Tragédia com ministro de Vladimir Putin

O ministro de Emergências da Rússia, Yevgeny Zinichev, saltou num rio do Ártico durante um exercício de treinamento na tentativa de resgatar um diretor de cinema premiado, mas ambos morreram no incidente. As mortes ocorreram durante os exercícios de emergência, antes dos massivos exercícios militares quadrienais, que devem começar na sexta-feira.

O ministro do governo Vladimir Putin havia servido anteriormente como ajudante de campo do presidente e era um membro de confiança do círculo íntimo de Putin na sua cidade natal, São Petersburgo. Zinichev, de 55 anos, também compartilhava da história da KGB da era soviética com Putin, quando a cidade natal se chamava Leningrado.

O diretor de cinema Alexander Melnik teria tropeçado e caiu de um penhasco na cachoeira Kitabo-Oron no Planalto Putorana, fora de Norilsk. O ministro então mergulhou para salvá-lo. Margarita Simonyan, editora-chefe da RT Television, disse nas redes sociais que Zinichev bateu em uma pedra ao pular na água.

O secretário de imprensa de Putin, Dmitry Peskov, disse que a experiência de Zinichev dirigindo o serviço de inteligência foi decisiva para o presidente nomeá-lo para o cargo atual de ministro dos serviços de emergência.

Informações do The Washington Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *