sobre reforma política. 39,6% consideram que uma reforma política contribuirá, em parte, para resolver vários problemas atuais do país, como a corrupção. 14,3% consideram que resolverá totalmente. Outros 33,2% avaliam que a reforma política não resolverá os esses problemas.

Desafios: 50,6% acham que o maior desafio para o Brasil envolve a corrupção. Os outros desafios foram citados nesses percentuais: saúde (37,1%), economia (29,3%), educação (23,7%), segurança (20,2%), emprego (13,9%), investimento em energia (5,4%), saneamento (2,7%).

Corte de gastos: para reduzir despesas e reequilibrar as contas, sem onerar o cidadão, 43,8% consideram que deveria ocorrer uma reforma política. 27,8% acham que o número de ministérios deve ser reduzido. Para 9,0%, é necessário reduzir o número de funcionários terceirizados.

Custo de vida e emprego:

Para 68,6%, em 2015, o custo de vida vai aumentar. 77,2% reduziram suas despesas por causa da situação econômica atual. 82,3% consideram que o preço dos alimentos vai aumentar nos próximos 12 meses. Em relação aos aumentos ocorridos no início do ano (energia, água, combustível), 61,1% avaliam que foram desnecessários.

Itens que deverão ter mais peso nas contas pessoais dos próximos 12 meses, na avaliação dos entrevistados: alimentação (72,3%), saúde (33,5%), transporte (29,6%), moradia (23,7%), educação (9,8%), lazer (9,0%).

Emprego: 43,4% têm medo de ficar desempregados.

Política e protestos:

83,2% apoiam a realização de manifestações como forma de protesto. 96,1% dos entrevistados não participaram de alguma manifestação no último dia 15 contra o governo da presidente Dilma Rousseff.

Impeachment: 59,7% disseram ser a favor de impeachment da presidente Dilma.

Paralisação de caminhoneiros:

83,5% acompanharam as paralisações dos caminhoneiros, ocorridas em fevereiro e março. 24,1% tiveram a rotina afetada pelas paralisações. 65,6% consideram que as paralisações de caminhoneiros tiveram impacto no preço ou na oferta de alimentos

Crise de água e energia:

53,7% estão se esforçando muito e mudaram hábitos para reduzir o consumo de água. 59,7% estão se esforçando muito e mudaram hábitos para reduzir o consumo de energia.

Sesap divulga novo quadro da dengue no RN

23 de março de 2015 por Eliana Lima

O Programa Estadual de Controle da Dengue, da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), divulgou nesta segunda (23) os novos números da doença no RN, com dados coletados até o dia 21 de março. Foram notificados 5.411 casos suspeitos de dengue no estado, sendo 523 confirmados.

Os cinco municípios que mais notificaram foram Natal (1440), Currais Novos (500), Parelhas (363), Parnamirim (338) e Cerro Corrá (238). Quanto à incidência em dengue, 27 municípios apresentaram alta, 28 estão com média, 53 estão com baixa e 59 apresentaram incidência silenciosa.

O Programa chama a atenção para os cuidados com relação a possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor do agravo. Orienta para que a população continue adotando as medidas de prevenção, como manter as caixas d’água e outros recipientes de armazenamento de água fechados; não deixar água acumulada sobre a laje ou calhas; manter a lixeira fechada; colocar areia nos vasos das plantas, entre outras.

Para o combate à doença, a Sesap vem realizando ações como capacitações de agentes de combate às endemias, visitas aos municípios para prestar apoio técnico, operação de UBV (carro fumacê) em Currais Novos, Natal, Acari, Parelhas e Carnaúba dos Dantas, de acordo com critérios estabelecidos em nota técnica elaborada pelo Programa.

Escolas públicas no RN na mira dos MPs

20 de março de 2015 por Eliana Lima
Foto: MPF

Foto: MPF

O município de Cerro Corá foi o escolhido pelos Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Estado (MPRN)para a realização da primeira audiência pública do projeto Ministério Público pela Educação (MPEduc) em solo potiguaras. O evento, realizado quinta-feira (19), superlotou o auditório da Câmara Municipal e marcou o início de uma nova etapa do MPEduc no Rio Grande do Norte.

Foram discutidas as possíveis soluções para os problemas registrados em visitas realizadas pelos representantes do MPF e MPRN a 17 escolas municipais e estaduais localizadas no município, nos dois dias anteriores à reunião, além de questionários já aplicados aos profissionais envolvidos com a educação na cidade, com presença do prefeito “Novinho” Borges; do secretário municipal de Educação, Adevaldo Oliveira; e da representante da Secretaria Estadual de Educação, Maria do Carmo Freire; além de aproximadamente 70 professores, diretores, conselheiros escolares, vereadores e estudantes.

O procurador Bruno Lamenha apresentou um breve relatório com informações sobre as verbas repassadas pela União para a educação em Cerro Corá e confrontou os dados com os problemas encontrados nas escolas, durante as inspeções. Os integrantes do Ministério Público detectaram diversos problemas. “Um deles é a merenda, as crianças estão recebendo leite com biscoito, sem direito sequer a uma carne ou uma verdura”, lamentou.

Ele criticou a situação desoladora que as escolas rurais vivem e apontou problemas como a existência de um banheiro ao lado de uma despensa, com uma janela entre ambos; água de beber acondicionada em baldes, alguns com tampas improvisadas; alimentos vencidos ainda armazenados; computadores parados, sem uso; escolas que não receberam livros por falta de um veículo que os transportasse; e diversas unidades com mobiliário velho, bastante gasto, enquanto algumas contam com móveis novos guardados. “Muito disso é problema de gestão”, indicou.

Há escola com banheiro sem água encanada, onde alunos lavam as mãos em um tanque. Sala de aula sem iluminação e funcionando como depósito de material de obra. Vaso sanitário solto, caixa de gordura aberta, caixa d’água com risco de desabar, além de micro-ônibus escolares transitando superlotados. “Encontramos até escola sem banheiro, sem cozinha e funcionando.”

A promotora Iveluska Lemos ressaltou a importância das visitas e da audiência para que sejam traçadas as estratégias de atuação do MP: “A gente sabe que a realidade é dura, mas esse é um trabalho de articulação e conjunção de esforços”. Já Mariana Barbalho destacou a preocupação com os dois maiores problemas verificados, o transporte escolar e a alimentação dos alunos. “Não podemos admitir que nas escolas falte algo básico como a merenda”, afirmou.

O prefeito e o secretário de Educação reconheceram os problemas e elogiaram o trabalho realizado pelo Ministério Público, mas alegaram que há diversas dificuldades – orçamentárias, burocráticas e estruturais – para se conseguir a melhoria da qualidade no ensino. Eles garantiram, porém, que irão promover todos os esforços necessários na busca de uma estrutura mais adequada para as escolas.

Compromissos – Em reunião realizada após a audiência, o prefeito Raimundo Borges se comprometeu a realizar uma nova licitação para o transporte escolar e ainda garantir a estrutura para as escolas rurais terem acesso ao serviço telefônico. O secretário Adevaldo Silva assegurou que os livros didáticos chegarão a todas as escolas e que o mobiliário novo que se encontra estocado será cedido às unidades que necessitam desses móveis. Confira a íntegra da ata da reunião.

Nova audiência – Na próxima quinta-feira (26) será realizada a primeira audiência pública no município de Lagoa Nova, às 9h, no auditório da Câmara Municipal.

Força tarefa apreende celulares, relógios, balança de precisão e droga na penitenciária de Parnamirim

20 de março de 2015 por Eliana Lima
Foto: Sesed

Foto: Sesed

Cerca de 300 homens do Batalhão de Choque, Bope e da Força Nacional fizeram na manhã desta sexta-feira (20) intervenção na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), sem resistência dos presos, com minuciosa revista nas celas, com apoio do Corpo de Bombeiro Militar e de 15 agentes penitenciários.

Na penitenciária, 522 detentos estão divididos em dois pavilhões: 281 no Pavilhão 1 e 241 no Pavilhão 2. O saldo da vistoria foi a apreensão de cerca de 140 aparelhos celulares, 30 carregadores de celular, uma balança de precisão, certa quantidade de maconha, 40 materiais cortantes (facas artesanais), sete relógios e mais de cem chips de celular.

Também encontraram um túnel de sete metros de profundidade, no refeitório do pavilhão 1. Medidas estão sendo tomadas apara fechar o grande buraco. A vistoria segue durante toda a tarde. É a segunda intervenção realizada pela força tarefa Polícia Militar do RN e Força Nacional.

Pré-venda de ingressos do Rock in Rio exclusiva para clientes Itaucard começa nesta sexta

19 de março de 2015 por Eliana Lima

Patrocinador master do Rock in Rio 2015, o Itaú Unibanco inicia nesta sexta-feira (20) a venda exclusiva para clientes Itaucard de ingressos para o maior festival de música e entretenimento do mundo. Usuários dos cartões Black, Platinum e Infinite poderão comprar ingressos com 15% de desconto.

O evento, que completa 30 anos, vai acontecer nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27 de setembro, na Cidade do Rock, no Rio. A pré-venda será feita pelo site www.rockinrio.ingresso.com, a partir das 10h.

A compra antecipada é limitada a quatro ingressos por pessoa e por dia do festival, não podendo ultrapassar 10 ingressos no total por CPF, e dá direito a um desconto de 15% sob o preço do ingresso de R$ 350,00 – o valor para clientes Itaucard será de R$ 297,50, além da possibilidade de parcelar em até seis vezes sem juros nos cartões Itaucard. A comercialização vai acontecer até 8 de abril, às 20h, ou até os ingressos se esgotarem.

Quando a venda para o público em geral acontecer, também pelo site www.rockinrio.ingresso.com.br – clientes Itaucard, correntistas ou não, também terão o benefício de 15% de desconto neste período e poderão parcelar em até seis vezes sem juros.

O Rock in Rio terá apresentações de Katty Perry, System of a Down, A-Ha, Queens of the Stone Age, John Legend, Hollywood Vampires e Queen+Adam Lambert, etc e mais.

Magazine Luiza promove edição de Ouro para 1,2 milhão de clientes

19 de março de 2015 por Eliana Lima

O Magazine Luíza realiza nos dias 21 e 22 a primeira edição do Dia de Ouro em 2015, que premiará consumidores ‘fiéis’ com um fim de semana com ofertas, além de concorrer a dois carros Honda Fit 2015 zero-quilômetro e chances em dobro na campanha “Esse condomínio é meu”.

Mais de 1,2 milhão de Clientes Ouro receberam o convite para participar da promoção em 746 lojas da rede. Destas, 63% abrirão no domingo, e as demais, no sábado. Quem comparecer às lojas participantes será recebido com tapete vermelho e mimos como café da manhã ou da tarde, distribuição de brindes de empresas parceiras e atrações musicais, entre outros.

Todos os consumidores que receberam o convite ganharam um cupom que deverá ser depositado nas urnas das lojas, durante a ação, para concorrer a um carro zero-quilômetro. O sorteio dos carros será realizado no dia 4 de maio, a partir das 14h, no Comfort Franca Hotel, que fica na Avenida Miguel Sábio de Mello, em Franca (SP). O acesso é livre para quem quiser acompanhar o processo.

Potiguar Walter Alves é o relator PEC das medidas provisória

19 de março de 2015 por Eliana Lima

 PEC que é a pedra no sapato do Executivo será relatada na Câmara dos Deputados pelo potiguar Walter Alves (PMDB), que já foi aprovada no Senado, sob relatoria do tucano Aécio Neves, após calorosas discussões em 2011, principalmente por causa da oposição do PT à proposta que, se aprovada, vai alterar o procedimento de apreciação das medidas provisórias.

Trata-se da PEC-70, que foi apresentada pela primeira vez em 2001. Para Walter Alves,  existe “necessidade de repensar os procedimentos relativos à MP para que seu uso não seja transformado em elemento de divergência entre as atribuições do poder executivo e do poder legislativo”.

A Comissão Especial para aprofundar o debate sobre a PEC foi instalada nesta quarta-feira (18) sob a presidência do deputado Marcos Rogério (PDT-RO). Uma das tarefas é delimitar com maior clareza as situações de urgência e relevância previstas no art. 62 da Constituição Brasileira, bem como análise prévia de sua admissibilidade.