Arquivos da categoria ‘Cozinha afetiva’

Chef realiza oficina ‘Como montar uma mesa de café e receber em grande estilo’ na Galeria B612

8 de maio de 2019

Antes de pegar estrada para a Expedição Caatinga, que levará pessoas interessadas em uma imersão na culinária de Cerro Corá e região, a chef pesquisadora Adriana Lucena realiza em Natal uma oficina super legal para quem gosta de mesa farta ao estilo café nordestino.

Galeria B612 é espaço de arte e cultura na Ribeira. Foto Tribuna do Norte

Galeria B612 é espaço de arte e cultura na Ribeira. Foto Tribuna do Norte

“Como montar uma mesa de café e receber em grande estilo”será realizada nesta sexta-feira, dia 10, das 14h às 17h, no café na belíssima Galeria de Arte B612, localizada na rua Dr Barata, Ribeira. A galeria é um dos locais mais cheios de arte e história da cidade. Reservas pelo Tel.: 99670 3351. Investimento é de R$ 59,00.

Almoço temático homenageia gastronomia do passado e revisita cozinha do Granada Bar, de 1950

17 de setembro de 2018

A história da gastronomia moderna em Natal contempla alguns espaços clássicos na memória do natalense. O Granada Bar e Confeitaria era um deles. A casa foi fundada pelo restauranteur espanhol Nemésio Morquecho Marina em 1954, e funcionou em um casarão no início da av. Rio Branco, próximo da antiga escola Técnica do RN. Foi um marco para a época e consolidou o negócio do comerciante espanhol, que mais tarde fundaria um novo restaurante em outro ponto comercial, de proposta mais elegante: o Nemésio Restaurante, que funcionou no Tirol de 1986 a 2005, fechou por alguns anos e reabriu em 2012 sob o comando do filho Pio Morquecho.

Com suas tapas e paellas, o Granada, assim como o Nemésio, foram fundamentais na formação do paladar e da cozinha natalense, difundindo hábitos e novas receitas de frutos do mar nas mesas locais.

Paella do Nemésio é receita da família. Foto Arquivo TN/Frank Marcone

Paella do Nemésio é receita da família. Foto Arquivo TN/Frank Marcone

Para homenagear o pioneiro da culinária espanhola em terras potiguares, a chef Adriana Lucena dá sequência aos encontros temáticos com o almoço Granada, na próxima quinta-feira, 12h, no espaço na Galeria B-612, da rua Doutor Barata, Ribeira.

O menu terá como prato principal a Paella. Serão servidas as entradas Casquinho de caranguejo e salada de lagosta, além da sobremesa sorvete surpresa. O valor é R$ 105,00 por pessoa e as reservas podem ser feitas até terça-feira (18), pelo telefone 99670-3351.

Suspiro gourmet é tema de curso com Priscila Cantinho, na Eloi Chaves

17 de setembro de 2018
Criações da chef Priscila Cantinho serão preparadas na oficina. Foto Instagram

Criações da chef Priscila Cantinho serão preparadas na oficina. Foto Instagram

Símbolo de afeto, doçura e delicadeza, o suspiro é o doce que mais nos conecta à infância e aos nossos familiares. Sem esquecer o tanto que ele é democrático. A mesma receita, à base de clara de ovo em neve com açúcar branco, pode ser um auxílio à renda daquele jovem que os comercializa em pacotes de 4 reais no semáforo da Ribeira, ou um item muito sofisticado e gourmetizado na confeitaria atual.

De origem Italiana e espanhola, consolidado também na França e Suíça de séculos atrás, o doce possui até hoje diferentes versões e técnicas, dependendo da origem e finalidade da aplicação. O italiano é mais macio, o francês mais duro e o suíço mais mole. Apesar de poucos ingredientes, seu preparo exige técnica e bastante atualização, considerando que este item da confeitaria anda bastante valorizado.

Chef confeiteira cearense Priscila Cantinho é autora do Livro dos Suspiro e dirige suspiraria em Fortaleza. Foto: Instagram

Chef confeiteira cearense Priscila Cantinho é autora do Livro dos Suspiro e dirige suspiraria em Fortaleza. Foto: Instagram

Aqueles que se sentem avançados nesta área poderão aperfeiçoar-se ainda mais com a chef cearense Priscila Cantinho, especialista em modelagem de suspiros e merengues gourmets e proprietária de uma “Suspiraria”. Ela estará em Natal na próxima quarta-feira (19), como convidada da Eloi Chaves Distribuidora, para ministrar um curso sobre o tema. O horário é das 9h às 17h30 e o investimento é  R$ 300. Contato pelo tel.: 3212-1412.

Priscila também aproveita a passagem para lançar sua publicação “O Livro dos Suspiros”, com técnicas de preparo e modelagem e as novas tendências.

WhatsApp Image 2018-09-16 at 22

A chef e confeiteira vai apresentar receitas como Suspiro Cookie Recheado (Meringue Cookie), Merengue Suiço e Suspiros recheados no transfer sugar Stamp, Suspiros Fit e Diet, Suspiros Temáticos (Unicórnio, Suspiros da Páscoa, Cenoura modelada e recheada, Coelhinho modelado e recheado, Abacaxis, Flamingos, Melancias recheadas, Natalinos – Papai Noel) e Cúpula de morango.

 

Concurso gastronômico do Natal Fest Gourmet/Senac será com receita gravada em celular

10 de outubro de 2017

Prepare sua receita preferida e faça um filme dela. Essa é a ideia do I Concurso Popular de Gastronomia promovido pelo Natal Fest Gourmet, em parceria com o Senac-RN. O festival acontece de 2 a 4 de novembro, na praça Augusto Severo, Ribeira, no entorno do Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão. Nesse local terá vários restaurantes, praça, shows e uma cozinha ao vivo.

Cozinha do Senac vai receber os semifinalistas

Cozinha do Senac vai receber os semifinalistas

O concurso tem início antes, com o envio das receitas. O objetivo do festival é incentivar a criatividade culinária e integrar a população aos projetos voltados para valorização da cozinha potiguar. Para o Senac-RN, é também a possibilidade de revelar novos talentos interessados em se profissionalizar. O mais legal dessa seletiva é ser democrática e não exigir currículo anterior de ninguém.

Qualquer pessoa pode participar com receitas variadas – desde algo muito tradicional que ninguém mais sabe fazer, até pratos mais elaborados. O regulamento e o endereço de envio das receitas serão divulgados na mídia e nas redes sociais do Senac (Acompanhe no Link) e do Natal Fest Gourmet (AQUI).

Basta gravar o passo a passo da sua receita no celular, em um vídeo de no máximo 5 minutos. O vídeo será enviado para a equipe de curadores do SENAC-RN .

Segundo me adiantou um dos consultores do projeto, a seletiva vai escolher até 30 melhores receitas para a segunda etapa. O desafio presencial com os autores das melhores receitas ocorrerá na Cozinha Experimental do Senac, localizada na unidade da Cidade Alta.

Dessa seletiva sairão os 4 finalistas que deverão cozinhar ao vivo, simultaneamente, durante o festival na cozinha da Arena Senac de Gastronomia. A premiação será revertida em cursos de formação na Escola Senac, para aperfeiçoamento profissional.

Legal né? Pois smartphone em mãos, vamos cozinhar !

Festival da Pipa apresenta de experiências e ingredientes do litoral potiguar à cultura alimentar indígena do MS

20 de setembro de 2017

Duas coisas a praia da Pipa tem de sobra: as belezas naturais e a boa mesa. São diversas opções gastronômicas, variada opção de hoteis e pousadas charmosas e também da cozinha praieira tradicional. Outra característica é ter restaurantes, bistrôs, e até padarias comandados por cozinheiros viajados e experientes. Agora imagine todo esse conjunto de fatores fervilhando de novidades durante duas semanas do mês de setembro? pois é assim no período Festival Cultural e Gastronômico da Pipa.

pescada do chapadão do Lampiao restaurante editada

O projeto está em atividade há 13 anos e é promovido pela OnG Educa Pipa, uma entidade que procura fortalecer projetos de gastronomia e inclusão. O festival é idealizado por Cláudio Freitas e André Rockert, mas Claudio está afastado temporariamente por ter sofrido um AVC (Acidente Vascular Cerebral) no início deste ano.

