Arquivos da categoria ‘cozinha potiguar’

De festivais gastronômicos em praias paradisíacas

9 de maio de 2019

A Barra do Camaratuba, última faixa de praia do litoral paraibano que faz divisa com o Rio Grande do Norte, em breve será a rota de eventos gastronômicos reunindo chefs do RN e Paraíba. Quem dá pistas dessa história é Verlândia de Medeiros Morais, proprietária da Queijeira 504, que está engajada na programação.

Barra do Camarratuba fica no litoral sul da Paraíba, limites com o RN. Foto reprodução

Barra do Camarratuba fica no litoral sul da Paraíba, limites com o RN. Foto reprodução Felipe lima

A parceria deverá contar com a participação da apresentadora Nadia Bochi, conhecida pelas viagens gastronômicas ao lado do chef Jimmy num quadro do programa Mais Você, de Ana Maria Braga. Nadia inaugurou recentemente um empreendimento na região, a pousada Yemanjá Toré, e está em sintonia com pessoas da região, chefs e produtores da área. Está nos planos da equipe a realização de um festival gastronômico e outro de cinema em 2019. Vamos aguardar.

São Miguel do Gostoso deve receber festival em 2019. A imagem é um dos recantos tradicionais da praia, o Jack Sparrow

São Miguel do Gostoso deve receber festival em 2019. A imagem é um dos recantos tradicionais da praia, o Jack Sparrow

Do lado de cá, também deve sair do papel em 2019 0 primeiro festival gastronômico da bela e gastronômica São Miguel do Gostoso, litoral norte do RN. O Gostoso Fest Gourmet será braço itinerante do já consolitado Natal Fest Gorumet, evento realizado há dois anos pelo produtor e empresário Habib Chalita. O festival está em negociações para o segundo semestre. O formato terá oficinas gastronômicas e espaço dos restaurantes na praça.

Almoço temático homenageia gastronomia do passado e revisita cozinha do Granada Bar, de 1950

17 de setembro de 2018

A história da gastronomia moderna em Natal contempla alguns espaços clássicos na memória do natalense. O Granada Bar e Confeitaria era um deles. A casa foi fundada pelo restauranteur espanhol Nemésio Morquecho Marina em 1954, e funcionou em um casarão no início da av. Rio Branco, próximo da antiga escola Técnica do RN. Foi um marco para a época e consolidou o negócio do comerciante espanhol, que mais tarde fundaria um novo restaurante em outro ponto comercial, de proposta mais elegante: o Nemésio Restaurante, que funcionou no Tirol de 1986 a 2005, fechou por alguns anos e reabriu em 2012 sob o comando do filho Pio Morquecho.

Com suas tapas e paellas, o Granada, assim como o Nemésio, foram fundamentais na formação do paladar e da cozinha natalense, difundindo hábitos e novas receitas de frutos do mar nas mesas locais.

Paella do Nemésio é receita da família. Foto Arquivo TN/Frank Marcone

Paella do Nemésio é receita da família. Foto Arquivo TN/Frank Marcone

Para homenagear o pioneiro da culinária espanhola em terras potiguares, a chef Adriana Lucena dá sequência aos encontros temáticos com o almoço Granada, na próxima quinta-feira, 12h, no espaço na Galeria B-612, da rua Doutor Barata, Ribeira.

O menu terá como prato principal a Paella. Serão servidas as entradas Casquinho de caranguejo e salada de lagosta, além da sobremesa sorvete surpresa. O valor é R$ 105,00 por pessoa e as reservas podem ser feitas até terça-feira (18), pelo telefone 99670-3351.

Lançamento do livro “Comida da Terra” terá jantar à moda de Cascudo

6 de agosto de 2018

comida da terraSerá lançado no dia 16 de agosto o livro “Comida da Terra – Notas obre o Sistema Alimentar do Seridó” (editora Sebo Vermelho). Trata-se de uma publicação para aqueles que se interessam pela origem dos alimentos e o contexto histórico de seus processos de produção, ou seja, o que ele foi e como hoje se apresenta.

A obra destaca o estilo de alimentação seridoense, que é base para nossa cultura gastronômica através de estudos de alguns grandes antropólogos e pesquisadores, entre Julie Cavignac, Muirakytan de Macêdo, Danycelle Silva e Maria Isabel Dantas.

