Mercado: queda de 25% em abril e piora na projeção de vendas para 2016

3 03Etc/GMT+3 maio 03Etc/GMT+3 2016 por fernandosiqueira

A comercialização de veículos automotores apresentaram nova queda em abril, seja em relação ao mês anterior ou na comparação com o primeiro quadrimestre de 2015. É o que aponta o relatório mensal da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) divulgado hoje, dia 3, que ainda revisou para baixo as projeções de vendas de veículos novos para este ano.

Em abril, foram vendidos 157.579 automóveis e comerciais leves, contra 173.270 em março, redução de 9,06%. Na comparação com abril de 2015 (211.614), a queda foi de 25,53%. Considerando os quatro primeiros meses de 2016 (622.620), a redução nas vendas foi de 27,62%, em relação ao mesmo período do ano passado (860.255).

New Fiesta

Projeções revistas para 2016

Considerando a instabilidade do atual cenário político e econômico no Brasil, a Fenabrave revisou as projeções de emplacamentos para 2016, com previsão de queda nas vendas ainda maior para 2016: “O impasse político e os ajustes pendentes na economia mostram uma perspectiva mais negativa da que prevíamos no início deste ano, o que nos fez reavaliar as projeções para 2016”, pondera Alarico Assumpção Júnior, Presidente da Fenabrave. 

Modificando a previsão realizada em janeiro, de que o mercado cairia 5,9% em 2016, a entidade agora projeta queda de 20% para os automóveis e comerciais leves e 15% na soma de todos os segmentos (incluindo motocicletas e veículos pesados.

.Onix LTZ 2016

Marcas

Liderando pelo sétimo mês seguido, a GM (25.827) superou a Fiat (24.402) em 1.425 unidades. Volkswagen (21.292) e Hyundai (16.453) completam o G4, todos mantendo suas posições do mês passado. Novamente a Ford (12.512) foi superada pela Toyota (14.003), ficando na sexta posição. Ainda entre as 10 maiores, a Jeep (4.182) troca de posição com a Nissan (3.585) e assume o nono lugar.

Fenabrave

Fonte: Fenabrave

Os comentários estão desativados.