Toyota “Corolla Cross” é flagrado em testes no Brasil

5 05Etc/GMT+3 novembro 05Etc/GMT+3 2020 por fernandosiqueira

 

O Novo “Corolla Cross” será produzido em Sorocaba (SP). Utilitário Esportivo médio e”híbrido”, vem concorrer com o Jeep Compass. Modelo será lançado no primeiro trimestre do próximo ano

 

 

corolla-cross-disfarçado-em-teste

 

Utilitário Esportivo Corolla Cross flagrado em teste no Brasil. FOTO: divulgação

A TOYOTA do Brasil está correndo contra o relógio, visando o lançamento, no primeiro trimestre do próximo ano, do modelo que, certamente, irá fazer o maior sucesso no mercado nacional. Estamos nos reportando ao SUV médio Corolla Cross.  O veículo, que será produzido em Sorocaba (SP), foi flagrado em testes na rodovia dos Bandeirantes, interior daquele Estado. Situado abaixo do RAV4, ele vai disputar espaço com o Jeep Compass, Volkswagen Taos, Caoa Chery Tiggo 7, GM Equinox e Ford Territory, entre outros.

As dimensões do novo SUV são: 4,46 metros de comprimento, 1,82 m de largura, 1,62 m de altura e 2,64 metros de entre-eixos. A base do Corolla Cross é a famosa plataforma modular “TINGA”, a mesma do atual automóvel Corolla. Em consequência disso, ele também vai apostar nos mesmos trens de força do seu irmão sedã, que domina o mercado automotivo brasileiro há anos.

Motores serão os mesmos dos Corolla

Significa afirmar que o motor 2.0 FLEX de 177 cavalos de potência vai equipar as versões de entrada. Na configuração de topo vai adotar o conjunto híbrido do Corolla Altis atual. Trata-se de um motor 1.8 FLEX de 101 cavalos de potência combinado com um elétrico de 72 cavalos de potência. Juntos, eles entregam 122 cavalos de potência e torque de 14,5 mkgf no 1.8 e 16,6 mkgf no elétrico. O câmbio é automático CVT.

Tecnologia

No que tange a tecnologia, podemos esperar um “pacote” semelhante ao do Corolla brasileiro. Na versão topo de linha, a “Safety Sense”, serão tecnologias de segurança ativa e passiva. Entre elas, podemos destacar, alerta de saída de faixa e de ponto cego, controle de cruzeiro adaptativo, frenagem autônoma de emergência e faróis de LEDs com farol alto automático.

Detalhe: o nome do novo SUV vem do sedã Corolla, mas seu design não tem nada a ver com o mesmo. Ele tem um visual próprio e é tão convincente quanto o RAV4. Na parte frontal há uma expressiva grade, os faróis são afilados e invadem os para-lamas. Nas laterais, os painéis são projetados sobre as caixas de roda e tem moldura em plástico preto para dar um ar “aventureiro”.

 

Os comentários estão desativados.