Veja os 5 principais golpes na compra de carros seminovos e usados pela internet

23 23Etc/GMT+3 novembro 23Etc/GMT+3 2021 por fernandosiqueira

 

Por Gustavo Braga, diretor de comunicação da Carupi 

O mercado de compra e venda de veículos seminovos e usados teve um crescimento alto, de 55% no acumulado deste ano, de acordo com a Fenauto (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores).

Esse cenário fez a quantidade de golpes aplicados na compra desses carros pela internet aumentar em diversas regiões do País. No sul de Minas, por exemplo, foram registrados 140 golpes pela Polícia Civil, 7,6% a mais que no mesmo período do ano anterior.

Confira alguns deles a seguir e preste atenção para não se tornar a próxima vítima. 

  1. O golpe do sinal: aquele anúncio que parece bom demais para ser verdade talvez não seja mesmo. Esse é um dos mais recorrentes na internet: o criminoso por trás da negociação solicita um “sinal” em dinheiro antes mesmo de mostrar o veículo, pois justifica que outras pessoas também desejam o veículo e a procura é grande, já que a oferta é tentadora. Provavelmente, não há mais ninguém interessado pelo automóvel e o suposto vendedor só faz isso para conseguir, ao menos, uma parte do seu dinheiro, porque sabe que, se for descoberto, acabará sem nada.
  2. Foto falsa: é comum encontrar anúncios incríveis, com fotos lindas, mas, quando o negócio é concluído e o veículo é entregue – isso se for entregue – o carro não era nada do que foi apresentado. Em geral, estelionatários tiram fotos de automóveis de concessionárias, usam imagens da internet ou utilizam programas de edição para deixar o carro em perfeito estado e chamar sua atenção, e compradores desatentos podem ser presas fáceis desse tipo de armadilha.
  3. Veículo de locadora: o suposto vendedor vai até uma locadora de automóveis, aluga um carro por determinado período, cria um documento falso com ajuda de “despachantes amigos” e anuncia o veículo na internet. Quando surge um interessado e ele confere o documento no nome do anunciante, considera ser uma venda real e deposita o valor pedido pelo carro. No entanto, quando o veículo perde sua validade na locadora e não é devolvido, ele fica bloqueado e a justiça é acionada.
  4. Carro apreendido: uma situação similar à do carro de locadora é a do veículo apreendido. A promessa dessa cilada é que o vendedor garante comercializar automóveis sob controle da polícia, que estão em processo de leilão por conta de falência, bloqueados por falta de pagamento e com excesso de multas – ou seja, todos aqueles veículos que ficam no famoso “pátio”. Atraídas pela oferta chamativa, muitas pessoas ainda caem nessa armadilha, efetuam o pagamento antecipado antes de receber o carro e acabam sem sequer vê-lo, já que o falso anunciante desaparece com o dinheiro, sem possibilidade de contato.
  5. Test-drive: o criminoso se passa por um comprador e se mostra muito interessado em um anúncio. Provavelmente, ele insistirá bastante em ver o carro para se certificar de que está tudo certo, e vai solicitar um test-drive. É aí que mora o perigo. Ao sair com o automóvel para testá-lo, o sujeito foge e nunca mais retorna.

    Diante de tantos golpes – alguns tão bem planejados que se torna difícil identificá-los com a antecedência necessária –, atitudes preventivas podem evitar esses episódios, por exemplo, de forma alguma fazer pagamentos antecipados de modo a garantir a reserva do veículo.

    Negociar carros usados em sites confiáveis é essencial para não cair em armadilhas inesperadas e se ver enganado. A tecnologia faz com que inúmeras plataformas para compra e venda de veículos usados apareçam na internet, mas não dá para confiar que todas terão seus vendedores verificados. Evite negociar em sites dos quais nunca ouviu falar e não tenha recebido recomendações.

    Felizmente, hoje é possível encontrar sites especializados na compra e venda de automóveis na internet, que oferecem serviços confiáveis e que não colocam você em emboscadas.

Os comentários estão desativados.