Arquivos da categoria ‘Política’

Vereadores de Natal aprovam desconto no salário do prefeito e do vice

27 de abril de 2017

Por unanimidade, vereadores da capital-potengi aprovaram o requerimento apresentado pelo colega Sandro Pimentel (PSOL) que estabelece desconto dos salários do prefeito Carlos Eduardo e do vice Álvaro Dias de acordo com o período em que eles ficaram ausentes do cargo. O texto será oficiado para a Secretaria de Administração (Semad).

A viagem ao exterior dos gestores municipais foi tema de debates na CMN. Diante da situação, a presidência da Casa, em consonância com as bancadas de oposição e situação, enviou ofício à prefeitura exigindo explicações sobre a viagem “que deixou a cidade acéfala”. Ainda aguarda resposta para avaliar quais medidas adotará.

“Não podemos aceitar que representantes eleitos pelo povo se ausentem das suas atribuições para passear nos Estados Unidos e continuem recebendo por isso. Vamos, inclusive, requerer no próximo mês as comprovações de que o desconto foi efetivado. Espero que esta punição sirva como um instrumento educativo, para que os gestores aprendam a ter responsabilidade”, bradou Pimentel.

CCJ aprova fim do foro privilegiado

26 de abril de 2017

Por unanimidade, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou hoje (26) o relatório de Randolfe Rodrigues (Rede-AP) sobre a PEC 10/2013, que extingue o foro privilegiado para o julgamento de políticos e autoridades, com exceções para o os chefes dos três Poderes da União: presidente da República, da Câmara dos Deputados e do Senado.

A matéria segue para votação no Plenário. “Hoje o foro especial é visto pela população como verdadeiro privilégio odioso, utilizado apenas para proteção da classe política – que já não goza de boa reputação -, devido aos sucessivos escândalos de corrupção”, escreveu Randolfe no parecer.

De acordo com senador, cerca de 38 mil autoridades possuem a prerrogativa de foro, atualmente. O projeto não constava na pauta original da sessão, mas foi incluído a pedido dos senadores. A CCJ decidiu colocar a proposta em discussão após ter aprovado por unanimidade o projeto que modifica a lei dos crimes de abuso de autoridade, informa a Associação dos Magistrados do RJ.

Rogério Marinho diz que mudanças nas leis trabalhistas combatem precarização

26 de abril de 2017

O relatório do deputado federal Rogério Marinho (PSDB) foi aprovado ontem (25) na comissão especial que analisa o projeto de reforma trabalhista. Recebeu 27 votos favoráveis e 10 contrários.

Entre as principais mudanças, e que repercute polêmica, é o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical. Sobre férias, poderá ser fracionada em três períodos, além de regulamentação de contratos provisórios e regularização do trabalho à distância (home office).

A proposta segue para votação em Plenário, provavelmente hoje (26). Assim como na comissão, é preciso maioria simples (metade mais um) para que seja aprovada. Também serão analisados 25 destaques que pretendem modificar pontos do substitutivo.

Sobre crítica, Rogério Marinho afirma que a proposta não retira direitos dos trabalhadores e rebateu oposicionistas, dizendo que as críticas partem de corporações que passaram anos “mamando nas tetas” do poder público.

Diz que a proposta vai beneficiar todos os trabalhadores, levantando o cenário atual de que o Brasil tem mais de 137 milhões de brasileiros em idade de trabalhar e só pouco mais de 38 milhões estão com suas carteiras de trabalho assinadas e 11 milhões são servidores públicos, e os “outros quase 90 milhões não têm voz e nem dinheiro para pagar uma passagem e vir a Brasília pressionar parlamentar para votar a favor deles. Ao contrário do que dizem não estamos precarizando, mas sim combatendo a precarização do trabalho”.

No novo substitutivo apresentado ontem, RM acatou novas emendas apresentadas por deputados. “Modificamos alguns artigos para aperfeiçoar o projeto”. As novas alterações mantiveram o escopo geral do projeto e acrescentaram alterações pontuais. Entre elas a que exclui das regras do trabalho intermitente — por períodos específicos, a depender da demanda — categorias regidas por leis específicas, como motorista de caminhão, empregadas domésticas e aeronautas.

Solicitação feita por parlamentares do PSDB e atendida por RM foi para excluir artigo que alterava a Lei de Cotas. A proposta vai manter a legislação atual em que empresas com 100 ou mais empregados são obrigadas a preencher de 2% a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas com deficiência.

Outra emenda acatada atende demanda da oposição: proíbe que um empregado seja demitido da empresa e volte a prestar serviço para esta mesma empresa na condição de empregado de empresa terceirizada.

CAE aprova projeto para transição do Executivo

25 de abril de 2017
Senadores Garibaldi Filho e Tasso Jereissati - Foto: Paulo Lima

Senadores Garibaldi Filho e Tasso Jereissati – Foto: Paulo Lima

A CAE (Comissão de Serviços de Assuntos Econômicos) aprovou hoje (25) o parecer do senador Garibaldi Filho favorável ao projeto do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) que regulamenta a transição administrativa dos Poderes Executivos da União, estados, Distrito Federal e municípios.

“A transição democrática entre governos, de preferência mediante a formação de comitês de transição, deve ser sempre desenvolvida entre os que concluem seus mandatos e os recém-eleitos. Uma boa transição deve preparar o caminho de quem está chegando, para que a continuidade do serviço público não seja prejudicada pela mudança. A boa transição deve
também impedir que o candidato eleito tenha surpresas desagradáveis quando assumir o cargo”, opinou Garibaldi.

A proposição também determina que os chefes do Executivo que tenham mandato por encerrar devem constituir, em até dez dias após a homologação do resultado das eleições, a comissão de transição de governo. Colegiado que deve ser integrado por membros das áreas de gestão administrativa, financeira, patrimonial e de pessoal e por pelo menos dois membros indicados pelo candidato eleito. Entre outros.

Vejam vocês

24 de abril de 2017

Apenas agora, próximo de terminar o mês de abril, é que começam as aulas na escola municipal de Galinhos. E com direito a evento, hoje (24), protagonizado pelo prefeito, Fábio Rodrigues (PRB), ao lado do deputado estadual Raimundo Fernandes (PSDB), com discursos de grande feito.

As aulas na Escola Municipal Freitas começam hoje, com reforma do refeitório coberto e equipado, novas carteiras, salas climatizadas, espaço para o lazer.

“Estou há apenas três meses como prefeito e entrego uma escola totalmente modernizada. Estamos melhorando todas as escolas e creches de Galinhos. Isso me motiva muito”, destacou o prefeito em discurso.

“Toda vez que eu entrava na escola, saia triste porque via as crianças comendo sentadas no chão. Os banheiros totalmente sem condições, carteiras velhas, salas de aula quentes. Graças a Deus mudamos esta realidade”, finalizou.

Como vice-prefeito, Fábio Rodrigues assumiu o comando do município com o afastamento da prefeita Josineide Cunha de Medeiros, pelos vereadores, por supostos crimes apontados na CEI (Comissão Especial de Investigação), como a emissão de cheques sem fundos.

Esposa do ex-prefeito e ex-tesoureiro da prefeitura, Ricardo Araújo, Joseneide foi criticada pela população por descaso na educação, com escolas sem aula e sem estrutura, falta de transporte escolar. Na Saúde, ausência de medicamentos e consultas com especialistas.

Olho vivo e faro fino

24 de abril de 2017

Que a CCJ Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania)  do Senado deve votar quarta-feira (26) o polêmico projeto que tipifica crimes por abuso de autoridade.

Ocasião em que será votado o substitutivo do senador Roberto Requião (PMDB-PR) à proposta original apresentada pelo senador Renan Calheiros (PMDB-AL) justamente nesses tempos em que parlamentares compraram briga com integrantes do Ministério Público e do Judiciário.

O substitutivo de Requião estabelece mais de 30 tipos penais, punindo, por exemplo, o juiz que decretar prisão preventiva, busca e apreensão de menor ou outra medida de privação da liberdade em desconformidade com a lei, como informa a EBC.

“A proposta abrange os crimes de abuso cometidos por agentes públicos, inclusive militares, servidores públicos e outros em situação equivalente, além de integrantes do Ministério Público e dos poderes Judiciário e Legislativo da administração pública federal, estadual, distrital e municipal”, destaca a EBC.

Empreendedorismo em Parnamirim

19 de abril de 2017
Foto: Ascom

Foto: Ascom

Em solenidade no Centro Administrativo de Parnamirim, o prefeito Rosano Taveira e o empresário Marcelo Queiroz, presidente da Fecomércio, abriram oficialmente a unidade móvel do Senac no município, que oferecerá cursos profissionalizantes gratuitos de moda e beleza.

Serão quatro cursos, com 15 vagas cada, que incluem manicure e pedicure, corte de cabelo, penteados para festas e cabeleireiro assistente, com aulas a partir do dia 24. As vagas já foram todas preenchidas, na Secretaria de Assistência Social, mas novos cursos serão formatados.

“Além de elevar a auto-estima do parnamirinenses vai permitir a qualificação dos profissionais. E, em breve teremos a unidade móvel em Pium/Pirangi, com cursos de gastronomia”, informou a vereadora Kátia Pires.

“Rosano Taveira nos ofereceu toda a estrutura necessária para ministrarmos os cursos. E, tenho certeza que novas parcerias serão firmadas”, destacou Marcelo Queiroz, lembrando que esse é o caminho para combater o desemprego no Brasil.

“Hoje fechamos uma parceria com a Fecomércio, mas estamos garantindo parcerias com a Fiern e com a Faculdade Maurício de Nassau. Os cursos não vão parar por aqui”, declarou o prefeito, ressaltando que o tempo é de empreender.

Novo confronto entre TCE e Prefeitura de Natal

19 de abril de 2017

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou hoje (19) que Prefeitura de Natal devolva R$ 15,8 milhões sacados da previdência

Também decidiram pelo bloqueio do valor na conta única do Município caso o cumprimento da medida não seja comprovado em até 15 dias, além de multa diária de R$ 10 mil na ocorrência de novos saques,  individualizada, ao prefeito Carlos Eduardo  e à presidente do Natalprev, Adamires França.

Trata-se do dinheiro referentes ao saque no Fundo Capitalizado de Previdência para pagamento de aposentados e pensionistas vinculados ao Fundo Financeiro de Previdência (Funfipre).

O TCE também irá representar ao Ministério da Previdência e Assistência Social para apuração acerca da ilegalidade dos saques e aplicação de possíveis sanções aos responsáveis.

Nova secretária da Sesed, Sheila Freitas fala sobre desafios

19 de abril de 2017

O governador Robinson Faria confirmou hoje (19), pelas suas mídias sociais, a delegada-corajosa Sheila Freitas para comandar a Secretaria de Segurança Pública (Sesed).

A delegada receberá a imprensa, nesta tarde, às 17h, na Sesed, para conceder entrevista coletiva. Ocasião com presença também dos comandantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Civil e Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

Currículo

Natural de Natal, Sheila Freitas é delegada de Polícia Civil do RN desde 14 de agosto de 2000. Foi a titular da Divisão Especializada em Combate ao Crime Organizado (Deicor), de delegacias especializadas na capital e de unidades da Polícia Civil no interior. O último cargo ocupado foi de diretoria de Polícia da Grande Natal (DPGRAN).

Em Natal, foi titular da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur), da Delegacia de Assistência ao Turista (Deatur) e da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (Deprema). Além das delegacias especializadas, comandou o 1º Distrito Policial, na Cidade Alta, e o 11º Distrito Policial, em  Cidade Satélite. No interior, assinou como titular das delegacias de Caraúbas, Triunfo Potiguar, Martins e Serrinha dos Pintos.

Bacharel em Direito pela UFRN e pós-graduada em Políticas e Gestão em Segurança Pública pela Estácio de Sá/Fatern, é integrante do corpo docente da Academia de Polícia Civil do RN (Acadepol). Guarda várias medalhas conquistadas por bons serviços prestados à Segurança Pública.

A bela prefeita de Mossoró

18 de abril de 2017
Nayara Gadelha - Foto: Ascom

Nayara Gadelha – Foto: Ascom

A prefeita Rosalba Ciarlini vai passar a semana em Brasília. Fica até a próxima segunda-feira (24), onde diz que cumprirá agenda administrativa em ministérios e órgãos federais.

