Ford não oferece mais motor FLEX em sua tradicional pick-up “Ranger”

11 11Etc/GMT+3 maio 11Etc/GMT+3 2019 por fernandosiqueira

Ford reposiciona configurações da Ranger e foca nas mais vendidas com motor diesel. Preço parte, agora, de R$ 128.250,00.

A pick-up Ford “Ranger”, uma das mais prestigiadas do mercado, passou por uma redução em sua gama de versões e perdeu, além da configuração de entrada “XL” a diesel, todas as equipadas com motor FLEX. A partir de agora, o modelo será comercializado somente com motorização DIESEL.

Confira os preços:
1 . XLS 2.2 4×2 automática: R$ 128.250,00
2 . XLS 2.2 4×4 manual: R$ 147.520,00
3 . XLS 2.2 4×4 automática: R$ 154.610,00
4 . XLT 3.2 4×4 automática: R$ 176.420,00
5 . Limited 3.2 4×4 automática: R$ 188.990,00

Em NOTA oficial, a marca confirmou a mudança na linha: “a Ford reduziu a complexidade da oferta de catálogos da Ranger focando nas versões mais vendidas, a diesel”.
A versão “XLS”, que passa a ser a mais barata, é sempre acompanhada do motor 2.2 turbodiesel de 160 cavalos de potência. Ela pode combinar câmbio automático e tração 4×2, câmbio manual e tração 4×4 e câmbio automático e tração 4×4.
Acima, a “XLT” vem com o propulsor 3.2 turbodiesel de 200 cavalos de potência, sempre com câmbio automático. O conjunto é o mesmo na versão topo de linha, “LIMITED”. Todas as transmissões são de 6 velocidades.

Vale salientar, que o motor FLEX era um 2.5 16V com 173/168 cavalos de potência (álcool/gasolina) e vinha sempre acompanhado de um câmbio manual de 5 velocidades.

Vamos aguardar a reação do mercado até o final do ano. Só então poderemos emitir juízo de valor sobre essa decisão da Ford brasileira.

Os comentários estão desativados.