O lançamento faz parte de uma programação alusiva aos 50 anos da obra monumental História da Alimentação no Brasil, de Luís da Câmara Cascudo e tem parceria com o Museu Câmara Cascudo.  Será às 18h30 no Restaurante 294, com direito a jantar após o lançamento.

Quem não se interessar em participar da palestra, poderá conferir o jantar logo após o lançamento: “Na Mesa com Cascudo – Jantar a la Cascudo”, às 19h30, mediante adesão de 50 reais, com vagas limitadas. A reserva deve ser feita até dia 14.

As inscrições estão abertas (SIGAA)
Mais informações: https://www.facebook.com/events/237146387111067/

ONDE
RESTAURANTE 294
Avenida Deodoro da Fonseca 294, Natal,

Cozinha natalina será tema do Circuito Gastronômico de Natal

12 de dezembro de 2017
Peru natalino do Nick Buffet. Foto: Arquivo Tribuna do Norte

Peru natalino do Nick Buffet. Foto: Arquivo Tribuna do Norte

A ceia natalina é a ocasião na qual as pessoas colocam à prova as receitas mais tradicionais da família, anotadas em caderninhos antigos que atravessam gerações sem deixar o círculo íntimo. É no Natal que o alimento vai à mesa decorado com amor: do arroz enfeitado à rabanada ; ou do pernil de cordeiro assado ao peru recheado e colorido com fios de ovos, uvas, ameixas e castanhas de caju torradas. Sem falar no queijo do reino, o bacalhau ensopado, o salpicão colorido.

Na Cozinha Show, Adriana Lucena fará palestra sobre tradição natalina no Nordeste. Foto: Rogério vital

Na Cozinha Show, Adriana Lucena fará palestra sobre tradição natalina no Nordeste. Foto: Rogério vital

Costumes, influências e várias receitas disseminadas nas mesas de fim de ano do Seridó ao litoral potiguar, vão estar em evidência no Circuito Gastronômico de Natal, que acontecerá de 14 a 17 de dezembro na praça Pedro Velho (Praça Cívica), zona Leste da cidade. Aberto ao público, o evento contará com pavilhão de comidinhas e restaurantes, Cozinha Show com as oficinas, palestras e encontros de famílias, além de apresentações de música e teatro e bate-papos literários. O Circuito integra o calendário do Natal em Natal e conta com patrocínios da Prefeitura de Natal e Banco do Brasil por meio da Lei Djalma Maranhão.

Chef François Schmmit fará oficina na sexta-feira. Foto: Rogério vital

Chef François Schmmit fará oficina na sexta-feira. Foto: Rogério vital

RECEITAS DE FAMÍLIAS

A Cozinha Show vai receber em sua bancada algumas famílias natalenses que valorizam a gastronomia em seu ambiente familiar, como tradição ou negócio. As famílias de Ignez Motta de Andrade, Mara Veras e convidados (numa homenagem a saudosa chef Gláucia Veras) e a família Galindo participarão preparando pratos tradicionais famosos em suas mesas de fim de ano. Também farão oficinas os chefs François Schmmit, Joelson Leite (Lótus Japonese), Rodrigo Santana (Senac-RN), Thiago Gomes e chef pesquisadora Adriana Lucena, que falará sobre a tradição do natal no Nordeste.

Convidada do festival, chef Irina Cordeiro estará na Cozinha Show no sábado. Foto: Arquivo

Convidada do festival, chef Irina Cordeiro estará na Cozinha Show no sábado. Foto: Arquivo

Outro nome confirmado para realizar oficina é a chef Irina Cordeiro, terceiro lugar no programa Masterchef Brasil Profissionais. Irina falará sobre sua cozinha Praiana Tropical. A data da oficina será no sábado, dia 16, na Cozinha Show.

Na praça gastronômica estarão os estabelecimentos Totoia Restaurante, Paçoca de Pilão, 294 Bar e Restaurante, Ombak de cozinha praiana, Delícias da Macaxeira, Mediterrâneo Buffet, Hamburgueria 84, Ed do Acarajé, Camarão Gourmet, entre outros.

Espetáculo Meu Seridó, peça de Felipe Miguez com Titina Medeiros, encerra o festival na praça Pedro Velho. Foto: Brunno Martins

Espetáculo Meu Seridó, peça de Felipe Miguez com Titina Medeiros, encerra o festival na praça Pedro Velho. Foto: Brunno Martins

ESPETÁCULO “MEU SERIDÓ”, ESPAÇO LITERÁRIO E BOA MÚSICA

A programação do Circuito Gastronômico vai além da culinária e abraça o movimento de ocupação das praças reunindo outros segmentos culturais, como a música, o teatro e atividades lúdicas para crianças.

Na quinta-feira (14) a programação cultural inicia com o Espaço Literário, onde autores vão conversar sobre literatura potiguar (18h). Em seguida se apresenta no coreto o Quarteto Instrumental Jazz e Blues (19h), fechando com show de Sueldo Soaress e banda (21h). O encerramento é 23h.

Na sexta-feira (15) a programação inicia com o Espaço Literário, logo após tem Bruno Alexandre e Leonardo Palhano no show “Especial Roberto Carlos”. Às 20h30 tem apresentação de Coco de Roda, logo depois Grupo de Samba Bom Malandro (21h). O encerramento é 23h30.

No sábado (16) o Espaço Literário recebe programação infantil com palhaço, oficina de Pintura Artística, escultura de balões e pernas de pau. Às 19h se apresenta o veterano cantor Liz Nôga. Às 21h tem show do grupo Al Hannah de dança do ventre e depois show da banda Revolver num especial Beatles e clássicos do rock.

O domingo (17) a programação começa às 17h no Espaço Literário, com apresentação de palhaço, oficina de Pintura Artística e escultura de balões e pernas de pau. Em seguida, o festival abre espaço para um dos mais elogiados espetáculos teatrais da temporada: “Meu Seridó”, peça idealizada pela ronamada atriz potiguar Titina Medeiros, com direção de César Ferrario, texto de Filipe Miguez (diretor da novela Cheia de Charme) e grande elenco.

O espetáculo é sobre o nascimento do sertão do Seridó, uma das regiões mais marcantes do nosso estado, com suas agruras e belezas. Com fortes questões norteadoras, o espetáculo reúne no elenco. Além de Titina Medeiros, Nara Kelly, Igor Fortunato, Caio Padilha – assinando também a trilha sonora – e Marcílio Amorim, ao lado da equipe uma árdua pesquisa histórica, conduzidos pela historiadora Leusa Araújo, através de imersões no próprio Seridó. Natural de Acari, Titina sonhou com esse espetáculo por anos, reunindo as suas vivências e coragem para retirar do próprio solo a história de vida de muitos sertanejos.

O domingo também contará com show instrumental de Sax – Joedson Silva, a chegada do Papai Noel às 19h30, após o espetáculo. O encerramento será com o show de Dani Cruz, a partir das 20h30.

Moradora de Montanhas vence Concurso no Natal Fest Gourmet

9 de novembro de 2017

Uma moradora do município de Montanhas, no Agreste Potiguar, Stella Albuquerque (25 anos), foi a grande vencedora do Concurso Popular Gastronômico Cozinhando no Senac, que teve sua final ao vivo no Natal FestGourmet, realizado na praça Augusto Severo, Ribeira. O concurso foi idealizado pelo Natal Fest, com execução do Senac. A vencedora ganhou uma bolsa integral para o curso de Cozinheiro da Instituição.

Desafio do Risoto, um dos pratos da vencedora. Foto rogerio Vital

Desafio do Risoto, um dos pratos da vencedora. Foto rogerio Vital

A cozinheira amadora participou de duas etapas ao vivo realizadas no último sábado na Arena. Primeiro no desafio do risoto, onde quatro cozinheiros escolheram ingredientes disponíveis para preparar um risoto de camarão. Na segunda etapa, uma caixa surpresa onde o desafio foi preparar um filet mignon.

Stella Albuquerque e José Carlos disputaram a final ao vivo.

Stella Albuquerque e José Carlos disputaram a final ao vivo.

