Alta de vendas no Brasil ajuda Grupo Volkswagen a ter 1º semestre recorde

18 18Etc/GMT+3 julho 18Etc/GMT+3 2018 por fernandosiqueira

Grupo alemão entregou 5,5 milhões de veículos no mundo de janeiro a junho, incluindo as marcas Audi, Seat, Porsche e caminhões

 

virtus-traseira

                                 Sedã Volkswagen “Virtus”, um sucesso, montado sobre a plataforma MQB. Foto: divulgação

Grupo Volkswagen AG registrou recorde histórico de comercialização de veículos automotores no primeiro semestre deste ano, com um total de 5.500.000 unidades, incluindo as marcas Audi, Seat, Skoda, Porsche e caminhões.

O volume de entregas é 7,1% maior que o verificado no mesmo período de 2017, o que coloca o conglomerado alemão na direção de mais um ano na liderança mundial do setor.

Praticamente todas as regiões apresentaram um saldo positivo, mas os números do Brasil estão entre os mais fortes, com alta de vendas de carros zero quilômetro de 22% no semestre, passando de 142.000 unidades no ano passado para 174.000 este ano.

Com o avanço, impulsionado por novos modelos como POLO e VIRTUS, a Volkswagen tomou da Fiat a vice-liderança de vendas do mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves. Agora, está atrás apenas da General Motors do Brasil. Pelo andar das coisas, em 2019 a montadora alemã supera sua concorrente norte-americana.

Por marcas

Marcas mais populares que são comercializadas apenas na Europa, como Seat e Skoda tiveram as maiores altas entre automóveis no primeiro semestre do ano em curso (17,6% e 11,6%, respectivamente). No que tange ao segmento de caminhões a  MAN registrou avanço de 24%.

Os comentários estão desativados.