Arquivos da categoria ‘Alta gastronomia’

Almoço temático homenageia gastronomia do passado e revisita cozinha do Granada Bar, de 1950

17 de setembro de 2018

A história da gastronomia moderna em Natal contempla alguns espaços clássicos na memória do natalense. O Granada Bar e Confeitaria era um deles. A casa foi fundada pelo restauranteur espanhol Nemésio Morquecho Marina em 1954, e funcionou em um casarão no início da av. Rio Branco, próximo da antiga escola Técnica do RN. Foi um marco para a época e consolidou o negócio do comerciante espanhol, que mais tarde fundaria um novo restaurante em outro ponto comercial, de proposta mais elegante: o Nemésio Restaurante, que funcionou no Tirol de 1986 a 2005, fechou por alguns anos e reabriu em 2012 sob o comando do filho Pio Morquecho.

Com suas tapas e paellas, o Granada, assim como o Nemésio, foram fundamentais na formação do paladar e da cozinha natalense, difundindo hábitos e novas receitas de frutos do mar nas mesas locais.

Paella do Nemésio é receita da família. Foto Arquivo TN/Frank Marcone

Paella do Nemésio é receita da família. Foto Arquivo TN/Frank Marcone

Para homenagear o pioneiro da culinária espanhola em terras potiguares, a chef Adriana Lucena dá sequência aos encontros temáticos com o almoço Granada, na próxima quinta-feira, 12h, no espaço na Galeria B-612, da rua Doutor Barata, Ribeira.

O menu terá como prato principal a Paella. Serão servidas as entradas Casquinho de caranguejo e salada de lagosta, além da sobremesa sorvete surpresa. O valor é R$ 105,00 por pessoa e as reservas podem ser feitas até terça-feira (18), pelo telefone 99670-3351.

Raíza Costa, a Rainha da Cocada e sua Confeitaria Escalafobética

30 de dezembro de 2017

cozinhaA confeiteira Raíza Costa ficou conhecida do telespectadores brasileiros por conta de seu programa Rainha da Cocada, exibido no canal GNT. O bom humor e o exagero não escondem seu grande conhecimento sobre a confeitaria clássica e avançada. Formada pela French Culinary Institute de Nova York, a chef confeiteira também possui um canal on-line bastante visitado por fãs e profissionais, além de prestigiado por nomes renomados, o Dulce Delight. Não são raros os elogios de top chefs internacionais como Gordon Ramsay, que falou sobre ela na edição estadunidense do Masterchef. Muitos dos segredos de sua doceria ela colocou no livro “Confeitaria Escalafobética – sobremesas explicadas tim-tim por tim-tim”, lançado no finalzinho do ano, pela Editora Senac.

A obra vem recheada de dicas interessantes, como a receita de corantes naturais,raiza cream cheese e Nutella caseira. Também lista utensílios fundamentais para a confeitaria e receitas básicas e complexas, com bastante conhecimento ‘de causa’. A confeiteira também privilegia bastante a fotografia, já que fez até curso nessa área.

Eis a sinopse do livro via editora Senac
“Apaixonada pela confeitaria e suas técnicas verdadeiras, obcecada pelas mídias e, acima de tudo, glutona, Raiza Costa criou o Dulce Delight em 2010, o primeiro canal on-line dedicado à confeitaria, antes mesmo de ser formada pelo French Culinary Institute de Nova York. Sua direção de arte, irreverência e humor renderam milhares de visualizações para o canal, que se tornou referência e se estendeu para um programa diário no GNT, o Rainha da Cocada. Com um pé no vintage e outro na inovação, Raiza mistura tecnologia e funcionalidade com elementos decorativos que muitas vezes lembram a casa aconchegante de uma avó querida, mas sem perder a sua espontaneidade nem os códigos contemporâneos. Neste livro, você encontra receitas exclusivas e também as de maior sucesso da chef, sempre acompanhadas de importantes dicas que fazem a diferença. Nele, são ensinadas técnicas de confeitaria avançadas para seu séquito de fãs , de um jeito simples e divertido, com receitas que refletem um grande respeito pelas técnicas tradicionais francesas.”

La Brasserie de La Mer abrirá suas portas para a Ceia de Natal, com cardápio assinado pelo chef francês Erick Jacquin

22 de dezembro de 2017
Chef Jacquin assina menu da ceia natalina no La Brasserie de la mer

Chef Jacquin assina menu da ceia natalina no La Brasserie de la mer

O autêntico restaurante francês La Brasserie de La Mer, localizado no Hotel Majestic, em Ponta Negra, abrirá suas portas na noite deste domingo 24, véspera de Natal, para a Ceia Natalina, com cardápio assinado pelo chef Erick Jacquin, o mais premiado chef francês em atividade no Brasil.

Para a Ceia de Natal, Jacquin elaborou um cardápio especial, composto por um “Menu Degustação”. Será um Menu em seis etapas, com delícias como Ravióli de camarão, emulsão de avocado e espuma de limão siciliano; Vieiras com pupunha e salada verde; peixe branco com migas de pão e creme de espinafre; Balantine de peru com purê de batatas, além de Carré de cordeiro com risoto de castanha e sobremesa.

Disponibilizando um ambiente elegante e confortável, a equipe do La Brasserie de La Mer estará toda mobilizada para que os convidados possam desfrutar de um serviço impecável e de momentos agradáveis ao longo do jantar natalino. As reservas para a noite de Natal podem ser feitas através do fone (84) 3642 7007.

Veja os vencedores do Circuito Gourmet Potigás

22 de dezembro de 2017
Equipe do Le Soleil, vencedor do júri técnico

Equipe do Le Soleil, vencedor do júri técnico

As criações dos chefs que encantaram os natalenses durante o Circuito Gourmet Potigás receberam na tarde de quarta-feira, 20, as premiações concedidas através do voto do júri técnico, composto por gastrólogos e convidados ligados à área da gastronomia, e também do público em geral. Os restaurantes foram agraciados com uma placa alusiva de reconhecimento pela participação no evento. O Circuito Gourmet Potigás foi realizado entre os dias 23 de novembro e 02 de dezembro.

Foram premiados os chefs Luis Paiva, do restaurante Le Soleil do Ocean Palace, que teve mais votos do júri técnico, e Marina Pantoja, do Flor de Sálvia, mais votada pelo público em geral. Eles foram premiados na categoria “Melhor Menu Celebração”, composto de entrada, prato principal e sobremesa.

Além do “Melhor Menu Celebração”, o Circuito Gourmet Potigás também escolheu os melhores pratos. Confira o ranking. Melhor entrada: Sunrise Coffe Shop, Flor de Sálvia e Le Soleil. Prato principal: Le Soleil, Freddy’s e Temaki Lounge. Sobremesa: Le Soleil, Flor de Sálvia e Temaki Lounge.

 

Cozinha natalina será tema do Circuito Gastronômico de Natal

12 de dezembro de 2017
Peru natalino do Nick Buffet. Foto: Arquivo Tribuna do Norte

Peru natalino do Nick Buffet. Foto: Arquivo Tribuna do Norte

A ceia natalina é a ocasião na qual as pessoas colocam à prova as receitas mais tradicionais da família, anotadas em caderninhos antigos que atravessam gerações sem deixar o círculo íntimo. É no Natal que o alimento vai à mesa decorado com amor: do arroz enfeitado à rabanada ; ou do pernil de cordeiro assado ao peru recheado e colorido com fios de ovos, uvas, ameixas e castanhas de caju torradas. Sem falar no queijo do reino, o bacalhau ensopado, o salpicão colorido.

Na Cozinha Show, Adriana Lucena fará palestra sobre tradição natalina no Nordeste. Foto: Rogério vital

Na Cozinha Show, Adriana Lucena fará palestra sobre tradição natalina no Nordeste. Foto: Rogério vital

Costumes, influências e várias receitas disseminadas nas mesas de fim de ano do Seridó ao litoral potiguar, vão estar em evidência no Circuito Gastronômico de Natal, que acontecerá de 14 a 17 de dezembro na praça Pedro Velho (Praça Cívica), zona Leste da cidade. Aberto ao público, o evento contará com pavilhão de comidinhas e restaurantes, Cozinha Show com as oficinas, palestras e encontros de famílias, além de apresentações de música e teatro e bate-papos literários. O Circuito integra o calendário do Natal em Natal e conta com patrocínios da Prefeitura de Natal e Banco do Brasil por meio da Lei Djalma Maranhão.

Chef François Schmmit fará oficina na sexta-feira. Foto: Rogério vital

Chef François Schmmit fará oficina na sexta-feira. Foto: Rogério vital

RECEITAS DE FAMÍLIAS

A Cozinha Show vai receber em sua bancada algumas famílias natalenses que valorizam a gastronomia em seu ambiente familiar, como tradição ou negócio. As famílias de Ignez Motta de Andrade, Mara Veras e convidados (numa homenagem a saudosa chef Gláucia Veras) e a família Galindo participarão preparando pratos tradicionais famosos em suas mesas de fim de ano. Também farão oficinas os chefs François Schmmit, Joelson Leite (Lótus Japonese), Rodrigo Santana (Senac-RN), Thiago Gomes e chef pesquisadora Adriana Lucena, que falará sobre a tradição do natal no Nordeste.

Convidada do festival, chef Irina Cordeiro estará na Cozinha Show no sábado. Foto: Arquivo

Convidada do festival, chef Irina Cordeiro estará na Cozinha Show no sábado. Foto: Arquivo

Outro nome confirmado para realizar oficina é a chef Irina Cordeiro, terceiro lugar no programa Masterchef Brasil Profissionais. Irina falará sobre sua cozinha Praiana Tropical. A data da oficina será no sábado, dia 16, na Cozinha Show.

Na praça gastronômica estarão os estabelecimentos Totoia Restaurante, Paçoca de Pilão, 294 Bar e Restaurante, Ombak de cozinha praiana, Delícias da Macaxeira, Mediterrâneo Buffet, Hamburgueria 84, Ed do Acarajé, Camarão Gourmet, entre outros.

Espetáculo Meu Seridó, peça de Felipe Miguez com Titina Medeiros, encerra o festival na praça Pedro Velho. Foto: Brunno Martins

Espetáculo Meu Seridó, peça de Felipe Miguez com Titina Medeiros, encerra o festival na praça Pedro Velho. Foto: Brunno Martins

ESPETÁCULO “MEU SERIDÓ”, ESPAÇO LITERÁRIO E BOA MÚSICA

A programação do Circuito Gastronômico vai além da culinária e abraça o movimento de ocupação das praças reunindo outros segmentos culturais, como a música, o teatro e atividades lúdicas para crianças.

Na quinta-feira (14) a programação cultural inicia com o Espaço Literário, onde autores vão conversar sobre literatura potiguar (18h). Em seguida se apresenta no coreto o Quarteto Instrumental Jazz e Blues (19h), fechando com show de Sueldo Soaress e banda (21h). O encerramento é 23h.

Na sexta-feira (15) a programação inicia com o Espaço Literário, logo após tem Bruno Alexandre e Leonardo Palhano no show “Especial Roberto Carlos”. Às 20h30 tem apresentação de Coco de Roda, logo depois Grupo de Samba Bom Malandro (21h). O encerramento é 23h30.

No sábado (16) o Espaço Literário recebe programação infantil com palhaço, oficina de Pintura Artística, escultura de balões e pernas de pau. Às 19h se apresenta o veterano cantor Liz Nôga. Às 21h tem show do grupo Al Hannah de dança do ventre e depois show da banda Revolver num especial Beatles e clássicos do rock.

O domingo (17) a programação começa às 17h no Espaço Literário, com apresentação de palhaço, oficina de Pintura Artística e escultura de balões e pernas de pau. Em seguida, o festival abre espaço para um dos mais elogiados espetáculos teatrais da temporada: “Meu Seridó”, peça idealizada pela ronamada atriz potiguar Titina Medeiros, com direção de César Ferrario, texto de Filipe Miguez (diretor da novela Cheia de Charme) e grande elenco.

O espetáculo é sobre o nascimento do sertão do Seridó, uma das regiões mais marcantes do nosso estado, com suas agruras e belezas. Com fortes questões norteadoras, o espetáculo reúne no elenco. Além de Titina Medeiros, Nara Kelly, Igor Fortunato, Caio Padilha – assinando também a trilha sonora – e Marcílio Amorim, ao lado da equipe uma árdua pesquisa histórica, conduzidos pela historiadora Leusa Araújo, através de imersões no próprio Seridó. Natural de Acari, Titina sonhou com esse espetáculo por anos, reunindo as suas vivências e coragem para retirar do próprio solo a história de vida de muitos sertanejos.

O domingo também contará com show instrumental de Sax – Joedson Silva, a chegada do Papai Noel às 19h30, após o espetáculo. O encerramento será com o show de Dani Cruz, a partir das 20h30.

Mesmo sem Irina, final entre Francisco e Pablo promete grandes emoções no “MasterChef Profissionais”

4 de dezembro de 2017

finalEla surpreendeu com sua leveza e personalidade carismática. Por isso a saída da chef potiguar Irina Cordeiro deixou os espectadores saudosos de sua alegria e sotaque. Houve até uma rebeldia dos fãs em querer deixar de acompanhar o programa. Mas o fato é que mesmo sem a presença especial da chef, a final da competição gastronômica promete não só aquecer as panelas. A disputa será com dois chefs que possuem uma formação semelhante, a meu ver com uma certa vantagem do “Paizão” – o chef tem um lastro mais sólido.

Nesta terça-feira (5), a partir das 22h30, os chefs Francisco Pinheiro e Pablo Oazen se enfrentam na grande final da segunda temporada do MasterChef Profissionais. Os dois cozinheiros terão de elaborar um menu degustação autoral de seis tempos: duas entradas, dois pratos principais e duas sobremesas. O menu deverá ser coerente como um todo e representar a essência de cada profissional.

O grande vencedor será anunciado ao vivo e ganhará uma conta na Caixa Econômica Federal recheada com R$ 200 mil, uma viagem pela companhia aérea Emirates para Dubai, nos Emirados Árabes, com hospedagem e direito a um acompanhante, um kit de produtos Tramontina e o troféu de MasterChef Profissional. Os dois finalistas também serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para compras com o cartão Carrefour.

O MasterChef Profissionais, formato da Endemol Shine-Group, é uma co-produção da Band com o Discovery Home & Health que vai ao ar todas as terças-feiras, às 22h30, na tela da Band com transmissão simultânea no aplicativo e no portal da emissora. O programa é reapresentado às sextas-feiras, às 19h20, e aos domingos, às 18h50, no Discovery Home & Health. Saiba mais sobre o programa em www.band.com.br/MasterChef e curta nossa página no Facebook https://www.facebook.com/bandtv. Siga também nosso Twitter (@bandtv) e Instagram (@band).

Site de viagens destaca restaurante natalense entre os 10 Melhores do Brasil

22 de outubro de 2017
Foto: Cinthia Lopes

Foto: Cinthia Lopes

É alta gastronomia, mas tem espaço para um menu acessível. A combinação cozinha francesa com toque de brasilidade deu ao La Brasserie de La Mer, restaurante do Hotel Majestic, o destaque no ranking “Traveller’s Choice Awards 2017”, organizado anualmente pelo TripAdvisor, o maior site de viagem do mundo.

O restaurante francês, que leva a grife do chef Erick Jacquin e tem a frente o chef Karin Gosson, foi avaliado entre os dez melhores restaurantes no Brasil, ao lado de nomes consagrados da gastronomia nacional, como o Voilà Bistrot (Pousada Caminho do Ouro / Paraty), o L’Etoile (Rio de Janeiro/RJ), o Restaurante Höppner (Gramado/RS), o Glouton (Belo Horizonte/BH), entre outros.

O ranking reúne os restaurantes sofisticados com as maiores notas de avaliação dadas pelos usuários, ranqueando-os de acordo com a preferência das pessoas.

Para Gosson, o restaurante tem como diferencial o fato de servir o melhor da gastronomia francesa, com um ligeiro toque de brasilidade, em um ambiente onde o estilo clássico europeu predomina. “Nossa intensão maior é dar glamour e sofisticação gastronômica para encantar à todos os apreciadores da alta gastronomia”, explica.

Chefs do Senac terão participação no Espaço Terroir do Sebrae

6 de outubro de 2017
Gabriela Monteleone, um dos maiores nomes da enogastronomia, virá novamente a convite do Senac. Foto: Kamilo Marinho

Gabriela Monteleone, um dos maiores nomes da enogastronomia, virá novamente a convite do Senac. Foto: Kamilo Marinho

Chefs instrutores do Senac RN estarão presentes no Espaço Terroir do Sebrae, montado durante a 55ª Festa do Boi 2017. O evento ocorrerá entre os dias 07 e 14, no Parque de Exposições Aristófanes Fernandes, em Parnamirim.

Na ocasião, Angelo Medeiros e Warison Albino ministrarão oficina sobre Queijos Artesanais de Manteiga e Coalho e terão participação, em conjunto com outros profissionais e alunos da entidade, nas capacitações ministradas por grandes nomes da gastronomia nacional e internacional.

A oficina dos queijos será dia 11 de outubro, com o tema “Cozinhando com os queijos artesanais do RN”.

É o caso do chef americano Dan Strogin, que vem ao estado falar sobre a importância do leite cru para fabricação de queijos brasileiros; e da sommelier paulista, Gabriela Monteleone, que fará uma oficina de harmonização de queijos, vinhos e cachaça.

No Espaço Terroir, serão realizadas exposição, degustação e harmonização de produtos, além de mais de 50 tipos de capacitações diferentes, entre palestras, oficinas e seminários, tratando dos sabores de diversas regiões brasileiras.

A Festa do Boi é o maior evento do setor agropecuário no Rio Grande do Norte. A expectativa é de um público de 400 mil visitantes e mais de R$ 50 milhões em negócios.

Para acompanhar a reportagem de hoje do caderno FDS, acesse AQUI

Alex Atala e outros especialistas internacionais realizam palestras no Espaço Terroir do Sebrae

3 de outubro de 2017

O Sebrae-RN vai aproveitar o maior evento voltado para cultura agropecuária no Rio Grande do Norte para promover uma imersão no segmento de alimentos com verdadeiro “terroir” potiguar. A entidade confirmou esta semana a presenta do chef e pesquisador Alex Atala para uma palestra durante a 55ª Festa do Boi. Também virá o chef e pesquisador americano Daniel Strongin, que pesquisa novos métodos da chamada “Nova era pós-pasteuriana”, voltada aos alimentos produzidos com leite cru.

Dono do sexto melhor restaurante do mundo, o mais estrelado chef brasileiro será uma das atrações do Espaço Terroir do Sebrae durante a feira. Sua fala acontece dia 12 de outubro e derá como tema ‘O Desenvolvimento da Gastronomia Brasileira com Uso de Produtos Terroir’. A Festa do Boi ocorre no período de 7 a 14 de outubro, no Parque de Exposições Aristófanes Fernandes, em Parnamirim.

O estrelado Alex Atala vira para falar sobre o desenvolvimento da gastronomia e o terroir. Foto Rubens Kato

O estrelado Alex Atala vira para falar sobre o desenvolvimento da gastronomia e o terroir. Foto Rubens Kato

Os produtos terroir [expressão francesa] são aqueles que expressam fielmente as caracteristicas do lugar onde foram produzidos. É o caso dos vinhos do Rio Grande do Sul, as castanhas do Acre e os queijos de coalho e de manteiga da região do Seridó, aqui, no Rio Grande do Norte. Alex Atala tem propriedade para tratar do assunto.

Além de ser dono do D.O.M, que é considerado o sexto melhor restaurante do mundo, do Dalva e Dito e do Riviera Bar, o chef é sócio do restaurante Bio, um estabelecimento que tem receitas com ingredientes subaproveitados pela maioria dos chefes. Um exemplo é o uso do caroço de abacate tostado em vez de nozes e cascas de manga desidratadas em saladas, granola e farofas.

Alex Atala criou esse o conceito Bio, cuja proposta principal é a utilização máxima dos alimentos com o mínimo de desperdício e elegeu fornecedores que têm características com o conceito terroir, um deles é o Empório Poitara, que comercializa produtos vindos da Amazônia. A palestra de Atala está programada para ocorrer às 18h , no feriado. O valor é de R$ 150 e as inscrições prévias podem ser feitas pelo 0800 570 0800.

Daniel Strongin tem pesquisa na área de queijos artesanais

Daniel Strongin tem pesquisa na área de queijos artesanais

Pesquisador Daniel Stengin e os queijos artesanais

O Espaço Terroir reserva outras capacitações com grandes nomes da gastronomia nacional e internacional. É o caso do chef americano Daniel Strongin que vem ao estado falar sobre a importância do leite cru para fabricação de queijos brasileiros, uma excelente oportunidade para aqueles produtores que têm queijarias artesanais. Daniel Strongin é autor do site EnjoyCheese e ex-presidente do American Cheese Society. Ele atua em pesquisa sobre a melhoria dos processos contínuos de fabricação de queijos, análise e quantificação dos riscos de fabricação e melhor harmonização com a natureza.

Raquel Novais já passou pelo Masterchef

Raquel Novais já passou pelo Masterchef

Oficinas com a chef Raquel Novais

Nacionalmente, estão confirmadas as presenças de especialistas renomados, como a chef mineira Raquel Novais, que participou da terceira edição do MasterChef Brasil. Ela participa de três oficinas gastronômicas no espaço montado pelo Sebrae: Camarões Orgânicos, Ostras Orgânicas e de Carnes e Queijos. A sommelière paulista Gabriela Monteleoni fará uma oficina de harmonização de queijos, vinhos e cachaça logo na noite de abertura do espaço.

Fabiano Gregório (direita) e o movimento Slow Food

Fabiano Gregório (direita) e o movimento Slow Food

Slow food com Fabiano Gregório

As capacitações atendem aos empreendedores de diversas áreas do setor de alimentação fora do lar. O chef catarinense Fabiano Gregório em falar sobre a influência do terroir na produção de alimentos seguindo os preceitos do movimento slow food. Já a barista mineira Paula Dolgheroff ministra uma oficina de métodos de preparos de café e outra sobre preparo de drinques com café. Para saber as datas, os horários, os valores e a grade completa de capacitações – grande parte delas gratuitas – basta acessar a página do Espaço Terroir na internet (www.rn.sebrae.com.br/terroir).

Cadeias produtivas de alimentos com Terroir do RN

Além das oficinas, a programação também terá palestras técnicas diárias, seminários ( Cadeia produtiva do mel, Sertão Empreendedor, Aquicultura Potiguar, Fogo e Carne e Indústria de Alimentos e Bebidas do RN).

Conhecer, degustar e comprar

Com o Espaço Terroir, o Sebrae pretende fazer uma viagem gastronômica para explorar os sabores do Brasil. No local, estarão em exposição, e também para degustação e comercialização, produtos de todas as regiões do Brasil que se destacam pela regionalidade e diferenciação, seja pelo elevado padrão de qualidade, identificação de origem (IG), valor agregado, certificação orgânica ou sustentabilidade. Essa é a proposta da Vitrine de produtos Terroir, que terá exposição de queijos artesanais, cachaças, camarões e ostras potiguares, cafés brasileiros.

Toda a estrutura do espaço empreendedor, com cerca de 3 mil metros quadrados, será voltada para os sabores da gastronomia brasileira. O espaço vai reunir produtores de diversas regiões, com exposição, degustação e venda de produtos que se destacam pela qualidade e valorização da cultura local.

Fonte: Sebrae-RN

Senac realiza aperfeiçoamento em confeitaria com chef alemão

23 de setembro de 2017
Confeitaria avançada

Confeitaria avançada

Profissionais do Senac no Rio Grande do Norte participaram, entre os dias 11 e 21 de setembro, de curso de aperfeiçoamento em Confeitaria Avançada, ministrado pelo mestre em panificação e especialista em confeitaria alemão, Johannes Dackweiler.

Resultado da parceria realizada entre o Sistema Fecomércio RN e o estado da Renânia-Palatinado, o treinamento teve 80h de duração e conteúdo voltado para atividades práticas, onde foram abordadas técnicas da confeitaria europeia.

Johannes Dackweiler trouxe técnicas sofisticadas da confeitaria clássica

Johannes Dackweiler trouxe técnicas sofisticadas da confeitaria clássica

O consultor de longo prazo da Câmara do Comércio da cidade alemã de Trier, Andreas Dohle, destacou que o principal objetivo desta iniciativa foi promover o intercâmbio de conhecimentos e a transferência de tecnologias, contribuindo com o desenvolvimento da gastronomia local.

“Este curso marcou oficialmente a inauguração do novo Laboratório de Panificação e Confeitaria do Senac, que foi instalado por meio de recursos oriundos da nossa exitosa parceria. Este espaço permitirá a formação e o aperfeiçoamento dos profissionais do Rio Grande do Norte”, afirmou.

Capacitação em confeitaria foi voltada para os docentes do Senac

Capacitação em confeitaria foi voltada para os docentes do Senac

Ao todo, o treinamento contou com 15 participantes. Além do Rio Grande do Norte, foram convidados profissionais do Senac oriundos de estados como Alagoas, Bahia, Ceará e Brasília. A Instituição também estendeu o convite ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai RN).

Professores do Senac e o confeiteiro alemão Johannes Dackweiler no encerramento do curso

Professores do Senac e o confeiteiro alemão Johannes Dackweiler no encerramento do curso

Para o especialista Johannes Dackweiler, os profissionais treinados podem diversificar o menu de qualquer estabelecimento e inovar na elaboração de receitas diferenciadas. “O Brasil possui uma rica variedade de frutas e sabores ainda pouco explorados pela confeitaria e que podem ser trabalhados como diferenciais, a partir união de técnicas da Europa à ingredientes locais”, destacou.

Curso trabalhou técnicas avançadas

Curso trabalhou técnicas avançadas

O diretor regional do Senac RN, Fernando Virgilio, afirmou que a parceria com o estado da Renânia-Palatinado é extremamente importante para a Instituição. “Estamos desenvolvendo várias ações que têm nos proporcionado ótimos resultados, com a criação de produtos educacionais inovadores para atender às demandas do nosso mercado”, destacou.