Utilitário Esportivo “Toyota Corolla Cross” chega ao Brasil no primeiro trimestre de 2021

1 01Etc/GMT+3 novembro 01Etc/GMT+3 2020 por fernandosiqueira

 

SUV médio derivado do Corolla terá motor híbrido e também opções com o 2.0 flexível nas versões de entrada

 

 

O Corolla Cross chegará antes mesmo do “TAOS”. FOTO: TOYOTA

A Toyota sempre foi muito precavida, apostando suas “fichas” em dois produtos, no sedã Corolla e na pick-up Hilux. Mas, em 2021 isso vai mudar. Para novembro e dezembro deste ano, ela promoverá as reestilizações da Hilux e do SW4 e lançará o Corolla GR Sport, respectivamente. No primeiro trimestre de 2021 chegará ao nosso mercado o Corolla Cross. Ele é o SUV médio que irá concorrer com os Jeep Compass e Volkswagen TAOS..

A garantia da apresentação do Corolla Cross ainda no primeiro trimestre de 2021 é para se antecipar à chegada do TAOS. Isso coloca o SUV médio da Toyota em vantagem com os clientes que têm dinheiro e estão interessados em um modelo da categoria.

O Corolla Cross será produzido em Sorocaba (SP) e vai usar a plataforma modular TNGA, a mesma do Corolla sedã. Com 4,46 metros de comprimento, 1,82 metro de largura, 1,62 metro de altura e 2,64 metros de entre-eixos, ficará abaixo do RAV4. No Brasil, ele terá os mesmos trens de força do sedã. Ao mesmo tempo, o Etios sai de linha e o SUV ocupará seu espaço na produção.

Isso significa o 2.0 flexível Dynamic Force de até 177 cavalos de potência para as versões de entrada e na versão de topo o conjunto híbrido do Corolla Altis. Combinando um motor 1.8 flexível de até 101 cavalos de potência com um elétrico de 72 cavalos de potência. Combinados, entregam 122 cavalos de potência e o torque é de 14,5 mkgf no propulsor a combustão e 16,6 mkgf no elétrico. O câmbio é sempre o automático CVT.

Tecnologia de Corolla híbrido

Bem como a versão Altis do sedã, o Corolla Cross vai oferecer o pacote batizado de Safety Sense. É uma série de tecnologias que garantem segurança ativa e passiva aos ocupantes. Entre as tecnologias estão os alertas de saída involuntária de faixa e de ponto cego, controle de cruzeiro adaptativo, frenagem autônoma de emergência e faróis de LEDs com assistente de facho alto.

 

Os comentários estão desativados.