Homoafetivo nas ruas de Natal

31 de maio de 2011 por Eliana Lima

Comentários 114

Amor sem distinção de sexo - Foto: Eliana Lima

Toda forma de amor é livre.

Nessa linha, o Governo Rosa(do) se une em parceria com o Ministério da Saúde e o Governo Dilmais na campanha contra o preconceito ao relacionamento entre pessoas do mesmo sexo.

Outdoors já começaram a ganhar as ruas de Natal.

Este fica em um terreno particular no ‘nobre’ Plano Palumbo – Rua Potengi. Petrópolis.

Acompanhe o blog e mais notícias no Twitter da Abelhinha

Faça um comentário

Você pode deixar uma resposta, ou trackback a partir do seu próprio site.

114 Comentários para “Homoafetivo nas ruas de Natal”

  1. Mayara disse:

    Muitas vezes as pessoas usam de argumentos extremamente precários para explicar as coisas.

    No caso da homoafetividade, fazer menção a deus é a maior aberração que alguém pode pensar. Se vc pratica uma religião….VOCÊ E EXCLUSIVAMENTE VOCÊ PRATICA. Você e o seu vizinho podem ter a mesma religião e opiniões completamente diferentes.

    A maior prova de ignorância é tentar explicar as coisas a partir da religião ou da boa e velha moral (de quem?)

    Enquanto muita gente diz que é um absurdo, uma afronta a família brasileira… Fico aqui pensando, eu é que não vou querer meus filhos convivendo com esse tipo de gente, que se esconde atrás do comportamento que todos esperam e optam por ter e pior, tentar legitimar, um comportamento tão medíocre.

    Acredito que não faz mal a nenhuma criança conviver com a realidade, faz mal é saber que crianças estão sendo criadas com esse pensamento preconceituoso e medíocre de quem acha que ser homossexual é uma questão biológica, é doença, é desvio.

    Ou daqueles que dizem “não sou contra nem a favor, mas querer ter direito também…já é demais”
    Ser homossexual é uma opção.

    E a jornalista, se não tem o que escrever é melhor não nos presentear com esse tipo de matéria.

  2. Kaline disse:

    MUITO LEGAL MESMO !! Pelo menos uma coisa de futuro o governo está fazendo, NÃO MESMO E COM LOUVOR A HOMOFOBIA!!!!Tenho amigos homossexuais que são vistos como casais normais, que almoçam na casa dos familiares normalmente e são respeitados pela sua opção, até porque ninguém escolhe ser gay , você já nasce … Agora me poupe uma pessoa citar a rede globo como referencia,só pode ser uma pessoa de pouca instrução mesmo, que pouco sabe sobre a vida e só encherga o que acha legal, está louca para se soltar e tem medo, por isso esse ódio e preconceito. Devemos procurar a nossa felicidade e não se incomodador com a felicidade dos outros, francamente que sua língua não sirva de chicote para sua bunda.

  3. Pedro disse:

    LINDOOOO. adorei essa campanha, agora só falta o casamento. sabe o que me conforma nesses comentários como esse assim abaixo, é que pessoas que tem preconceito e falam isso terminam pagando com a própria lingua, sempre tem um filho Gay, um irmão alguem da família, ou o próprio é inrustido ( já explica a psicologia) o espelho: quando vc. repudia algo é que vc. se vê na pessoa que o faz e se revolta por não ter corajem de fazer o mesmo!!!!! PARABENS ROSA QUE VC CONTINUE ABRINDO O CAMINHO.. somos um pais que foi colônia, tem uma diversidade enorme se queremos evoluir e estar a frente não a homofobia!!!!

  4. Claiton disse:

    Nosssa parabens. Sem preconceito.

  5. Martins disse:

    não entendi esta de sua parte. Parece-me um tanto…parcial…da parte do blog: De 104 comentários, a maioria avassaladora contra este tipo de propaganda (sei disso porque acompanhei desde o seu post) – agora só aparecem 4 miúdos comentários e …todos a favor! É muito estranho! Espero estar errado a respeito da sua forma de fazer jornalismo! Outra coisa: você não postou que mais entre 30 mil e 50 mil pessoas estiveram hoje em Brasília protestando contra o malfadado PL 122, além de mais 1 milhão de assinaturas contra o projeto entregue ao Presidente do Senado.

  6. Martins disse:

    Na verdade, o protesto foi ontem, dia 1 de Junho.

  7. Eliana Lima disse:

    Ou você não sabe ler, ou não consegue enxergar, Martins. E se eu quiser expor qualquer tipo de opinião, é um direito meu. Sua ilações, pode guardar, dispenso-as.

  8. Eva disse:

    Muito boa iniciativa,quem não acha uma boa campanha ou uma coisa FEIA é porque é recalcado e não tem coragem de assumir os desejos!!

