Arquivos da categoria ‘Evento; Formação’

Qualidade do pão francês é tema de campanha da ABIP durante a 74ª Convenção Nacional que acontece em Natal

9 de setembro de 2019

O Pão francês é o pão mais vendido do país, o que representa 45% de toda a produção das padarias brasileiras. Embora seja o carro-chefe da indústria da panificação, o pãozinho tem carecido da atenção do empresário e do padeiro – em especial no que se refere à qualidade. Por isso a Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (ABIP) vai lançar, durante sua 74ª Convenção Nacional – que acontece de quarta-feira (11) a domingo (15) em Natal/RN, uma campanha de valorização do pão francês.

BANDEIROLA-2 (Medium)A ação será em homenagem ao Dia Mundial do Pão, que ocorre em 16 de outubro, e reforça a necessidade de colocar em destaque um dos produtos mais importantes da panificação. Para se ter uma ideia, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), conjuntamente de outros agentes do setor panaderil, elaborou uma norma técnica exclusiva para tratar sobre os atributos de qualidade do produto.

Por isso, a Campanha do Dia Mundial do Pão traz então uma ampla discussão e conteúdo para padeiros, incentivando e instruindo para que a norma técnica ABNT 16.170 seja difundida e adotada. O mote da campanha será “Cada um tem um jeito de comer pão francês: qual é o seu?” e convida entidades, padarias e clientes a compartilhar histórias sobre o pãozinho de cada dia.

“É importante que o padeiro tenha esmero nessa fabricação, pois o francês atrai o cliente para a loja. Se a sua padaria tem um bom pão, o consumidor passa na frente da concorrência mas vai até o seu estabelecimento para comprar aquele pão maravilhoso. Por isso a ABIP investiu tanto em marketing quanto em conteúdo, apresentando uma rica campanha sobre o assunto”, atesta José Batista de Oliveira, presidente da ABIP.

Batista destaca que a intenção da campanha é alertar o empresário, o panificador, o padeiro, enfim, toda a cadeia da panificação, que eles têm uma joia nas mãos e que precisam tirar um melhor proveito disso. “A padaria pode ter um bom marketing, um bom atendimento, mas se não tiver um bom pão francês, perde cliente”, reforça o presidente.

O desafio da campanha será tirar o panificador da zona de conforto em que se encontra, já que, como explica Batista, muitos fabricam o pão francês do mesmo jeito há décadas e acreditam que não precisam mudar. “Para dar um charme e valorizar o pão francês que produz, a padaria pode colocar uma placa com os horários em que sai o pão quentinho e também tocar um sino para anunciar a nova fornada”, sugere Batista. Para ele, o panificador deve ter o compromisso de fazer o melhor pão francês da cidade por ele e pelo consumidor.

Semana Gastronômica no Rio de Janeiro será dedicada a gastronomia potiguar

9 de agosto de 2017

Uma homenagem a Luís da Câmara Cascudo na mesa carioca. Começa hoje no Rio de Janeiro a Semana da Gastronomia Regional do Rio Grande do Norte. Realizada pelo Senac Rio Grande do Norte, o evento aborda aspectos da gastronomia nordestina pesquisados pelo historiador e etnógrafo potiguar, traduzidos de forma prática e atual no livro “Arte e rituais do fazer, do servir e comer no Rio Grande do Norte – uma homenagem a Câmara Cascudo”, publicado pela Editora Senac.

Vale lembrar que o livro é uma das raríssimas publicaçães a reunir receitas genuínas do povo potiguar, com seus modos de fazer próximos dos ancestrais.

Sabores locais e releitura contemporânea: prato desenvolvido para semana gastronômica do RN no Rio de Janeiro

Sabores locais e releitura contemporânea: prato desenvolvido para semana gastronômica do RN no Rio de Janeiro

Durante dois dias, serão apresentados pratos da cultura gastronômica potiguar no Restaurante-escola Senac Downtown. Os instrutores do Senac RN, Rodrigo Santana e Elizabeth Assunção formam a equipe técnica que apresentará o cardápio regional.

Entre os pratos que serão servidos estão Baião de dois com arroz da terra, Filé de sol com Cebola roxa caramelizada, Paçoca de carne de sol, Arroz de caranguejo, Camarão na Moranga, Macaxeira cozida, Farofa D’água com castanha, Pirão de queijo, Camarão na nata, Feijão verde, Doces em compota variados e Cartola.

Rodrigo Santana coordena a Semana promovida pelo Senac RN, no RJ

Rodrigo Santana coordena a Semana promovida pelo Senac RN, no RJ

A programação contemplará também uma aula-show, com o tema “Do mar ao sertão”, onde será apresentada a receita “Paçoca de camarão e Musseline de Macaxeira com mangaba”, desenvolvida por Rodrigo Santana. Um dos ícones da gastronomia norte-rio-grandense, conhecido pela exuberância e sabor marcante, o camarão aparece como ingrediente principal na releitura de um prato típico do Nordeste que comumente utiliza a carne de sol ou de charque como proteína, a paçoca.

A Semana da Gastronomia Regional é uma iniciativa do Departamento Nacional do Senac, que visa divulgar as diferentes cozinhas do País. Uma vez por mês, um Departamento Regional da Instituição é convidado para divulgar a culinária do seu estado.

Este ano, o Senac RN participa pela segunda vez do projeto. Além da programação no Rio de janeiro, também serão contemplados os restaurantes-escola em Brasília, entre os dias 11 e 15 de setembro.

Para saber onde encontrar esse livro “Arte e rituais do fazer, do servir e do comer no Rio Grande do Norte – Uma homenagem a Luís da Câmara Cascudo”, visite livrarias e sebos virtuais. Encontrei na Livraria Leitura (aqui) e o Estante Virtual (aqui) . Também é possível encontrar na Editora Senac