44867673682_466655dbdf_zPOR AUGUSTO BEZERRIL

@augustobezerril

augustobezerril@tribunadonorte.com.br

Milenar, a seda encanta há séculos e, por obra de um trabalho consistente da Associação Brasileira da Seda  (Abraseda), o Paraná se destaca no mercado mundial com tecido de altíssima qualidade. O desfile do Vale da Seda por Enéas Neto dá prosseguimento no processo de visibilidade do trabalho coletivo de Maringá. O Vale da Seda já havia mostrado coleção na SPFW. Mas, pondera Enéas, o show na passarela paulista foi puro conceito. Na passarela do ID Fashion, a seda ganhou composição com outro tecidos tais linho, viscose e até jeans com fios de seda e PET. A coleção, inspirada na fábula O Chinês e A Borboleta, utiliza da técnica “zero waste”, na qual criam-se encaixe para não gerar resíduos de tecidos.  A forma quadrada, os quimonos e calça harém são destaques.  Além do rastreamento de C02, a grife explora tingimentos naturais sobre seda, amplificando o conceito de coerência de um tecido puramente natural. A grife é de Maringá e participa do Catwalk.

A partir do ID Fashion, Eneas Neto garante que a Vale da Seda começa processo de expansão por multimarcas do Brasil. É compradora? Aposte é muito super.

*O jornalista viajou à convite do ID Fashon, FIPE e Sebrae/PR. 

Foto Divulgação

 

 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário