Olha Trump aí

12 de junho de 2017 por Eliana Lima

Comentários 0

O presidente-polêmico Donald Trump vai ser processado por receber verbas de suas empresas no exterior. Os procuradores-gerais de Washington DC e Maryland alegam que ele violou as cláusulas anticorrupção da Constituição, ao aceitar milhões de dólares de governos estrangeiros em pagamentos para suas empresas, de acordo com matéria publicada ontem (11) pelo jornal The Washington Post, informou a Agência EFE.

Os procuradores-gerais, que são democratas, dizem que Trump recebeu “milhões em pagamentos e benefícios de governos estrangeiros” desde que se mudou para a Casa Branca. Assim, optou por “conservar a propriedade de suas empresas” após assumir o cargo.

Trump transferiu o controle de seu conglomerado empresarial aos dois filhos, Donald Jr. e Eric, para evitar possíveis conflitos de interesse durante o tempo em que ocupar a presidência, segundo a Agência Brasil.

Mesmo assim, o procurador-geral de DC, Karl A. Racine, e o de Maryland, Brian Frosh, consideram que ele “quebrou muitas promessas de separar o dever público dos negócios privados, incluindo receber atualizações regulares sobre a saúde financeira da empresa”, destaca a AB.

Caso um juiz federal permita que o caso proceda, “um dos primeiros passos seria pedir cópias das declarações fiscais de Trump – que ele se negou a tornar públicas até agora – para conhecer até onde vão seus negócios no exterior”. Batalha pode seguir para o Supremo Tribunal.

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.