General Motors Corporation investe US$ 500 milhões em rival do “Uber”

6 06Etc/GMT+3 janeiro 06Etc/GMT+3 2016 por fernandosiqueira

 

Presidente da GM, Dan Ammann (centro), com os fundadores do Lyft John Zimmer (direita) e Logan Green (esquerda) (Foto: Divulgação)

Presidente da GM, Dan Ammann (centro), com os fundadores do Lyft John Zimmer (direita) e Logan Green (esquerda) (Foto: Divulgação)

A General Motors Corporation anunciou dia 4, que investirá US$ 500 milhões na “LYFT” (empresa de caronas remuneradas), uma das rivais do UBER, que tem atuação restrita aos Estados Unidos.

O expressivo investimento dá à fabricante de veículos automotores um assento na diretoria da empresa, que tem apenas 3 anos e um valor estimado de US$ 5,5 bilhões.

A estratégia da GM Co. é desenvolver a parceria com a “LYFT” para ter, futuramente, um aplicativo que conectará usuários a carros que dirigem sozinhos.

“Nós vemos o futuro da mobilidade conectada, sem fio e autônoma. Com GM e LYFT trabalhando juntas, acreditamos que podemos implementar com sucesso esta visão mais rapidamente”, afirmou em nota Dan Ammann, presidente da General Motors Corporation.

Além disso, a fabricante de carros dos Estados Unidos terá preferência no fornecimento de automóveis compartilhados para a “LYFT”. O sistema de compartilhamento funciona como um aluguel de curto período, que pode ser de algumas horas apenas.

As duas empresas também trocarão experiências com relação a conectividade, incluindo o sistema “OnStar”, que estreou recentemente no mercado brasileiro. O “LYFT” opera atualmente em 190 cidades dos Estados Unidos.

A Ford Motor Company anunciou, em novembro de 2015, que está desenvolvendo um serviço de transporte concorrente de empresas de aplicativos como UBER e LYFT. Os primeiros testes serão feitos dentro da fábrica em Dearborn, próximo a Detroit, nos Estados Unidos.

FONTE: Auto Esporte (G1)

Os comentários estão desativados.