A Mercedes-Benz e os seus 125 anos no automobilismo

16 16Etc/GMT+3 julho 16Etc/GMT+3 2019 por fernandosiqueira

[MEMÓRIA] Momentos de destaque no automobilismo da marca incluem a participação na primeira competição de automóveis do mundo. Marca se torna protagonista nas pistas acumulando vitórias. Lewis Hamilton continua construindo a história da Mercedes-Benz na Fórmula 1

mercedes-benz-automobilismo

Carros de Fórmula 1 produzidos ao longo dos anos. FOTO: divulgação

O ano era 1894 quando, na França, acontecia a primeira corrida de automóveis da história, entre as cidades de Paris e Rouen. Dois veículos estão em primeiro lugar, ambos possuem motores produzidos sob a licença da Daimler. Desde a primeira competição, até as participações mais recentes no automobilismo, as atividades da Mercedes-Benz no Motorsport contam uma história de sucesso. Como na mais recente corrida em Silverstone (Inglaterra) na qual Lewis Hamilton alcançou a 80° vitória, depois de ter se tornado, em 2018, um dos três pilotos que venceram cinco campeonatos ou mais, após Juan Manuel Fangio e Michael Schumacher. Assim, continua a narrativa da marca no automobilismo que, em 2019, completa 125 anos unindo os perfis dos pilotos e suas vitórias.

 

A etapa de 1901 foi marcada pela primeira vitória da Mercedes-Benz, na “Semana de Nice”. O veículo utilizado por Emil Jellinek, um Mercedes 35 PS, é tido como um ícone de progresso na história, considerado o primeiro automóvel de corrida moderno, marcando o desenvolvimento automobilístico e sendo referência para toda a indústria. Sete anos depois, outro grande marco: a vitória do Grande Prêmio da França, quando o Mercedes 140 PS chega à frente de dois veículos de corrida da Benz.

Sucessivas vitórias foram obtidas na França, tanto pela então Daimler-Motoren-Gesellschaft quanto pela Benz&Cia, até a sua fusão em 1926, que originou a Daimler AG, unindo as atividades de sucessos das duas marcas.

Em paralelo às vitórias nas pistas, a Mercedes-Benz também inspirava com numerosos recordes. A lenda do “Flechas de Prata” começa com os veículos de corrida Mercedes-Benz W 25 Grand Prix, que dominaram as competições europeias a partir de 1934. Com suas carrocerias prateadas, sua engenharia e vitórias históricas, se torna um ícone da marca.

Anos mais tarde, frente aos grandes desafios criados pelo desenvolvimento de novos veículos de passageiros, a marca de Stuttgart (Alemanha) se retira do automobilismo ao final da temporada de 1955. Vinte cinco anos mais tarde, retorna aos circuitos no “grupo C”, inicialmente como fornecedora de motores para a equipe de corridas Sauber e, posteriormente, como equipe competidora oficial, iniciando mais uma era de ouro.

Na temporada de 1994, a Mercedes-Benz novamente entra na classe principal do automobilismo: a Fórmula 1, acumulando numerosos sucessos. No ano de 2014, marca o início de mais uma era gloriosa para os “Flechas de Prata”. Como equipe, continua conquistando vitórias consecutivas: de 2014 a 2018.  A agora denominada Mercedes-AMG PETRONAS é a campeã mundial de construtores da Fórmula 1, e segue a história de 125 anos de automobilismo com o símbolo da estrela.

Para vídeo em alta resolução, acesse o nosso conteúdo de imprensa pelo link: https://we.tl/t-wyDRVbSvZH

Os comentários estão desativados.