Novo Cruze deverá chegar ao Brasil no segundo semestre

11 11Etc/GMT+3 março 11Etc/GMT+3 2019 por fernandosiqueira

Segundo o site Autoblog (Argentino) o automóvel “Cruze” re-estilizado, deverá chegar à América do Sul no segundo semestre. Com produção em Rosário, na Argentina, cuja fábrica recebeu investimentos para o Novo Cruze ganhará novos sistemas a bordo, novo visual e ampliará a conectividade.

O “Cruze” 2020 terá internet a bordo, através de cartão SIM e hot spot Wi-Fi, bem como conexão 4G LTE, equipamentos comuns nos veículos da General Motors Corporation, nos Estados Undos. Visualmente, sedã e hatch médio, receberão grade atualizada de tamanho maior, revisão no design dos para-choques e das lanternas, bem como novas rodas de liga leve.

Internamente, o modelo deve receber um discreto facelift. O motor será o 1.4 Ecotec Turbo com 153 cavalos de potência e câmbio automático de 6 velocidades.

Com o fim da unidade fabril de Lordstown (Estados Unidos) e da produção em Ramos Arizpe, no México, o “Cruze” não deverá ser comercializado nos Estados Unidos. Vale salientar, que a General Motors anunciou que não haverá um sucessor para o mesmo, o que coloca em xeque sua continuidade em vários mercados.

O site Autoblog afirma, ainda, que a fábrica de Alvear, em Rosário (Argentina), recebeu investimentos para a produção de um novo veículo um SUV (utilitário esportivo) intermediário entre Tracker e Equinox, usando a mesma plataforma do “Cruze”. Depreende-se que, mais adiante, ele assumirá a produção total da montadora na argentina.

Vamos aguardar o destino que o automóvel “Cruze” irá tomar. Uma coisa nós reconhecemos, trata-se de uma veículo muito interessante, que enriquece o portfólio de produtos da General Motors, sem dúvida.

Os comentários estão desativados.