Novo SUV Nissan Kicks continuará a oferecer a versão para deficientes (PCD)

23 23Etc/GMT+3 fevereiro 23Etc/GMT+3 2021 por fernandosiqueira

 

Marca confirma permanência do Kicks PCD na gama de versões do Utilitário Esportivo, que está muito próximo de ser reestilizado em nosso País

Novo-Kicks
Novo Nissan Kicks chega ao mercado nacional no próximo mês. FOTO: divulgação

Dentro em breve, o Nissan Kicks será reestilizado em nosso País. O SUV compacto está em produção com o visual renovado na unidade fabril de Resende (RJ). Agora, às vésperas do lançamento, a Nissan confirma que vai continuar a oferecer a versão para Pessoas com Deficiência (PCD), um grande sucesso do modelo.

O Kicks estreou no Brasil em 2016, durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Autos & Motores esteve presente ao lançamento. Na época, chegou inicialmente importado do México. Entretanto, um ano depois, o SUV ganhou a nacionalização na fábrica de Resende, ampliando o leque de versões. Foi, então, que a marca japonesa lançou o Kicks PCD. E a versão com direito a isenções fiscais impulsionou suas vendas.

Expectativa em relação ao preço

Por enquanto, a Nissan apenas confirmou que continuará a vender o Kicks PCD. Mas, após os recentes aumentos dos preços dos carros montados  em nosso País, fica a expectativa sobre como a montadora japonesa vai cobrar pelo modelo. O SUV está cada vez mais distante da faixa limite para os carros PCD, que ainda é de R$ 70.000,00. Atualmente, a versão de entrada custa a partir de R$ 90.390,00.

Na prática, o atual Kicks PCD enxuga bem a lista de equipamentos para se encaixar na faixa limite de preço, que garante a isenção completa de tributos. Assim, o SUV fica livre do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) e do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Entre os equipamentos, o Kicks PCD vendido até agora descarta a assinatura de LED nos faróis, acabamento cromado na grade frontal e nas maçanetas das portas, e as rodas de liga leve de 16 polegadas (sim, o modelo vem com rodas de aço). A opção também remove o tampão do porta-malas e tem o interior mais simples, com bancos forrados em tecido e sem multimídia.

Isenção de ICMS termina no fim março

Enquanto a indústria de carros tenta aumentar a faixa limite de R$ 70.000,00 para os carros PCD, as isenções para esses modelos estão se reduzindo. O valor foi estabelecido em março de 2009 e até hoje não foi corrigido ou reajustado. Contudo, a partir de 31 de março deste ano, o ICMS voltará a incidir sobre os modelos PCD, e promete impactar no preço.

Resta-nos aguardar.

Os comentários estão desativados.