Detran do Rio Grande do Norte adota o “licenciamento automotivo digital”

4 04Etc/GMT+3 abril 04Etc/GMT+3 2020 por fernandosiqueira

 

carros-licenciamento-digital

 

Licenciamento digital de veículos é adotado no Detran do Rio Grande do Norte. FOTO: divulgação

O DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito do RN) acaba de lançar as versões eletrônicas do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos Digital), e da CNH, Carteira Nacional de Habilitação, a CDT (Carteira Digital de Trânsito), que reúne os dois documentos de porte obrigatório no trânsito.

À semelhança da CDT (Carteira Digital de Trânsito), a versão eletrônica do CRLV contém todas as informações do “documento” impresso e tem a mesma “validade jurídica” do CRLV físico.

Para obter o “documento digital”, o proprietário do automóvel tem que portar o licenciamento anual do CARRO (IPVA, DPVAT e TAXA DE BOMBEIROS).

O acesso ao CRLV DIGITAL é possível, adicionando o documento, após o download do aplicativo CDT, disponível no Google Play e App Store. O cadastramento do veículo pode ser feito no próprio aplicativo. Tanto a CDT (Carteira Digital de Trânsito) quanto o CRLV DIGITAL, pode ser acessado pelo dispositivo móvel, mesmo off-line, ou seja, sem internet. A opção da CDT (CNH Digital) está disponível apenas para aqueles que dispõem da CNH com “QR Code”. 

Compartilhamento

O CRLV DIGITAL pode ser compartilhado com outra pessoa que utiliza o mesmo CARRO, desde que ela tenha instalado em seu dispositivo móvel o aplicativo CDT. O compartilhamento pode ser feito por até CINCO pessoas. 

Quando o proprietário do CARRO não desejar mais compartilhar o documento, pode CANCELAR a opção no aplicativo.

Vale salientar, que o documento digital do usuário está protegido por uma SENHA de acesso de 4 dígitos, exigida para o login na  CDT (Carteira Digital de Transito). O acesso ao aplicativo pode ser feito, também, com a impressão digital do usuário nos dispositivos móveis que possuam leitor por biometria.

E atenção: a autenticidade do documento é garantida pelo QR CODE, que pode ser lido para verificar se há alguma “falsificação” no documento durante uma fiscalização de trânsito.

O procedimento de obtenção do CRLV DIGITAL e da CDT é 100% “online”, não sendo necessário o comparecimento do proprietário(a) do automóvel ao DETRAN.  

Os comentários estão desativados.