Stella afirma que sempre gostou de cozinhar e que assumiu tal responsabilidade em casa aos 11 anos, cozinhando para seus quatro irmãos, tendo aprendido ao observar sua avó. Ela ficou sabendo do concurso após um amigo marcá-la em publicação de uma rede social. “O meu amigo me marcou no último dia de mandar o vídeo de inscrição. Quando vi, eu corri para casa para ver o que tinha e elaborar a receita, que precisava ser própria. Eu não acreditei quando passei, quando eu ouvi que estava competindo com pessoas que já tinham uma certa técnica. Não esperava chegar na final, conseguir ganhar e estar vivendo isso é um sonho”, afirma a potiguar.

Filé vencedor

Filé vencedor

Trabalhando atualmente com encomenda de bolos e doces, Stella se prepara para morar na capital potiguar. “Sou fascinada pela arte da gastronomia. Quero aprender todas as técnicas, e, quando terminar o curso, fazer a graduação. Minha expectativa é um dia ter um restaurante e ser uma chef”, ressalta.

Para Stella, o segredo é observar e praticar. “Acho que tudo vem da prática, de você ter interesse em estar experimentando, estar aprendendo. O pouco que eu desenvolvi no concurso foi através do observar e absorver críticas de outros profissionais, isso é muito importante”, disse a ganhadora.

Final ao vivo e caixa surpresa com filet

Final ao vivo e caixa surpresa com filé

João Carlos, de 33 anos, ficou com o segundo lugar e ganhou uma bolsa integral no curso de Confeitaria do Senac. Ele também ressalta suas novas perspectivas. “Participar desse concurso me deu mais autoestima e confiança. O curso vai me ajudar na parte profissional e me dar novas habilidades para o trabalho que eu faço, além de me proporcionar poder fazer um dinheiro extra”, conta.

Chef François Schmmit recebe homenagem por serviços prestados à gastronomia potiguar. Com os representantes do Senac e Natal Fest Gourmet

Chef François Schmmit recebe homenagem por serviços prestados à gastronomia potiguar. Com os representantes do Senac e Natal Fest Gourmet

O Concurso Popular Gastronômico Cozinhando no Senac tinha como objetivo incentivar aspirantes a cozinheiros, e foi dividido em quatro etapas Avaliação do Vídeo de Inscrição e Apresentação de Prato, no Senac; e Apresentação de Risoto de Camarão e Caixa Surpresa, no Natal FestGourmet.

Praça gastronômica do Natal Fest Gourmet ficou lotada

Praça gastronômica do Natal Fest Gourmet ficou lotada

HOMENAGEM
O Festival também prestou uma homenagem ao chef que contribuiu com o desenvolvimento da gastronomia no Rio Grande do Norte nas últimas décadas. O nome escolhido foi o francês, radicado no Rio Grande do Norte, François Schmit. Ao falar sobre a homenagem, a chef e jurada Adriana Lucena comentou que François é um “divisor de águas na gastronomia potiguar.” Ele aportou aqui há mais de 20 anos como coordenador do Restaurante Escola Barreira Roxa. Foi dono de um bistrô no CCAB Petrópolis, depois assumiu a chefia executiva do Camarões Potiguar durante sete anos e depois como consultor.

Junto com o produtor cultural e gourmand Walde Faraj e o empresário Habib Chalita, desbravou o interior do Estado na formatação dos festivais, difundiu técnicas e conceitos da gastronomia moderna mas sempre valorizando o ingrediente regional local. Irrequieto e viajado, François hoje dedica-se a consultoria executiva da rede Camarada Camarão, e a curtir o filho na praia da Pipa. Além da homenagem, no Natal Fest Gourmet ele ministrou oficinas de frutos do mar.

A ideia do Natal Fest Gourmet é eleger um chef para ser homenageado a cada ano. O Prêmio de François Schmmit foi entregue pelo diretor do Senac, Fernando Virgílio.

Concurso gastronômico do Natal Fest Gourmet/Senac será com receita gravada em celular

10 de outubro de 2017

Prepare sua receita preferida e faça um filme dela. Essa é a ideia do I Concurso Popular de Gastronomia promovido pelo Natal Fest Gourmet, em parceria com o Senac-RN. O festival acontece de 2 a 4 de novembro, na praça Augusto Severo, Ribeira, no entorno do Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão. Nesse local terá vários restaurantes, praça, shows e uma cozinha ao vivo.

Cozinha do Senac vai receber os semifinalistas

Cozinha do Senac vai receber os semifinalistas

O concurso tem início antes, com o envio das receitas. O objetivo do festival é incentivar a criatividade culinária e integrar a população aos projetos voltados para valorização da cozinha potiguar. Para o Senac-RN, é também a possibilidade de revelar novos talentos interessados em se profissionalizar. O mais legal dessa seletiva é ser democrática e não exigir currículo anterior de ninguém.

Qualquer pessoa pode participar com receitas variadas – desde algo muito tradicional que ninguém mais sabe fazer, até pratos mais elaborados. O regulamento e o endereço de envio das receitas serão divulgados na mídia e nas redes sociais do Senac (Acompanhe no Link) e do Natal Fest Gourmet (AQUI).

Basta gravar o passo a passo da sua receita no celular, em um vídeo de no máximo 5 minutos. O vídeo será enviado para a equipe de curadores do SENAC-RN .

Segundo me adiantou um dos consultores do projeto, a seletiva vai escolher até 30 melhores receitas para a segunda etapa. O desafio presencial com os autores das melhores receitas ocorrerá na Cozinha Experimental do Senac, localizada na unidade da Cidade Alta.

Dessa seletiva sairão os 4 finalistas que deverão cozinhar ao vivo, simultaneamente, durante o festival na cozinha da Arena Senac de Gastronomia. A premiação será revertida em cursos de formação na Escola Senac, para aperfeiçoamento profissional.

Legal né? Pois smartphone em mãos, vamos cozinhar !

Gastronomia potiguar tem ação especial em Brasília

14 de setembro de 2017

 Jerimum com molho de caju, Filé de sol com cebola roxa caramelizada, Arroz de siri, Camarão na Moranga, Farofa D’água com castanha, Pirão de queijo, Camarão na nata, Feijão verde e doces em compotas foram os pratos servidos em mais uma Semana de Gastronomia Regional, promovida pelo Departamento Nacional do Senac, entre os dias 12 e 15 de setembro, desta vez nos restaurantes da Câmara dos Deputados, Senado Federal e no Restaurante-escola Downtown, na Confederação Nacional do Comércio.

Mesa potiguar tem panela de barro, doces em compota e pratos do "mar ao Sertão". Foto: Cedida

Mesa potiguar tem panela de barro, doces em compota e pratos do “mar ao Sertão”. Foto: Cedida

Com o tema “Do Mar ao Sertão”, o menu especial teve como receituário o livro  “Arte e rituais do fazer, do servir e comer no Rio Grande do Norte”, publicado pela Editora Senac e inspirado na obra de Câmara Cascudo. Nesta edição da Semana Potiguar em Brasília, os três chefs do Senac RN, Rodrigo Santana, Angelo Medeiros e Jonatã Canela, se juntaram às equipes locais para o preparo do cardápio regional. No mês passado, este mesmo formato de ação foi realizado no Rio de Janeiro.

Segundo o diretor regional do Senac, Fernando Virgilio, que esteve na capital federal para a abertura do evento, a previsão é atender mais de 1.200 pessoas ao longo da programação. “Somente no primeiro dia, foram contabilizados 380 serviços”, afirmou.

Chefs instrutores do Senac RN, Rodrigo Santana, Angelo Medeiros e Jonatã Canela, participaram da ação em Brasília

Chefs instrutores do Senac RN, Rodrigo Santana, Angelo Medeiros e Jonatã Canela, participaram da ação em Brasília

A programação contempla também uma aula-show, onde será apresentada a receita “Paçoca de camarão e Musseline de Macaxeira com mangaba”, desenvolvida por Rodrigo Santana. Um dos ícones da gastronomia norte-rio-grandense, conhecido pela exuberância e sabor marcante, o camarão aparece como ingrediente principal na releitura de um prato típico do Nordeste que comumente utiliza a carne de sol ou de charque como proteína, a paçoca.

O evento – A Semana da Gastronomia Regional é uma iniciativa do Departamento Nacional do Senac, que visa divulgar as diferentes cozinhas do País. Uma vez por mês, um Departamento Regional da Instituição é convidado para divulgar a culinária do seu estado. Este ano, o Senac RN participa pela segunda vez do projeto. Além da programação em Brasília, a Instituição também esteve no Rio de janeiro, no mês de agosto.