Governo brasileiro amplia “acordo automotivo” com o Uruguai

1 01Etc/GMT+3 setembro 01Etc/GMT+3 2015 por fernandosiqueira

O Brasil acaba de fechar um acordo automotivo com o Uruguai que prevê a exportação, para o país vizinho, de mais de 10.000 automóveis e comerciais leves com isenção de alíquotas e de US$ 99.000.000 para autopeças. A informação foi divulgada ontem, pelo MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) do nosso País.

Segundo o Ministério, o acordo anterior com o Uruguai previa a exportação de 8.504 automóveis e comerciais leves e US$ 99,6 milhões em autopeças entre 1º de julho de 2015 e 31 de junho de 2016. Pelo texto acertado na reunião bilateral, as fábricas de veículos automotores do nosso País poderão comercializar mais e em um prazo menor.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, as empresas importadoras brasileiras terão direito a uma cota de US$ 49.700.000, gerada a partir do desempenho importador verificado no último período do acordo.

Brasil e Uruguai estabeleceram, ainda, um plano de trabalho, que tratará, entre outros pontos, do aumento da integração produtiva entre os dois países.

“O novo acordo firmado entre Brasil e Uruguai faz parte do esforço do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) para ampliar o acesso da indústria automotiva brasileira a mercados externos, mantendo a produtividade das plantas instaladas no País, o que assegura os níveis de emprego e renda da população”, informou o governo brasileiro.

Em 2015, o nosso governo havia fechado acordos automotivos com o México e a Argentina. No caso do México, a negociação resultou na exportação de 30.152 veículos automotores de janeiro a julho do ano em curso, que aponta aumento de 73% em comparação com o mesmo período do ano passado.

FONTE: Auto Esporte

Os comentários estão desativados.