Mais de 400 terremotos nas Ilhas Canárias

O Instituto Geográfico Nacional da Espanha informou nesta terça-feira a ocorrência de mais de uma centena de abalos sísmicos localizados nas ilhas Canárias de La Palma, um deles atingindo 4 graus na escala Richter, detectado no município de El Paso.

Os abalos estão ligados a um considerável aumento da atividade vulcânica nas Canárias, consequência de um enxame sísmico que começou no fim de semana. O Instituto Vulcanológico das Canárias relacionou o fato a um processo de intrusão magmática no interior da crosta.

A atividade sísmica tem atualmente mais de 400 terremotos localizados abaixo do vulcão “Cumbre Vieja” numa profundidades de cerca de 12 quilômetros, em oposição à profundidade dos ‘enxames’ anteriores que oscilavam entre 20 e 30 quilômetros.

Há décadas existe uma temeridade de que o afundamento de parte do vulcão Cumbre Vieja pode criar um cenário apocalíptico capaz de gerar um megatsunami no Atlântico. Algumas teses têm todos os ingredientes de um filme-catástrofe. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *