Série História da Alimentação no Brasil estreia dia 6 de novembro

23 de outubro de 2017 por Cinthia Lopes

Comentários 0

Mandioca, a Rainha do Brasil é tema do primeiro episódio

Mandioca, a Rainha do Brasil é tema do primeiro episódio

Após um ano e meio de produção, pesquisas e viagens pelo Brasil e Portugal, estreia no dia 6 de novembro a série documental “História da Alimentação no Brasil”, inspirada na obra homônima de Luís da Câmara Cascudo. Realizada pela Heco Produções, com direção do produtor e cineasta Eugênio Puppo, a série faz uma redescoberta das raízes alimentares do Brasil, a partir da pesquisa do folclorista e etnólogo norte-riograndense. A exibição será no canal CineBrasil TV, sempre às 21h30. E terá capítulos de segunda a sexta-feira, na mesma faixa de horário.

O livro História da Alimentação no Brasil é uma obra de fôlego que registra aspectos históricos e sociológicos da culinária matriz do Brasil. Cascudo fez um levantamento das tradições alimentares brasileiras, fruto da miscigenação entre povos originários do Brasil, da população africana escravizada e dos portugueses. A obra foi lançada pela primeira vez em 1967 e continua em alta nas prateleiras, sempre reeditada pela Editora Global, responsável pelas obras cascudianas.

Já o documentário terá 13 episódios de 30 minutos e segue os caminhos percorridos por Cascudo. Ele viajou entre 1943 a 1962 por vários estados brasileiros e também visitou países da África para entender e registrar as origens de nossa dieta e nossos pratos.

As locações incluem cidades brasileiras – Bahia, Pará, Maranhão, vários municípios do Rio Grande do Norte, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Pernambuco -, e 11 cidades portuguesas, dentre elas Lisboa, Porto, Évora e Mirandela, retratando desde a doçaria traducional (como os pastéis de Tentúgal), às Tripas à moda do Porto e os Cuscos transmontanos.

A série traz depoimentos de diversos personagens brasileiros, chefs, artistas, estudiosos e personagens anônimos de diversas regiões do Brasil e de Portugal. A seleção de entrevistados inclui Carlos Alberto Dória (sociólogo), Mara Salles (chef), Ana Luiza Trajano (chef), Alberto da Costa e Silva (historiador), Chico César (cantor), José Avillez (chef) e alguns chefs potiguares, como Adriana Lucena.

Além do material original, a série utiliza material de arquivo, com longas e curtas-metragens de Humberto Mauro, um dos maiores documentaristas sobre o tema, Heinz Forthmann, Caravana Farkas, e obras do acervo do Instituto Câmara Cascudo, CTAV, Museu do Índio, Cinemateca Portuguesa, Câmara Municipal de Lisboa e acervos particulares.

Episódio 1: Mandioca, a Rainha do Brasil

A Rainha do Brasil, mostra a mandioca, um dos primeiros alimentos citados nos registros portugueses, como um ingrediente essencial. Um narrador pontua os episódios com informações históricas na forma de trechos breves do livro e as cenas são entremeadas por imagens de feiras brasileiras icônicas, preparação de pratos, reproduções de livros, pinturas, trabalhos artísticos e fotos antigas.

Veja trailer

Fonte: Assessoria/Heco Produções

Faça um comentário

Comentários e pings estão fechados no momento.

Os comentários estão fechados.