Seus esforços, porém, não foram em vão. O Festival cresceu e este ano ganhou até o I Simpósio Gastronômico da Pipa, realizado em maio. Já a edição que começa sexta-feira 22, conta com investimentos privados e também recursos oriundos da Lei de Incentivo à Cultura Câmara Cascudo, bem como as parcerias e apoios culturais. A edição tem patrocínio do Café São Braz, Sebrae-RN, Hotel Pipa Atlântico, SENAC/Fecomércio, Gourmet Expert powered by Portulogia, Goma Sinhá Maria/ Primícias do Brasil, CTSI e Makro. A realização é do Festival da Pipa e ong Educapipa e co-realização do Governo Cidadão via Banco Mundial, através da Setur – Secretaria Estadual de Turismo e Governo do RN e da Prefeitura de Tibau do Sul.

receituario do chef timoteo com vegetais da caatinga

“Descoberta dos sabores”
O tema desta edição vai partir do litoral e percorrer o sertão lá pra dentro da Caatinga, passando pelo Seridó. Também cabem outros brasis, com a cozinha pantaneira, a experiência da culinária indígena do Centro-oeste e os assados na brasa.

O jovem chef sergipano Timóteo Domingos vai apresentar sua revolucionária “Gastrotinga”, onde ele utiliza palma, fruta pêlo, xique-xique, umbu, mandacaru e outras espécies de cactáceos na preparação de diversos pratos e sobremesas. O “Chef do Sertão”, como é conhecido, vai estar na “Vila dos Chefs”. Também na “Vila” estarão várias duplas cozinhando para degustação do público: Carla Correia (ex-participante do Masterchef Brasil) e Angelo Medeiros (Chef Senac); Warison Albino (Senac) e Miau Caldas (PE); Jonatã Canela (Chef Senac)  e Timoteo Domingos (Gastrotinga) ; Felipe Araújo e Mariana Assayag.

Kalymaracaya Mendes editada

O festival recebe a primeira chef indígena do Brasil, Kalymaracaya Mendes Nogueira, da Aldeia Bananal. Ela nasceu na tribo Terena e se mudou de Aquidauana para Campo Grande durante a infância. Depois de se formar em turismo e gastronomia, decidiu trabalhar com ingredientes cultivados em sua aldeia. Desde 2014, atua no movimento Slow Food, além de ter participado de um projeto de pesquisas para o Instituto Paulo Machado, com pimentas crioulas das índias Terena. O tema da oficina é “Nossa tribo, nossos valores, nossa comida”, marcada para dia 30, às 20h.

O chef, pesquisador e empreendedor Paulo Machado, de Mato-Grosso do Sul, retorna a Pipa. Ele é uma espécie de consultor honorário do festival e será o responsável pelo preparo do “Caribéu” no Tacho beneficente ao lado da chef Ana Ruth, uma tradição na abertura do festival, sexta-feira (22), às 20h. toda a renda será revertida ao Projeto Afeto.

ostras da aproostras RN

“Ostras e Queijos”
O Sebrae-RN convoca a Associação dos Produtores de Ostras do Rio Grande do Norte para um festival dentro do festival. Nossos frutos do mar também serão a matéria-prima para a cozinha Nikkei do chef Edu Rejala, Sem falar da presença dos queijos artesanais produzidos em Seridó, agora que o Rio Grande do Norte possui uma legislação que garante seu legado. Também convidada do festival, a chef Paula Labaki (foto abaixo) estará em torno do fogo, mostrando os sabores que vem da brasa. O “Embaixador da cozinha paraibana”, chef Cumpade João estará ministrando uma oficina utilizando ingredientes da sua terra. As oficinas também dedicam espaço para pães artesanais, o melhor feijão e a doceria a base de coco, bastante presente no receituário familiar da praia.

codorna recheada a cozinha de Paula Labaki e seus assados editada

O concurso dos Novos Talentos terá como tema a “Tapioca – A descoberta do sabor no Nordeste”, onde participam 12 duplas de chefs criando pratos com goma ou tapioca. Sem falar nos dois festins programados para a Ponta do Madeiro e Toca da Coruja.

“Inclusão, gastronomia e neurociência”
Outros temas serão trabalhados como a inclusão, neurociência, terapia e ludicidade na cozinha. Uma das vivências mais aguardadas é a “Oficina Inclusiva: A Vida e Seus Sabores”, ação voltada para pessoas que sofreram AVC (Acidente Vascular Cerebral) e seus familiares, tendo a gastronomia como elemento terapêutico. O assunto volta a ser abordado na palestra ”Sabor da Mente: O uso da neurociência na gastronomia”, ministrada pela psicóloga Carla Correia.

“Concursos e Vilas”
Montado em uma estrutura maior, no terreno vizinho ao estacionamento dos ônibus, o festival será dividido em “Vilas” que receberão ações simultâneas. No Concurso Gastronômico participam os melhores restaurantes, bares, bistrôs e cafés do balneário. Ao longo da semana serão realizadas as etapas do concurso Novos Talentos, com participação de 12 duplas. Ena última semana ainda acontece o divertido concurso Melhor Feijão da Pipa, para cozinha familiar. O Festival também terá cozinha ao vivo, feira gastronômica, shows musicais, encenações de teatro e mostra de artesanato.

PROGRAMAÇÃO ARENA GASTRONÔMICA 2017
22/09 – SEXTA-FEIRA
18:00 – Solenidade de Abertura
18:30 – Caribéu – Tacho Beneficente preparado pelos Chefs Paulo Machado e Ana Ruth com renda revertida ao Projeto Afeto
19:00 – SEBRAE- RN apresenta a APROOSTRAS (Associação dos Produtores de Ostras do Rio Grande do Norte)
20:30 – Sabor da Mente: O uso da Neurociência na Gastronomia com a Psicóloga Carla Correia
FESTIM – Restaurante Oca Toca na Toca da Coruja

23/09 – SÁBADO
15:30 – Oficina Inclusiva: A Vida e Seus Sabores – Para pacientes que sofreram AVC e seus familiares – Coordenação chef Eugênio Cantídio
18:30 – Eufrates – Harmonização com Cervejas Especiais
19:30 – Os sabores que vem da Brasa com a Chef Paula Labaki
20:45 – São Braz apresenta o Barista Davi Wagner
21:45 – A Cozinha Nikkei de Edu Rejala

24/09 – DOMINGO
18:30 – Cozinha de Casa: Sabor, Saúde e Segurança por Profª Priscila Vanini e José Matheus (Novos Talentos 2016)
20:00 – Redescoberta de sabores nordestinos – Chef Thiago Gomes
21:30 – Cozinha Funcional Contemporânea – Chef Carol Linhares

25/09 – SEGUNDA-FEIRA – Concurso Novos Talentos – Entradas
18:00 – “Pão, Porco e PANC´s “ – Luiz Felipe Araújo e Neto Bernardino Gomes Neto
19:00 – “Gingado da Redinha” – Daniel Medeiros e Tadeu Rena Valente
20:00 – “Embrulhado de Tapioca Cremosa” – Jhonata Coelho Silva e Rodrigo José Martins
21:00 – “Surpresa Nordestina” – Shirley Bezerra Alves e Sammyr Balbino da Costa Oliveira
23:00 – Premiação

26/09 – TERÇA-FEIRA – Concurso Novos Talentos – Prato Principal
18:00 – “Rainha Branca das Feiras, com Cordeiro de Sol ao Molho da Terra” – Paulo José Silva Barbosa e João Alves da Costa Filho
19:00 – “Mistura de Ginga” – Luiz Felipe Araújo e Neto Bernardino Gomes Neto
20:00 – “Cordeiro Engomado” – Simone Grazyelle e Marcílio Cavalcante
21:00 – “Tabatinga” – Rayanne da Silva Araújo e Raquel Costa Lins do Amaral
23:00 – Premiação

27/09 – QUARTA-FEIRA – Concurso Novos Talentos – Sobremesa
18:00 – “Jardim de “MANI”” – Alexandre Daher Ferreira Sales e Cely dos Santos Correa
19:00 – “MANI’ – Jefferson Mikael Gomes da Cruz
20:00 – “Navegos” – Augusto Cesino Monteiro de Medeiros Neto e Thaline Rayane Reinaldo da Silva
21:00 – “Os Sete Pecados Originais” – Reynaldo Gorgonha Neves Junior e Eloysa Larissa de Souza Freitas
23:00 – Premiação

28/09 – QUINTA-FEIRA

18:30 – Help da Pipa Convida: A cozinheira famosa pelas cocadas e quitutes recebe um convidado
20:00 – “Uma Porção de Sucesso” com o Chef Betão Barbosa
21:30 – Concurso do Melhor feijão da Pipa

29/09 – SEXTA-FEIRA
18:30 – Descobrindo Sabores com SENAC RN
20:30 – SEBRAE apresenta queijos artesanais do Seridó
21:30 – Pães Artesanais com a gastróloga e padeira – Chef Luise Medeiros

FESTIM – No Hotel Ponta do Madeiro

30/09 – SÁBADO
18:30 – Novos sabores da cozinha regional com o Chef Cumpade João
20:00 – Nossa tribo, nossos valores, nossa comida – Chef Kalymaracaya Mendes
21:30 – Encerramento

‘Vila dos Chefs’ – Comidinhas preparadas por chefs, no local para degustar

Carla Correia (ex-participante do Masterchef Brasil) e Angelo Medeiros (Chef Senac)
Warison Albino (Senac) e Miau Caldas (PE)
Jonatã Canela (Chef Senac)
Timoteo Domingos (Gastrotinga)
Felipe Araújo
Mariana Assayag

PROGRAMAÇÃO NOS RESTAURANTES
Restaurantes, bares, bistrôs, lanchonetes e cafés participam do Concurso Gastronômico nas categorias Prato Principal, Entrada e Sobremesa. A votação é feita no restaurante visitado, através de um prisma, onde o cliente deverá utilizar o aplicativo para fazer a leitura do QRCode. Saiba mais no www.festivaldapipa.com.br

Receita que conta história: Costeleta de porco com chutney de Tomate

26 de julho de 2017

A Boa Lembrança é uma associação que reúne restaurantes de charme em todo o Brasil. Ela tem como filosofia oferecer ao visitante uma boa experiência gastronômica além da hospedagem. Entre os projetos da Boa Lembrança estão as publicações que trazem receitas autorais dos restaurantes associados.

Montagem do prato faz parte da receita: detalhe para a estrelinha de angu. Foto: Reprodução do livro

Montagem do prato faz parte da receita: detalhe para a estrelinha de angu. Foto: Reprodução do livro

Há alguns anos o Senac Rio publicou a edição “Tomate – Aromas e Sabores da Boa Lembrança”, dedicado exclusivamente ao vermelho e elegante fruto mais versátil da cozinha italiana e de tantas outras nacionalidades. A obra é assinada por Danusia Barbara com fotos de Sergio Pagano e apresenta pratos indicados pelos restaurantes associados. O livro tem bastante tempo que foi lançado, por isso é possível que a edição esteja esgotada. A receita que escolhi é “Costeleta de Porco com chutney de Tomate”. A receita é do restaurante Gosto com Gosto, de Visconde de Mauá.

“Costeleta de Porco com chutney de Tomate”

600 g de costeleta de porco (4 em média)
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1 limão
20ml de azeite de oliva (2 colh de sopa)

Para o chutney
400g de tomates maduros (4 unidades)
3 colheres de sopa de vinagre de maçã
6 colheres de sopa de açúcar
8 colheres de sopa de água
1 unidade pequena ou 30g de cebola triturada
10 grãos de pimenta rosa
Sal a gosto
5g ou ½ colher de sopa de gengibre
Raminhos de alecrim
60 gramas de manteiga (2 e ½ colheres de sopa)
4 colheres de sopa de água
10 colheres de sopa de açúcar
16 tomates-cerejas
Para o angu
200g de fubá
2 e ½ copos de água (ou 500 ml)
1 colher de chá de sal

Tempere as costeletas com sal, pimenta e limão e deixe marinando por 1hora.
Fritar no azeite de oliva quente, até dourarem completamente, pingando água para que cozinhem enquanto fritam (tome cuidado para não respingar). Reserve
Para o chutney: Retirar a pele dos tomates e picá-los em cubos pequenos, sem sementes. Reserve

Escorra completamente o azeite usado na fritura das costeletas e coloque açúcar , água e vinagre para caramelar em fogo baixo. Acrescente os cubos de tomate, a cebola, a pimenta rosa, sal e gengibre até os tomates se desmancharem completamente. Se preferir, bata no liquidificador. Reserve o chutney

Numa frigideira, colocar a manteiga, o açúcar, os tomates cerejas, a água, deixando cozinhar até reduzir. Reserve.

Para o Angu: Coloque a água para ferver com o sal. Molhar o fubá com água fria antes de dissolver na água quente, para não empelotar. Mexa bem. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por 15 minutos. Molhar as forminhas no formato que desejar e cobri-las com o angu. Reserve.

Montagem do prato
No centro do prato, colocar o chutney e, por cima, a costeleta. Em cada lado, arrumar um angu e entre eles 4 tomates-cerejas com um galho de alecrim, formando um cacho. Acrescentar mais um pouco de chutney por cima da costeleta, deixando cair um pouco do angu também.

Para acompanhar
A dica do sommelier da casa é servir este prato com um tinto que tenha taninos ainda vivos, como um cabernet Sauvignon da Califórnia, para domar a gordura do prato.