O planeta Terra quase entubado

Cientistas analisaram os sinais vitais do nosso planeta e chegaram a uma triste conclusão: a Terra avança para uma fase terminal e já entrou na UTI. Das 31 métricas que avaliam a saúde ecológica, criadas por pesquisadores de inúmeras universidades internacionais, em 18 delas os resultados são insatisfatórios. O relatório com o dado alarmante deverá ser publicado na revista BioSciense e reúne uma atualização de 14.000 especialistas que atestaram as informações.

Entre as principais preocupações dos cientistas estão os níveis atmosféricos elevados de metano e dióxido de carbono, que atingiram um índice recorde. Aliado a isso, o gelo do Ártico e as geleiras estão no nível mais baixo de todos os tempos. Também o nível do mar e as temperaturas oceânicas estão no máximo.

No relatório consta muitos danos visíveis que já provocam mudanças climáticas, como o aquecimento global, a crise de água e chuvas torrenciais que já inundam a Europa e China. “O clima está se comportando de maneira chocante e inesperada”, disse à Agência France Press o diretor do Instituto de Sistemas Globais da Universidade de Exeter, Tim Lenton.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *