hermès1-573x321

POR AUGUSTO BEZERRIL

@augustobezerril

augustobezerril@tribunadonorte.com.br 

Os asiáticos vão segurar o mercado de luxo?  Os números do primeiro dia de vendas da loja Hermès em Guangzhou,  na China, depois de fechamento durante quarentena devido a covid-19 –  demonstram sinais promissores. A grife francesa, ícone do marcado luxo mundial, contabilizou 2,7 milhões de dólares no primeiro dia de abertura. Especialistas do mercado se debruçam sobre o fenômeno de modo a entender como o mundo (do luxo) fará retomada.  “Esta reabertura afirma o compromisso da Hermès com o sul da China e marca um novo capítulo da casa parisiense em Guangzhou, onde está presente desde 2004”, disse a marca. Entre as compras constam bolsas cravejadas de diamantes.

ABZ @tribunadonorte aocmpanha..

Foto Reprodução

 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário