Tesla dirigindo sozinho em São Paulo desafia leis de trânsito

26 26Etc/GMT+3 novembro 26Etc/GMT+3 2021 por fernandosiqueira

 

Rapaz grava vídeo de motorista sem as mãos no volante e, aparentemente, dormindo a bordo de um Tesla Model 3. Ação é arriscada e contra a lei

 Não obstante ser uma realidade em vários lugares do mundo, é impressionante ver carros que ”dirigem sozinhos”. E foi dessa forma, surpreso, que ficou um rapaz ao gravar um motorista que parecia estar dormindo ao volante em um Tesla Model 3. O sedã elétrico trafegava sem intervenção do condutor na Rodovia dos Imigrantes, em São Paulo (SP).
O vídeo, que rapidamente viralizou na internet, mostra um homem com o banco reclinado para trás e sem as mãos na direção. Por isso, dá a entender que o carro estava com o Auto Pilot (sistema de direção semiautônoma da Tesla) no modo ligado.

Na gravação, publicada no canal Rede Caparaó, no Youtube, o rapaz que flagrou a situação tenta, então, acompanhar o Tesla e mostrar a posição do banco e das mãos do condutor. ”Esse é o futuro”, exclama em determinado momento, surpreso com o que via.

 

Tesla Model 3 assinatura

Tesla/Divulgação

Sistema atual exige mãos no volante

Apesar da repercussão, essa é uma ocorrência muito séria. Isso porque, de acordo com a própria Tesla, o sistema atual, considerado como nível 2, exige que os condutores mantenham as mãos no volante. Ou seja, a tecnologia funciona, apenas, para um melhor auxílio ao motorista – e não de forma 100% autônoma.

Nesse caso, oito câmeras e doze sensores permitem ao veículo acelerar, fazer curvas e frear automaticamente dentro da faixa. Contudo, o próprio site da marca alerta que ”os recursos requerem supervisão ativa do motorista e não torna o carro autônomo”.

 

Tesla Model 3

Divulgação/Tesla

Para se ter uma ideia, apenas o nível 5, que está sendo desenvolvido pela montadora americana, não exigiria intervenção humana. Sendo assim, deixaria de ser ”semiautônomo”.

Na gravação, publicada no canal Rede Caparaó, no Youtube, o rapaz que flagrou a situação tenta, então, acompanhar o Tesla e mostrar a posição do banco e das mãos do condutor. ”Esse é o futuro”, exclama em determinado momento, surpreso com o que via.

Tesla Model 3 assinatura

Tesla/Divulgação

Sistema atual exige mãos no volante

Apesar da repercussão, essa é uma ocorrência muito séria. Isso porque, de acordo com a própria Tesla, o sistema atual,  considerado como nível 2, exige que os condutores mantenham as mãos no volante. Ou seja, a tecnologia funciona, apenas, para um melhor auxílio ao motorista – e não de forma 100% autônoma.

Os comentários estão desativados.