Assim, resolveu passar o comando de Mossoró interinamente para a vice-prefeita Nayara Gadelha, com transmissão na manhã de hoje (18), em ato no Salão dos Grandes Atos do Palácio da Resistência.

“Não é a primeira e nem a última vez que vai acontecer. Esse é um gesto para que não ocorra descontinuidade das ações do município. Deixo todo o secretariado para ajudar a nossa vice-prefeita no que for preciso”, destacou Rosalba.

“Com a transmissão do cargo, vamos poder dar continuidade a agenda que já existia. Rosalba pode viajar tranquila para trazer de Brasília os recursos que Mossoró precisa”, declarou Nayara.

Fim do prazo de R$ 82 milhões para a Câmara e tribunais

18 de abril de 2017

Encerrou-se no dia 12 de abril o prazo de vigência da medida provisória que abre crédito de R$ 82 milhões para a Câmara dos Deputados e tribunais, avisou o presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Trata-se da Medida Provisória nº 750, de 1º de novembro de 2016, que “Abre crédito extraordinário em favor da Câmara dos Deputados, do Superior Tribunal de Justiça, da Justiça Federal, da Justiça Militar da União, da Justiça do Trabalho e da Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, no valor de R$ 82.562.979,00.

Com a saída do secretário de Segurança e do delegado-geral

18 de abril de 2017

A charge do Brum, na edição de hoje (18) nesta Tribuna do Norte, em torno do pedido de exoneração do delegado federal Caio Bezerra do comando da Secretaria de Segurança Pública (Sesed) e do delegado Cleiton Pinho da Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol):

brum6

Bingo! Nota na coluna na edição do dia 13. Operação deflagrada hoje

18 de abril de 2017

coluna

O dia de hoje (18) amanheceu com 25 policiais militares e nove promotores de Justiça nas ruas cumprindo oito mandados de busca e apreensão e quatro mandados de condução coercitiva nos municípios de Santana do Matos, Caicó, São José do Seridó e Parnamirim.

Trata-se da Operação Recovery, que investiga desvio de recursos públicos em contrato de recuperação de automóveis e fornecimento de peças automotivas, mantido, entre o período de dezembro de 2013 a dezembro de 2016, com a empresa J Vieira de Medeiros Filho – EPP, sediada em Caicó.

A investigação começou com o compartilhamento de provas da Operação Infarto, que desbaratou uma organização criminosa formada por diversos servidores públicos municipais, associados ao empresário Antônio Tavares Neto e suas empresas Antônio Tavares Neto e Conceito Rent a Car, que desviaram cerca de R$ 2 milhões do município de Santana do Matos, em fraudes na contratação de tais locadoras de veículos e na execução dos contratos.

Até o momento foram identificadas como beneficiários do esquema em Santana do matos: Hosana Batista da Cunha Araújo (ex-secretária de Administração), por meio de seu irmão Etelvino Batista da Cunha Júnior e da amiga e ASD do município Francisca Floripe de Macedo; Luelker Martins de Oliveira (ex-coordenador de Transportes), Wescley Silva Martins (ex-controlador-geral e ex-pregoeiro), Wilka Sibele de Sousa (ex-subcoordenadora de Protocolo e Expediente da prefeitura.

Também foi demonstrado o recebimento de recursos oriundos da referida pessoa jurídica pela ex-prefeita Lardjane Ciríaco de Araújo Macedo.

Diversos serviços de conserto de automóveis pagos pela Prefeitura de Santana do Matos não foram prestados, tendo a empresa J Vieira de Medeiros Filho emitido notas fiscais ideologicamente falsas, atestando fornecimento de peças e realização de reparos que não ocorreram.

Em apenas 27 dias, por exemplo, no final do mandato da ex-prefeita Lardjane Macedo, inúmeros pagamentos ocorreram em favor da empresa citada, por supostas revisões de automóveis, sendo que os veículos, conforme depoimentos, encontram-se em péssimo estado mecânico, sem que, ao menos, tenha se procedido à troca de óleo.

Entre dezembro de 2013 até dezembro 2016, foram feitos pagamentos em prol da citada empresa no valor superior a R$ 186,2 mil, evidenciando a materialidade e fortes indícios de autoria de crimes de associação criminosa, falsidade ideológica, corrupção ativa e corrupção passiva, com provável desvio do total dos valores pagos.

MPRN se manifesta sobre ação contra procurador-geral

17 de abril de 2017

O Ministério Público do RN emitiu nota em torno da ação civil pública impetrada em desfavor do procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis.

Eis a nota:

Em relação à ação civil pública ajuizada pelo SINDSEMP, ANSEMP e FENAMP em desfavor do Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, imputando a este o recebimento de diárias e passagens do Ministério Público do Rio Grande do Norte para participar de reuniões do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG), o MPRN vem esclarecer o seguinte:

1) Todas as viagens do Procurador-Geral de Justiça custeadas pelo MPRN são exclusivamente para tratar de assuntos institucionais, com atas assinadas e arquivadas, especialmente as realizadas para as reuniões do CNPG, de que o Chefe do MPRN é o atual Presidente, e cuja pauta trata unicamente de assuntos institucionais de interesse do Ministério Público brasileiro, nunca de interesses privados ou corporativos;

2) Participam das reuniões do CNPG, com despesas custeadas pelos respectivos órgãos, todos os Procuradores-Gerais de todos os ramos do Ministério Público brasileiro, inclusive do Ministério Público da União (MPF, MPT, MPDFT e MPM), chefiado pelo Procurador-Geral da República, sendo imprescindível a participação nas discussões do Ministério Público potiguar, através de seu Procurador-Geral de Justiça;

3) A participação nas reuniões do CNPG por parte dos Procuradores-Gerais é absolutamente regular no âmbito do Ministério Público potiguar, realizada desde a fundação do Conselho por todos os Procuradores que já ocuparam a Chefia da Instituição, e a ser realizada igualmente pelos futuros Procuradores-Gerais de Justiça;

4) A participação dos Procuradores-Gerais nas reuniões do CNPG é idêntica à que existe para diversas outras autoridades públicas e seus respectivos conselhos de chefias, como o Conselho dos Presidentes dos Tribunais de Justiça, Conselho dos Corregedores-Gerais do Ministério Público, Conselho dos Presidentes dos Tribunais de Contas, Conselho dos Procuradores-Gerais de Estado, Conselho dos Secretários de Segurança Pública, entre outros;

5) Todas as diárias pagas ao Procurador-Geral de Justiça do MPRN para qualquer de suas viagens institucionais são objeto de prestação de contas, com fiscalização do controle interno da Instituição e dos demais órgãos de controle externo, como o Tribunal de Contas do Estado;

6) Todos os fatos acima são de amplo conhecimento dos autores da ação, que, portanto, agiram de má-fé, usando um instrumento sério como uma ação judicial para fins outros que não a exposição da verdade e da legalidade dos fatos;

7) Lamenta, mais uma vez, a disposição de entidades representantes dos servidores do Ministério Público em criar fatos que só servem para tentar desgastar a imagem da Instituição perante a opinião pública, agindo sem qualquer vinculação com o estrito interesse de seus representados;

8) Espera que o Poder Judiciário não aceite ser instrumento dessa ação irresponsável, rejeitando o mais rapidamente possível o processamento dessa demanda e punindo os autores por litigância de má-fé.

Eudo Leito vence eleição no MP para PGJ

17 de abril de 2017

Presidente da Associação do Ministério Público (Ampern), o promotor Eudo Leite foi eleito procurador-geral de Justiça pelos próximos dois anos, em substituição ao atual, Rinaldo Reis.

Na votação de hoje (17), obteve 148 votos dos membros do Ministério Público. Em segundo lugar ficou Iadya Gama (45 votos), e Ivanildo Alves em terceiro (30 votos).

Na quinta-feira (20) terá sessão do Colégio de Procuradores de Justiça (CPJ) para homologar e encaminhar a lista tríplice ao governador Robinson Faria, que por tradição deverá indicar o primeiro colocado para o cargo de PGJ.

Em seguida, Eudo Leite será sabatinado pelos deputados estaduais, na Assembleia Legislativa. A posse deve ocorrer no dia 19 de junho.

Entidades do MP vão à Justiça contra Rinaldo Reis

17 de abril de 2017

Chegou à 17ª Vara Cível de Natal um ação civil pública assinada por associações de servidores do Ministério Público do RN contra o procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis.

