CESVI BRASIL indica a melhor forma de encontrar uma boa oficina

24 24Etc/GMT+3 maio 24Etc/GMT+3 2016 por fernandosiqueira

Confiança e credibilidade no mercado são critérios que devem ser levados em consideração na hora da escolha

Motoristas de primeira viagem ou até os mais experientes sabem que qualquer ruído no carro é sinal claro de que é preciso fazer uma visita ao mecânico.  Entretanto, por falta de conhecimento ou na tentativa de uma economia arriscada e muitas vezes pouco eficiente, eles nem sempre fazem a melhor escolha.

Para muitos motoristas, o preço é fator decisivo e prioritário na hora de eleger uma oficina mecânica. No entanto, analisar apenas este critério pode afetar diretamente a manutenção, desgaste e até mesmo a segurança dos passageiros. “Estrutura, equipamentos de qualidade, profissionais capacitados e boas ferramentas, são itens que devem ser considerados pelo motorista assim que entrar em uma oficina. Desta forma, é possível analisar de que forma o  carro será tratado”, explica Gerson Burin, coordenador técnico do CESVI BRASIL.

Para auxiliar o consumidor na escolha das melhores oficinas, o CESVI BRASIL realiza avaliações em oficinas de reparação de funilaria e pintura de todo o Brasil, com a classificação de 1 a 5 estrelas. O reconhecimento está ligado a questões de estrutura, ferramentas disponíveis e qualificação dos profissionais. Então, quanto melhor a classificação, mais estrelas o estabelecimento recebe. “Procure a placa do CESVI nas oficinas que visitar.  O número de estrelas indicadas lhe dará a segurança da nossa avaliação, que vai desde o check list do automóvel até a limpeza da oficina”, comenta Gerson.

Outro critério importante, segundo o especialista, é verificar se a oficina está regularmente estabelecida e age de acordo com o art. 21 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), que protege os consumidores de serem enganados com peças falsas ou de segunda mão.

Quando escolher a oficina e for realizar um orçamento, é importante observar as referências em serviços e atendimento de outros clientes no estabelecimento, quanto à limpeza dos veículos que estão em conserto e certificar-se sobre o cumprimento das datas de início e término dos serviços que gostaria de contratar.

Finalmente, antes de autorizar o conserto solicite um documento relatando as condições gerais do carro: quilometragem,  nível de combustível, entre outros. “Esta é uma medida que lhe ajuda a certificar-se que não houve novos danos, como amassados, riscos na pintura e até mesmo equipamentos quebrados no veículo”, finaliza Burin.

Os comentários estão desativados.