ABZ Tribuna do Norte abre série DFB Festival; Hand Lace conta história das irmãs Edina e Erica Moreira

Edina e irmã, em foto de Luis Morais, para Hand Lace.

POR AUGUSTO BEZERRIL

@augustobezerril

[email protected]

De volta ao line up do DFB Festival, Edina Moreira refaz a trajetória pessoal, desde o sertão até finalmente ver criações no corpo de estrelas como Anitta e Juliana Paes, em PÉ NO CHÃO, coleção da grife autoral Hand Lace. Como num patchwork afetivo, a estilista transforma vivências da infância no Sertão Central do Ceará, entrecortadas às lembranças da juventude em Fortaleza e a vida entre o Ceará e São Paulo, numa coleção verdadeiramente autoral.

Levando no coração o sonho de sua mãe, Edina, desde muito cedo, buscou expandir horizontes. “Quando fui pela primeira vez para Fortaleza eu tentei contar quantos postes de iluminação pública até chegar lá. Em Quixadá, eu me cansei. Minha mãe sempre desejou que eu fosse para algum lugar fora do sertão. Eu fiquei fascinada com a cidade e sobretudo o mundo da literatura”, conta Edina, quando aos 12 anos, conheceu a capital cearense. A viagem foi uma premiação concedida a dois alunos da Escola Municipal que daria direito a visitar a Bienal do Livro de Fortaleza. “Eu não era filha de ninguém poderoso, fui convidada por meu desempenho em sala de aula”, relembra.

Edina Moreira, Luis Morais e o filho Bernardo no estúdio em São Paulo.

Filha de agricultor e empregada doméstica, Edina nasceu em Recanto, distrito do município de Irapuã Pinheiro, localizado no Sertão Central do Ceará. Sempre com a irmã Erica – hoje diretora e responsável pela parte comercial da Hand Lace – Edina trabalhou na plantação e colheita de algodão, oiticica e arroz. E também na produção de tijolos de barro. O que muito explica porquê os tons empoeirados de ocre, marrons e avermelhados da paisagem do sertão permeiam a cartela de cores, bem como as simulações de texturas como a ranhura de vaso de barro trincado. “Os elementos da minha infância estão presentes em todas as minhas coleções. E agora aparece mais forte na volta do DFB Festival”, conta. “Pé no Chão” traça uma viagem desde a infância da estilista até o reconhecimento contínuo no mundo da moda e design.

Com o pé no chão de barro, da fábrica, do mar, da cidade grande, Edina e a irmã Erica Moreira – sócias da Hand Lace e gestora do comercial da marca – têm uma linda história para conta na passarela.  No desfile, Edina remixa highlights de várias coleções da marca, a partir da memória afetiva da infância no Sertão do Ceará. O desfile Hand Lace acontece, dia 27, às 19h, na Sala 1. Na foto 10, Edina e Erica em foto de Luis Morais, fotógrafo de moda e marido de Edina. Prepare seu coração, é lindo!

Fotos Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.