89328160_601662573722549_7677202454747807744_n

POR AUGUSTO BEZERRIL

@augustobezerril

augustobezerril@tribunadonorte.com.br 

você já parou para pensar o quão sexista é o termo tomara-que-caia, amplamente usado na moda? A Harper’s Bazaar Brasil abraçou a campanha idealizada pela Hering, que pede para que, a partir de agora, a peça passe a ser chamada de blusa sem alça, como é no mundo todo (strapless, em inglês). ABZ Tribuna do Norte abraça ideia. E agita junto com a edição de março da revista.

COMEÇOU… 

Para estampar a capa da edição, com uma blusa sem alça, Bazaar escolheu a a atriz Mariana Ximenes, dona de um posicionamento feminista. Sua fórmula é ser consciente e ter bom senso. Só não pode deixar de se colocar. Se a causa importa, ela vai a passeata e tudo. Mari se engaja. “É importante a gente olhar para todos esses termos, para o pensamento novo. Temos que buscar uma sociedade mais igualitária, com mais respeito pela diversidade, com acolhimento. Respeito é bom, a gente gosta e é necessário“, diz ela.


Foto  Cassia Tabatini

 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário