kbeauty

POR AUGUSTO BEZERRIL

@augustobezerril

augustobezerrril@tribunadonorte.com.br

Todo mundo sabe que as divas do k-pop são mega fashion e super k-beauty. O 14º Congresso Científico Internacional de Estética e Cosmetologia, promovido pelo Ateneu Científico Internacional de Estética (ACIES) e organizado pela Beauty Fair,  uma palestra exclusiva ministrada pela dermatologista Fernanda Nichelle sobre máscaras faciais coreanas. Os produtos fazem parte da k-beauty, beleza coreana, que é tendência em skincare e busca alcançar a glass skin – ou pele sem imperfeições.  “A rotina de cuidados coreana tem entre 10 e 14 passos e as máscaras faciais entram nesse hábito por conta de sua multifuncionalidade. Hoje, existem várias versões de produtos para os diferentes tipos de pele, além de máscaras para cada área específica do rosto, tais como olhos, nariz e boca”, explica a palestrante. Esta versatilidade, segundo estudo realizado pelo NPD Group em 2014, causou um aumento nas vendas de mais de 60%.

Estes produtos vão além de tratamento e passam a ser uma experiência. De acordo com a dermatologista, há uma relação entre o uso dos produtos estéticos com o bem-estar. A sensação prazerosa pode aumentar a produção de ocitocina, também conhecida como hormônio do amor, diminuindo inflamações na pele e deixando-a mais homogênea. As máscaras são o melhor benefício para a pele em um curto espaço de tempo. “O princípio ativo destes itens é o grande protagonista, já que sua porcentagem é maior do que a dos cremes diários. É por conta desta composição que este item não pode ser utilizado diariamente. Este tipo de produto, no entanto, é apenas um complemento ao tratamento da pele e não substitui a rotina de skincare”, completa a profissional.

Uma coisa é certa: as coreanas tem muito a ensinar sobre beauty. E k-beauty está sempre no focco de #purabeleza.

Foto Divulgação

 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário