Uber Eats chega a Natal como nova opção para entrega de comida em casa

29 de novembro de 2018 por Cinthia Lopes

Com tantas pessoas optando por comer em casa, novos aplicativos surgem como opção. O mais novo a operar em Natal é o Uber Eats, aplicativo da Uber que conecta o consumidor a restaurantes da cidade. Presente em mais de 60 países, o Uber Eats é a plataforma de entrega de comida que mais cresce no mundo. Nesta quinta-feira (29), os natalenses poderão começar a usar a plataforma para receber comida de um modo mais cômodo, eficiente e inovador.

Uber Eats abre espaço para restaurantes e mais motoristas

Uber Eats abre espaço para restaurantes e mais motoristas

Para conhecer o Uber Eats, pelos próximos dias, a entrega será grátis. Desde a chegada em São Paulo em dezembro de 2016 até agora, já são 25 cidades. “O Brasil é o maior mercado de entrega de comida da América Latina e, desde que o Uber Eats chegou, vimos o quanto os brasileiros ansiavam por uma plataforma que conecta os usuários aos melhores restaurantes da cidade”, diz Delon White, diretor-geral do Uber Eats no Brasil. “Até o fim do ano, o Uber Eats chegará a ainda mais cidades, trabalhando sempre para se tornar a plataforma de preferência dos brasileiros.”

“Com o app, multiplicam-se as oportunidades para toda a cadeia. Os usuários, em vez de pedirem pelo telefone o prato de sempre do restaurante de sempre, podem agora navegar por milhares de opções e fazer melhores escolhas conforme seu orçamento, necessidades e restrições”, disse.

Do lado dos entregadores parceiros, mais pessoas passam a poder se beneficiar da tecnologia para gerar renda extra ao toque de um botão. As entregas do Eats podem ser realizadas por motoristas de carros que não atendem os requisitos mínimos da Uber, motoqueiros e até ciclistas. E os motoristas do uberX ganham uma chance maior de trabalhar mesmo em horários de menor movimento, como ao meio-dia. Para saber mais sobre entregas, acesse AQUI.

De acordo com a Uber Eats, os restaurantes parceiros são os maiores beneficiados. Eles passam a poder se focar na comida. Podem atingir novos públicos de forma descomplicada. Podem também inaugurar o que chamamos de “restaurantes virtuais”, que são lojas que existem no Uber Eats, mas, no mundo real, não têm fachadas, não têm mesas e não têm garçons, por exemplo.

 

Segunda edição do Natal Fest Gourmet valoriza gastronomia e espaço turístico de Natal

27 de novembro de 2018 por Cinthia Lopes

Terminou em grande estilo a 2ª edição do Natal Fest Gourmet, realizado no último final de semana (22 a 24). Mais de três mil pessoas circularam na última noite, dia 24, consolidando o festival e também o Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Natal, na Ribeira, como grande ponto cultural da capital.

Varanda concorrida de frente para o rio Potengi. Foto Rogério Vital

Varanda concorrida de frente para o rio Potengi. Foto Rogério Vital

O lugar agradável de frente para o rio Potengi, com boa infraestrutura, casou bem com um evento voltado para a valorização da gastronomia. Somou-se a isso a entrada gratuita e as atividades para todos os públicos – inclusive crianças com espaço infantil. Virou uma ótima opção de lazer ao combinar música, comidinhas (algumas pratos excelentes!) e conhecimento.

Salão climatizado e com shows ao vivo também foi um espaço disputado

Público lotou o salão climatizado para degustar das apresentações musicais

Com tanta gente circulando e a fim de comer, não era de se surpreender as inevitáveis filas que se formaram desde a compra das fichas até a escolha dos pratos nos restaurantes. Preços de petiscos variando entre R$8 e R$ 15 e pratos mais robustos entre R$ 20 e R$ 30. Formou-se um gargalo em determinadas horas, mas no final todo mundo conseguiu comer e beber quando o movimento fluiu ao longo da noite.

As oficinas da Arena Senac atraiu público com sua programação de oficinas e degustações

A Arena Senac teve plateia cheia todas as  noites com sua programação de oficinas e degustações

Caberá um ajuste para agilizar os pedidos, talvez mais garçons e maquinhas portáveis para venda de bebidas e comidas. Outra sugestão seria abrir no último dia pela manhã, pois daria para contemplar a paisagem e almoçar em um lugar diferente…

Comidas preparadas na oficina da Arena Senac de Gastronomia

Receitas preparadas na oficina da Arena Senac de Gastronomia foram servidas para o público

O produtor Habib Chalita comentou que a escolha do local foi acertada. “Queremos somar forças na valorização da região como potencial gastronômico, cultural e turístico e nisso o local é perfeito”.

Oficina de brownies encerrou a série de minicursos da Unidade de Panificação do Senai. Excelente a aula de pães da quinta-feira

Oficina de brownies encerrou a série de minicursos da Unidade de Panificação do Senai. Excelente a aula de pães também na quinta-feira

Dos pratos que consegui degustar no Natal Fest Gourmet, destaco os excelentes assados na parrilla da Cordeiro Chique. O bife ancho com batatas rústicas e picantes foi de comer suspirando. Na feirinha de produtos gastronômicos organizada pelo festival e convidados do Sebrae, além dos queijos, mel e cervejas artesanais, descobri o padeiro D’Vini – em breve falaremos sobre pães artesanais.

Visão do terraço com público e tendas de restaurantes. Pense um lugar agradável!

Vista do terraço para o lugar mais apreciado pelo público: na beira do rio e perto das tendas de restaurantes. Pense um lugar agradável!

A homenagem ao renomado chef Tadeu Lubambo, criador do restaurante Camamo de Tibau do Sul, foi um momento especial do evento. Tadeu atualmente reside em Natal e está aposentado da cozinha, por conta de sua saúde debilitada. Ele se emocionou ao receber a comenda Le Magnifique Chef conferida pelo Natal Fest como reconhecimento da contribuição no fomento da gastronomia potiguar, entregue no encerramento das oficinas com presença de autoridades e pessoal da gastronomia .

Uma homenagem merecida ao chef Tadeu Lubambo. Na foto, o chef com o prefeito Álvaro Dias, o presidente da Funcarte Dácio Galvão e os produtores Habib Chalita e Jenner Tinoco

Uma homenagem merecida ao chef Tadeu Lubambo. Na foto, o chef recebe a comenda das mãos do prefeito Álvaro Dias, com o presidente da Funcarte Dácio Galvão e os produtores Habib Chalita e Jener Tinoco

“É uma satisfação estar ao lado desses empresários, participando dessa atividade e incentivando o Natal Fest Gourmet, participando e sendo parceiro de todos que fazem este evento”, afirmou o prefeito Álvaro Dias, citando algumas obras que contemplam o turismo na cidade, como o Terminal Turístico na Redinha.

Seminário foi destaque do festival. A pesquisadora e chef Gabriela Sales falou sobre a importância das Pancs e da agricultura familiar

Seminário foi destaque do festival. A pesquisadora e chef Gabriela Sales falou sobre a importância das Pancs – Plantas Alimentícias não convencionais – e sua relação com a agricultura familiar

Entre uma comidinha e outra, considero o ponto alto do Natal Fest Gourmet a diversidade de ações de formação. Foram oferecidas várias atividades para público leigo ou para quem já está na área da gastronomia. Palestras, oficinas, minicursos na Arena Senac, padaria móvel do Senai  ou no Cozinha Brasil, além do seminário técnico realizado pelo próprio festival.

Especiarias do mundo e azeites foi o tema de Sérgio Motta, que encerrou a programação do Seminário.

Especiarias do mundo e azeites foram temas da fala de Sérgio Motta, encerrando a programação do Seminário.

O SENAI realizou seis minicursos técnicos na sua unidade móvel de panificação, uma espécie de sala de aula itinerante climatizada, estacionada no terraço do Terminal. Os inscritos tiveram contato com o universo do pão artesanal de alta qualidade e aprenderam noções de preparo da massa madre, da escolha e manipulação de ingredientes. O SESI trouxe a Cozinha Brasil para abordar o reaproveitamento alimentar. O SEBRAE-RN participou com estantes de vendas dos produtos de terroir potiguar. Já o SESC deu a sua contribuição cultural formando o time de artistas em dois shows diários.

Bancadas movimentadas na cozinha da Arena Senac

Bancadas movimentadas na cozinha da Arena Senac

O Fest Gourmet também apostou em uma experiência de discussão da gastronomia muito interessante com o I Seminário Técnico de Gastronomia. Os temas abordados estão em alta nos diversos ambientes gastronômicos da cidade, entre chefs, técnicos e pesquisadores. Vale investir no seminário, trazendo convidados de outros estados para dialogar com a cena local.

Chef Adriana Lucena expôs sua seleta curadoria de queijos artesanais. Foto Rogério Vital

Chef Adriana Lucena expôs sua seleta curadoria de queijos artesanais e mel de Jandaíra.

Para falar sobre gastronomia e identidade cultural foi convidada a pesquisadora de cozinha potiguar Adriana Lucena. A chef é proprietária do sítio Aroeira é uma ativista do movimento mundial Terra Madre, que luta por uma gastronomia que valorize toda a cadeia produtiva. O mestre cervejeiro Fábio DeSilva, criador da cerveja artesanal Perversa, falou sobre a sua experiência de cervejeiro “cigano” e aproveitou para conversar sobre o mercado cervejeiro local.

Palestra concorrida com o cervejeiro Fábio DeSilva, na primeira noite do Seminário

Palestra concorrida com o cervejeiro Fábio DeSilva, na primeira noite do Seminário

O laticinista Raoni Carbogim destacou as tendências dos queijos artesanais potiguares, e Deborah Sá falou sobre a comida vegana pelo viés da cozinha contemporânea. A chef e pesquisadora Gabriela Sales falou da importância da agricultura familiar para resgatar a diversidade alimentar do País, principalmente na revalorização PANCs — Plantas Alimentícias não convencionais.

Grupo Choro do Elefante embalou o público com choros, valsas e maxixes

Grupo Choro do Elefante embalou o público com choros, valsas e maxixes

Além de chef, Gabriela é servidora pública da Funcarte e está com um projeto de desenvolvimento de horta orgânica nas escolas, capacitando alunos e professores sobre o conhecimento e manipulação desses novos vegetais. Por fim, o engenheiro e pesquisador Sérgio Motta, proprietário da Koru Brasil, encerrou o Seminário do Natal Fest Gourmet abordando os usos, conservação e o preparo de temperos e azeites.

Oficina de pães especiais do Senai

Oficina de pães especiais do Senai foi destaque na quinta-feira

Ele é um especialista no setor. Em uma rápida conversa, o engenheiro destacou a iniciativa de promover os debates, mas acredita que é possível aproximar o seminário do resto da programação, já que o encontro aconteceu no primeiro andar do Terminal.  Quem sabe em 2019 o festival ocupe além do salão e do terraço, também a varanda!

Canequinhas do Instituto Histórico para colecionar. Confira as séries ‘Patrimônio histórico’ e ‘Newton Navarro’

19 de setembro de 2018 por Cinthia Lopes
Coleção com imagens da obra de Newton Navarro. Foto Cedida

Coleção com imagens da obra de Newton Navarro. Foto Cedida

O Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte não para de inovar. A casa da memória potiguar lançou recentemente sua coleção de canecas com ilustrações do artista potiguar Carlos José. São 20 modelos ao todo, com imagens de Luís da Câmara Cascudo, de prédios e monumentos do Centro Histórico, como o Palácio Potengi, a coluna Capitolina e outros. Custa R$ 30 e a tiragem é limitada.

Caneca com xilogravura da Pinacoteca do Palácio Potengi

Caneca com xilogravura da Pinacoteca do Palácio Potengi

A primeira coleção de canecas é produto de uma garimpagem diária da equipe atual do IHGRN no acervo da instituição. Recentemente foi encontrado um álbum de xilogravuras de Carlos André, com o registro de vários prédios históricos da cidade. O conteúdo gerou uma exposição “Roteiro Histórico do Rio Grande do Norte” e parte das imagens reproduzidas nos souvenirs.

A nova coleção tem como tema a obra do artista plástico Newton Navarro (1928-1992), reproduzindo cenários  e personagens característicos de sua obra, como pescadores e vaqueiros. Para a coleção Navarro foram fabricadas 30 modelos.

Coluna Capitolina também ganha um lugar na canequinha do IHGRN

Coluna Capitolina também ganha um lugar na canequinha do IHGRN

ONDE

Para adquirir, basta visitar o Instituto Histórico, localizado na rua da Conceição, Cidade Alta, próximo à Assembleia Legislativa do RN. Mais no LINK

Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande é a mais antiga instituição cultural do Rio Grande do Norte. Encerra em seu acervo, documentos, biblioteca e museu, e atende a estudantes e pesquisadores, franqueando o acesso ao seu acervo. Aberto à visitação, também promove exposições, palestras e outras atividades voltadas à promoção da cultura norte-rio-grandense.

Temporariamente, não está aberto para pesquisa, tendo em vista que o seu acervo passa por processo de reorganização, manutenção, digitalização e catalogação a fim de, futuramente, dinamizar a consulta e permitir, de forma adequada, a utilização do material para consulta e pesquisa.

 

Cervejaria potiguar Raffe comemora um ano com festa e lançamento da cerveja Ribeira

19 de setembro de 2018 por Cinthia Lopes

Considerada a pioneira e uma das melhores cervejas artesanais produzidas no Rio Grande do Norte, a Cervejaria Raffe completa um ano no mercado e já tem muito a comemorar. Tanto que irá promover uma festa na Arena das Dunas, próximo dia 29 de setembro, um sábado a partir das 15h. O evento acontecerá no Espaço Bossa Nova, zona leste da Arena, ambiente multiuso para atendimento VIP no complexo esportivo.

Cervejaria potiguar Raffe comemora um ano no mercado. Foto Cedida

Cervejaria potiguar Raffe comemora um ano no mercado. Foto Cedida

Os ingressos estão à venda na internet através do www.sympla.com.br/arenadasdunas ou nos seguintes pontos de venda: Sport Master Shopping Midway Mall e Cidade Jardim; Cervejaria Raffe (Posto Novo Horizonte – Avenida Dão Silveira, 3712). O 1º lote tem os seguintes valores: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia entrada, parceiros conveniados e ingressos social).

Onde tem cerveja de qualidade há boa música para harmonizar. A festa terá trilha sonora sonora eclétiva e animada, com shows da banda DuSouto, Jack Black, Halysson Rasta e DJ Set Gustavo Rocha.

 

Cerveja Nísia: homenagem à pioneira potiguar e uma witbier no melhor estilo belga

Cerveja Nísia: homenagem à pioneira potiguar e uma witbier no melhor estilo belga

Serão oferecidos mais de 25 rótulos de cervejas artesanais, entre as produzidas pela própria Raffe e também de outros lugares do Brasil. A cerveja da casa será comercializada a preços especiais.

Outra atração é a presença do ilustrador Sandro Freitas, artista que assina os desenhos exclusivos dos rótulos das Raffes. O artista comandará uma sessão de tatuagem.

Fernando Nóbrega, Adriano Miranda e Raul Souza, sócios da Cervejaria Raffe

Fernando Nóbrega, Adriano Miranda e Raul Souza, sócios da Cervejaria Raffe

A marca também apresentará cervejas especiais para comemorar o aniversário de um ano: lançamento de cerveja Ribeira, uma ‘Double IPA’ da casa, que foi batizada pelos seguidores da Raffe nas redes sociais. E ainda ‘Morena Tropicana’ (composta por 12 ingredientes descritos no hit de Alceu Valença), ‘Imperial Stout’ e ‘Dark Sour of the moon Floresta Negra’ (clássica cerveja já comercializada na Raffe e, agora, com adição de frutas vermelhas).

 

Com aroma de goiaba, a cerveja Ludovicus é homenagem ao maior intelectual potiguar, Luís da Câmara Cascudo

Com aroma de goiaba, a cerveja Ludovicus é homenagem ao maior intelectual potiguar, Luís da Câmara Cascudo

História
A Raffe nasceu da vontade de três amigos em compartilhar o amor pela cerveja e experiências marcantes ao primeiro gole. A cervejaria potiguar tem como base cervejas de alta qualidade valorizando também a iconografia cultural local. Isso somado ao conhecimento técnico do trio, boas doses de criatividade e “um punhado de loucura”, dizem eles. O resultado foi um grande número de consumidores locais e um espaço em outras prateleiras do Brasil.

Double Ipa Ribeira será lançada na festa de aniversário, dia 29

Double Ipa Ribeira será lançada na festa de aniversário, dia 29

Funcionamento do espaço
A empresa foi instalada em Candelária, em anexo ao posto de combustíveis Novo Horizonte, na Avenida Dão Silveira, sob o comando dos sócios Adriano Miranda, Fernando Nóbrega e Raul Souza. Em alguns dias da semana, a cervejaria abre as portas para que o cliente possa conhecer a estrutura de fabricação e, depois, provar as cervejas que são produzidas. Geralmente, às sextas-feiras e aos sábados.

Conheça a fábrica e seus produtos pelo www.raffe.com.br

Santa Clara lança café de microlote campeão produzido em Piatã-BA

18 de setembro de 2018 por Cinthia Lopes

Na próxima sexta-feira (21) o Grupo 3corações lança na Cafeteria Santa Clara do Shopping Midway Mall, o microlote campeão do Concurso Nacional de Qualidade do Café da ABIC – Associação Brasileira da Indústria do Café.

Cultivado pelas mãos de Letícia Conceição, da Fazenda Divino Espírito Santo, localizada em Piatã (Bahia), o grão é da variedade Catuaí, produzido a 1.350m de altitude e processado pelo método cereja descascada, que descasca e despolpa o café antes da secagem.

Lote de café especial será comercializado a partir de sexta-feira, na Santa Clara

Lote de café especial será comercializado a partir de sexta-feira, na Santa Clara

Na análise do especialista, o microlote apresenta, acidez média, notas delicadas de especiarias e sabores doces que remetem à caramelo.

Serão só 30 kg de café, em porções disponíveis para venda na Cafeteria Santa Clara — enquanto durarem os estoques. Também pode ser degustrado como espresso, V60 e prensa francesa.

A sugestão da casa é a Clever, que permite o controle do tempo de infusão, de acordo com a moagem do café, resultando em um maior controle do perfil sensorial em cada preparo, por R$ 14,90 a xícara.

Os clientes também poderão levar essa experiência para casa. O Café será vendido em embalagens de 250g, preparadas especialmente para a Cafeteria, em grãos ou moído na hora no próprio local, por R$ 39,90.

Serviço
Local: Cafeteria Santa Clara de Natal. Endereço: Shopping Midway Mall – Av. Bernardo Vieira, 3775 – Tirol, Natal – RN
Valor: A partir de R$ 9,90 na xícara (espresso)
ou R$ 39,90 o pacote de 250g.
Edição limitada

Desafio do Masterchef desta terça-feira terá comida de boteco e finger food

18 de setembro de 2018 por Cinthia Lopes

Nesta terça-feira (18), às 22h45, os competidores do MasterChef Profissionais enfrentarão a segunda prova em equipes. Divididos em dois times, os 12 cozinheiros deverão preparar reinvenções de comida de boteco em forma de finger food de alta gastronomia para 80 convidados, que escolherão o time vencedor.

Equipes competem com menu de boteco. A equipe perdedora terá que preparar ovo de quatro tipos de aves. Foto: Band

Equipes competem com menu de boteco. A equipe perdedora terá que preparar ovo de quatro tipos de aves. Foto: Band

Na prova de eliminação, um desafio em quatro rounds. A cada etapa, um tipo diferente de ovo (codorna, pata, avestruz e galinha caipira) deverá ser preparado em provas de curta duração. Os vencedores de cada round sobem para o mezanino. O perdedor do último round deixa a competição.

O MasterChef Profissionaisvai ao ar todas as terças-feiras, às 22h45, na tela da Band com transmissão simultânea no aplicativo da emissora. O programa é reapresentado às sextas-feiras, às 20h30, e aos domingos, às 18h50, no Discovery Home & Health.

 

 

Almoço temático homenageia gastronomia do passado e revisita cozinha do Granada Bar, de 1950

17 de setembro de 2018 por Cinthia Lopes

A história da gastronomia moderna em Natal contempla alguns espaços clássicos na memória do natalense. O Granada Bar e Confeitaria era um deles. A casa foi fundada pelo restauranteur espanhol Nemésio Morquecho Marina em 1954, e funcionou em um casarão no início da av. Rio Branco, próximo da antiga escola Técnica do RN. Foi um marco para a época e consolidou o negócio do comerciante espanhol, que mais tarde fundaria um novo restaurante em outro ponto comercial, de proposta mais elegante: o Nemésio Restaurante, que funcionou no Tirol de 1986 a 2005, fechou por alguns anos e reabriu em 2012 sob o comando do filho Pio Morquecho.

Com suas tapas e paellas, o Granada, assim como o Nemésio, foram fundamentais na formação do paladar e da cozinha natalense, difundindo hábitos e novas receitas de frutos do mar nas mesas locais.

Paella do Nemésio é receita da família. Foto Arquivo TN/Frank Marcone

Paella do Nemésio é receita da família. Foto Arquivo TN/Frank Marcone

Para homenagear o pioneiro da culinária espanhola em terras potiguares, a chef Adriana Lucena dá sequência aos encontros temáticos com o almoço Granada, na próxima quinta-feira, 12h, no espaço na Galeria B-612, da rua Doutor Barata, Ribeira.

O menu terá como prato principal a Paella. Serão servidas as entradas Casquinho de caranguejo e salada de lagosta, além da sobremesa sorvete surpresa. O valor é R$ 105,00 por pessoa e as reservas podem ser feitas até terça-feira (18), pelo telefone 99670-3351.

Suspiro gourmet é tema de curso com Priscila Cantinho, na Eloi Chaves

17 de setembro de 2018 por Cinthia Lopes
Criações da chef Priscila Cantinho serão preparadas na oficina. Foto Instagram

Criações da chef Priscila Cantinho serão preparadas na oficina. Foto Instagram

Símbolo de afeto, doçura e delicadeza, o suspiro é o doce que mais nos conecta à infância e aos nossos familiares. Sem esquecer o tanto que ele é democrático. A mesma receita, à base de clara de ovo em neve com açúcar branco, pode ser um auxílio à renda daquele jovem que os comercializa em pacotes de 4 reais no semáforo da Ribeira, ou um item muito sofisticado e gourmetizado na confeitaria atual.

De origem Italiana e espanhola, consolidado também na França e Suíça de séculos atrás, o doce possui até hoje diferentes versões e técnicas, dependendo da origem e finalidade da aplicação. O italiano é mais macio, o francês mais duro e o suíço mais mole. Apesar de poucos ingredientes, seu preparo exige técnica e bastante atualização, considerando que este item da confeitaria anda bastante valorizado.

Chef confeiteira cearense Priscila Cantinho é autora do Livro dos Suspiro e dirige suspiraria em Fortaleza. Foto: Instagram

Chef confeiteira cearense Priscila Cantinho é autora do Livro dos Suspiro e dirige suspiraria em Fortaleza. Foto: Instagram

Aqueles que se sentem avançados nesta área poderão aperfeiçoar-se ainda mais com a chef cearense Priscila Cantinho, especialista em modelagem de suspiros e merengues gourmets e proprietária de uma “Suspiraria”. Ela estará em Natal na próxima quarta-feira (19), como convidada da Eloi Chaves Distribuidora, para ministrar um curso sobre o tema. O horário é das 9h às 17h30 e o investimento é  R$ 300. Contato pelo tel.: 3212-1412.

Priscila também aproveita a passagem para lançar sua publicação “O Livro dos Suspiros”, com técnicas de preparo e modelagem e as novas tendências.

WhatsApp Image 2018-09-16 at 22

A chef e confeiteira vai apresentar receitas como Suspiro Cookie Recheado (Meringue Cookie), Merengue Suiço e Suspiros recheados no transfer sugar Stamp, Suspiros Fit e Diet, Suspiros Temáticos (Unicórnio, Suspiros da Páscoa, Cenoura modelada e recheada, Coelhinho modelado e recheado, Abacaxis, Flamingos, Melancias recheadas, Natalinos – Papai Noel) e Cúpula de morango.

 

Semana da cozinha potiguar no RJ teve camarão com castanha de caju, moqueca de carne de sol e Torta Presidente

17 de setembro de 2018 por Cinthia Lopes

O Senac RN realizou na semana passada (12 e 13) mais uma edição da semana da culinária potiguar no Rio de Janeiro.  O menu foi servido no no espaço Senac Downtown Rio, para clientes do Restaurante-escola.

Camarão com tapioca e leite de castanha de caju. Foto Alexandre Brum

Camarão com tapioca e leite de castanha de caju. Foto Alexandre Brum

Com o tema “Ser Tão Potiguar”, os chefs do Rio Grande do Norte, Elizabeth Assunção e Angelo Madeiros, desenvolveram cardápio a partir de alguns ícones locais, como o camarão, principal ingrediente do menu.  O crustáceo foi preparado ao creme de tapioca e leite de castanha de caju.

A moqueca é um prato caiçara, mas aqui ganhou uma versão sertaneja, com carne de sol. Foto Alexandre Brum

A moqueca é um prato caiçara, mas aqui ganhou uma versão sertaneja, com carne de sol. Foto Alexandre Brum

Outro prato servido foi a moqueca de carne de sol, em uma releitura da moqueca de peixe utilizando a carne salgada típica do sertão nordestino.

Entre as sobremesas, a famosa e quase rara Torta Presidente,  cuja receita é composta de discos finos de massa delicada de bolo com goiaba, doce de leite e chocolate. A receita encantou os cariocas, informam os chefs.

Aliás, a receita dessa torta eu já publiquei no blog e também no caderno Fim de Semana. Para quem quiser, a receita está neste link aqui 

Chefs convocados e equipe do restaurante escola Downtown Rio

Chefs convocados e equipe do restaurante escola Downtown Rio

E MAIS

A programação do Senac no Rio ainda contemplou também uma aula-show, onde foi abordada a importância da valorização dos ingredientes regionais, ocasião em que os chefs apresentaram duas receitas que integraram o cardápio do evento. O objetivo da atividade é qualificar outros profissionais e difundir a cultura gastronômica potiguar.

 

 

Lançamento do livro “Comida da Terra” terá jantar à moda de Cascudo

6 de agosto de 2018 por Cinthia Lopes

comida da terraSerá lançado no dia 16 de agosto o livro “Comida da Terra – Notas obre o Sistema Alimentar do Seridó” (editora Sebo Vermelho). Trata-se de uma publicação para aqueles que se interessam pela origem dos alimentos e o contexto histórico de seus processos de produção, ou seja, o que ele foi e como hoje se apresenta.

A obra destaca o estilo de alimentação seridoense, que é base para nossa cultura gastronômica através de estudos de alguns grandes antropólogos e pesquisadores, entre Julie Cavignac, Muirakytan de Macêdo, Danycelle Silva e Maria Isabel Dantas.

O lançamento faz parte de uma programação alusiva aos 50 anos da obra monumental História da Alimentação no Brasil, de Luís da Câmara Cascudo e tem parceria com o Museu Câmara Cascudo.  Será às 18h30 no Restaurante 294, com direito a jantar após o lançamento.

Quem não se interessar em participar da palestra, poderá conferir o jantar logo após o lançamento: “Na Mesa com Cascudo – Jantar a la Cascudo”, às 19h30, mediante adesão de 50 reais, com vagas limitadas. A reserva deve ser feita até dia 14.

As inscrições estão abertas (SIGAA)
Mais informações: https://www.facebook.com/events/237146387111067/

ONDE
RESTAURANTE 294
Avenida Deodoro da Fonseca 294, Natal,