Volkswagen também suspende produção no Brasil por combate ao coronavírus

20 20Etc/GMT+3 março 20Etc/GMT+3 2020 por fernandosiqueira

 

 

fábrica-vw-taubaté

Fábrica da VW em Taubaté (SP). FOTO: divulgação

A Volkswagen tornou pública a sua decisão de suspender atividades de todas as suas fábricas instaladas no Brasil a partir do dia 23 deste mês, por 3 semanas.

A medida visa preservar a saúde de seus empregados e familiares em decorrência do avanço da epidemia de coronavírus, segundo comunicou a montadora.

Ford e Volvo caminhões anunciaram paradas pela mesma razão. Elas se juntam à GM (General Motors), e à Mercedes-Benz (automóveis, caminhões e ônibus), que anunciaram medidas semelhantes durante a semana.

A Volkswagen produz automóveis em São Bernardo do Campo, SP (unidade Anchieta), Taubaté (SP) e São José dos Pinhais (PR).

Segundo a montadora, empregados da área administrativa continuarão em trabalho remoto e os empregados da linha de produção terão folgas administradas por banco de horas até 30 de março. Depois, estarão em férias coletivas por duas semanas.

Ford

Na Ford,a parada será em todas as suas fábricas na América do Sul. Na próxima-feira a produção será suspensa em Camaçari (BA), Taubaté (SP), onde produz motores e transmissão, e também na fábrica da Troller, em Horizonte (CE). Na quarta-feira (25), será paralisada a produção em General Pacheco, na Argentina.

A Ford afirmou que a decisão “tem como objetivo principal manter os funcionários em segurança e ajudar a limitar a propagação do vírus, além de ajustar os volumes de produção à redução na demanda dos consumidores gerada por essa situação sem precedentes”.

A data prevista para o retorno das atividades é diferente para Brasil e Argentina. As unidades brasileiras devem retomar os trabalhos em 13 de abril. A fábrica da Argentina deve ter a operação reativada em 6 de abril.

A Ford, porém, não afirmou se vai colocar os funcionários em férias coletivas.

Volvo

A Volvo anunciou, também ontem, dia 19 de março, que vai dar férias coletivas para os 3.700 trabalhadores de sua fábrica de caminhões e ônibus em Curitiba, no Estado do Paraná. Os funcionários ficarão afastados de suas atividades por 4 semanas, a partir do dia 30 de março.

GM e Mercedes-Benz

A General Motors do Brasil vai colocar seus colaboradores da PRODUÇÃO em férias coletivas entre os dias 30 de março e 12 de abril. A empresa tem unidades em São José dos Campos, São Caetano do Sul, Mogi das Cruzes (SP), Gravataí (RS) e Joinville (SC).

A Mercedes-Benz também informou que conceder férias coletivas aos funcionários das fábricas de São Bernardo do Campo, Iracemápolis (SP) e Juiz de Fora (MG). A medida vale entre os dias 30 de março e 21 de abril.

Os comentários estão desativados.