  9. joao victor disse:

    dei mó valor

  10. Felipe Lopes disse:

    Realmente foram um milhão de assinaturas colhidos em templos que pregam o evagelho discriminando, por exemplo, a bela religIao dos negros e fazem na quarta feira sessão de descarrego com mesa branca!
    Religiões que pregam a fraternidade e apoiam políticos que se dizem a favor da tortura e do espacamento de crianças que apresentem “tendências homossexuais”.
    Quer número Martins? 10% da população brasileira é homossexual assumida, segundo o IBGE. Se você levar em consideração que em 2004 foram contabilizados somente 6 milhoes de homossexuais e em 2010 20 milhões você vai conseguir ter a dimensão de pessoas conclamando seus direitos e dizendo pra sociedade que existe e que, por contribuirem fortemente para a economia do país, exigem uma proteção contra a homofobia externada de forma cada vez mais violente.
    Se você acha que esses 20 milhões de brasileiros não têm direitos, pois que também não tenham o dever de pagar a pesada carga tributária que, como você que tem pleno amparo legal para constituir família e se expressar sem ser morto, paga efetivamente.
    Quer mais números? Que tal os mais de 100 bilhões de dólares gastos anualmente pelos homossexuais brasileiros na nossa pátria?
    30 a 50 mil pseudo-cristãos em Brasília que estão com medo de serem punidos por discriminar e contribuir com o status dado mundialmente ao Brasil de país com maior índice de crimes homofóbicos no mundo não é nada se você comparar com as mais de 3 milhões de pessoas que participam da maior Parada do Orgulho Gay do mundo que acontece em São Paulo e faz girar 200 milhões de reais em menos de uma semana!
    Vá se informar antes de divulgar a falsa informação de que os Homossexuais, seus familiares e amigos não tem força política e econômica pra reivindicar seus direitos!

  11. Martins disse:

    Caro Felipe, acho que você está bem enganado. Você cita o IBGE como fonte só que NÃO existe este dado. Infelizmente você está equivocado! O único dado do IBGE é o numero de 60.000 casais gays no país (último censo). Outros dados, não são do IBGE, mas dos próprios grupos GLBT. Ou por favor me passe o link da informação. No site do IBGE não existe. De qualquer forma, em momento algum desrespeitei o sr. ou preguei a discriminação. Ao contrário, defendo o respeito. E ainda não conheci igreja católica ou evangélica séria que “espanque” homossexuais (ou mulheres ou crianças ou negros) como o sr. se referiu. Mas daí a usar recursos públicos em apologia ao sexo livre (hétero ou homossexual) ou ao homossexualismo é um salto muito grande. A violência hoje existente no pais atinge a todas as classes e pessoas, não somente os homossexuais. E não preciso de números. Nunca os defendi! O carnaval também movimenta milhões ou até bilhões de reais, mas o saldo negativo na vida das pessoas pesa muito mais (embriaguez, acidentes de trânsito, traições, DSTs etc). Há outras formas mais saudáveis de diversão.

  12. Bruno disse:

    Acho abusivo e de mal gosto.

    Mas a intenção desse governo federal é submeter o povo mesmo… Já estão querendo nos acostumar (de vez) a levar naquele lugar mesmo, antes era figuradamente, agora é literalmente…

  13. ajax felipe disse:

    quero entender o correto é se gay? quer dizer que os heteros estao errados ? è a coisa està fèia nao demora estrupador pedòfilos e outros tambem terao apoio

  14. ibrahim silva disse:

    Acho apelativo a midia agora empurrar goela a baixo – comportamentos que mesmo que respeitemos – não gosto de ver -é o direito de ir e vir, de pensamento, de orientação, e isso não é discriminação – Ficarei muito feliz vendo filhos formando uma familia, se homem com mulher, se mulher com homem. Agora que por questão congenita tiver um filho/a homossexual – evidentemente, que vou apoiar e para isso que existe a familia, mesmo não ficando feliz. Mas como pai ou mãe deve ficar feliz com a felicidade deles. O que se ver hoje na verdade e muita libertinagem – é incentivar para o prazer pelo prazer, não importa se seja homem, mulher, casado, descasado – É libertinagem – Não gostaria de ver meu filho como carro alegórico-Esses exageros se e homossexual quer ser mais feminina que a mulher – não é fica estranho – Classe acima de tudo. A propósito a semana passada o Toinho Silveira no programa dele comentou isso – bichisse chega a ser nojento, com essa ideia de tudo pode – tem pessoas que estão convidando elementos para eventos sociais em sua casa e esta passando o maior constrangimento porque liberação sexual, virou putaria social. Essa é a verdade nua e crua que querem empurrar goela abaixo da sociedade, como ser HETERO de repente é ERRADO. Absurdo isso. BACANA e fazer bacanal – suruba – tudo junto – BELA EDUCAÇÃO que essa midia – quer empurrar agora mandar na educação dos pais decentes.

Comentário

Você deve estar logado para postar um comentário.