No recheio, apontam que o PGJ usou dinheiro para pagamento de diárias operacionais em fins privados, totalizando mais de R$ 83 mil entre 2015 e o início de 2017, tempo em que Rinaldo esteve no exercício de atividades do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União, entidade de direito privado. Pedem em caráter de urgência que o patrimônio do PGJ seja bloqueado.

A ação foi movida pela Associação Nacional dos Servidores do Ministério Público (Ansemp), Federação Nacional dos Servidores dos Ministérios Públicos Estaduais (Fenamp) e Sindicato dos Servidores do MP do RN (Sindsemp). juíza e o promotor são casados.

O vereador Aldo Clemente (PMN), que é secretário-geral do Sindsemp, está à frente da mobilização.

Governo reafirma contatos com a chinesa Chint

17 de abril de 2017

Por meio de nota à imprensa, o governo potiguar esclarece sobre a empresa chinesa em contato comercial com o RN e a fábrica que será instalada na capital cearense.

Eis a nota:

O Governo do Estado esclarece que, conforme amplamente divulgado pelo próprio Governo do Ceará e pela imprensa daquele estado, a fábrica de painéis solares que será instalada no segundo semestre deste ano no CE não é a empresa chinesa Chint, visitada pelo governador Robinson Faria em missão comercial na China, em fevereiro deste ano.

A empresa que se instalará, segundo as informações amplamente divulgadas, é a cearense Sunlight Energy Brasil, que tem uma participação de 20% da empresa chinesa Hareon Solar.

Portanto, não procede a informação de que a Chint, que assinou protocolo de intenções com o Governo do Rio Grande do Norte, vai se instalar em solo cearense.

O governo do Rio Grande do Norte informa ainda que prossegue com os contatos com a empresa Chint para que seja instalada uma fábrica de energia fotovoltáica desta empresa no RN.

Governador Robinson se diz com consciência tranquila sobre lista de Fachin

12 de abril de 2017

Aniversariante desta terça-feira (12), o governador Robinson Faria usou seu perfil no Twitter para se manifestar sobre a lista do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, em que consta o seu nome como recebedor de propina da Odebrecht.

Robinson, que cumpre agenda administrativa durante o dia de hoje em São José de Mipibu, culminando com missão em ação de graças, às 19h.

Seguem os tuítes de Robinson, na manhã de hoje:

– Bom dia, amigos! Primeiramente, meu sentimento neste dia é de gratidão a Deus por mais um ano de vida que me concede.

– Mas tenho também a necessidade de tranquiliza-los a respeito das notícias que relacionam meu nome a uma lista de investigações

– Ainda não tive acesso ao teor da denúncia, mas quero deixar claro que minha postura é de serenidade e consciência tranquila.

– Estou pronto para prestar os esclarecimentos que venham a ser necessários à Justiça.

– Continuo seguindo com a missão que recebi de Deus e do povo do meu Estado.

– Continuo dando tudo de mim, com perseverança e compromisso com o o povo do Rio Grande do Norte.

– Hoje o dia será de entregar obras e ações administrativas em São José de Mipibu. Confiem em Robinson e vamos em frente, juntos!

Garibaldi diz que Fachin não autorizou inquérito contra ele

12 de abril de 2017

O senador Garibaldi Filho (PMDB) diz que tomou conhecimento de que o ministro Edson Fachin, relator da Lava ato no STF, não autorizou a abertura de inquérito contra ele.

Segundo o parlamentar, o ministro determinou a remessa dos autos ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para manifestar-se sobre eventual extinção da punibilidade.

Rosalba diz que sua campanha nunca teve doação da Odebrecht

12 de abril de 2017

Sobre a informação de que recebeu doação de campanha da Odebrecht, a prefeita Rosalba Ciarlini, de Mossoró, afirma que “nunca” recebeu.

E que “nem durante seu período no governo do estado do Rio Grande do Norte contratou qualquer obra ou serviço com essa empresa ou o grupo e também não recebeu deles qualquer benefício ou favor”, informa a assessoria.

“Isso, por si só, prova a completa improcedência da referência a seu nome”, finaliza.