Carro elétrico Toyota bZ4X será lançado nos Estados Unidos e terá preço do Bolt da GM

29 29Etc/GMT+3 novembro 29Etc/GMT+3 2021 por fernandosiqueira

 

Previsto para o próximo ano nos Estados Unidos, o Toyota bZ4X será lançado com duas opções de motor elétrico. O modelo será apresentado com a nova linha da marca, e ZERO emissões de carbono

 

toyota BZ4X elétrico frente
Lindo, o Toyota SUV bZ4x,  primeiro automóvel 100% elétrico da marca japonesa, será lançado oficialmente nos Estados Unidos e vai inaugurar linha de elétricos. FOTO: Toyota/Divulgação

A TOYOTA, finalmente, entrou na disputa dos automóveis elétricos. Sua estreia nessa nova realidade ocorrerá com o Utilitário Esportivo bZ4X, que acaba de ser apresentado no Salão do Automóvel de Los Angeles, nos Estados Unidos. A fabricante japonesa iniciou a nova linha com ZERO emissões de carbono da marca batizada de ”bz”’ (Beyond Zero).

Desenvolvido em conjunto com a Subaru, a base utilizada pelo SUV é a e-TNGA, uma nova plataforma criada exclusivamente para carros elétricos. Inclusive, essa parceria vai trazer um similar para o modelo, que pertencerá à Subaru. A versão em questão terá o nome Solterra. Nessa, a tração será 4×4.

”O bZ4X chega ao mercado na hora precisa, no momento certo, pois estamos expandindo nossa linha de produtos eletrificados abrangente”, afirmou Mike Tripp, VP de marketing da Toyota.

Toyota bZ4x elétricos

 

A traseira do bZ44x é muito insinuante. FOTO: Toyota/Divulgação

 

Vale salientar, que o Toyota bZ4x teve seu concept-car revelado em abril do ano em curso, no Salão do Automóvel de Xangai e, agora, chegou à sede da Toyota Motor North America. Contudo, ainda não há uma previsão exata da data de lançamento, mas a estimativa é de que o modelo vai estrear em 2022.

Duas opções de motor

O SUV compacto da TOYOTA conta com um motor elétrico dianteiro de 201 cavalos de potência na versão “XLE”. Há, ainda, uma outra versão, a “Limited”, com dois motores elétricos (eixos dianteiro e traseiro). Com isso, o modelo passa a oferecer tração nas quatro rodas e potência de 215 cavalos. São 160 km/hora de velocidade máxima em ambas as versões. Na primeira, o ZERO a 100 km/h é atingido em 8,4 segundos. Na segunda versão, em 7,7 segundos.

O TOYOTA bZ4X oferece, aproximadamente, 450 km de autonomia (conforme o padrão WLTP, da Europa). Segundo a fabricante japonesa, ao conectar um carregador de 150 quilowatts, a carga da bateria sobe 80% em aproximadamente 30 minutos. As estações de recarga podem ser encontradas por meio da central multimídia.

 

Toyota bZ4x elétricos

Internamente, o bZ4X é confortável e elegante. FOTO: Toyota/Divulgação

Tamanho similar ao RAV4

Segundo a fabricante, o novo Utilitário Esportivo terá um porte similar ao RAV4, modelo híbrido da Toyota. ”Aproximadamente do tamanho de um RAV4, com a versatilidade de se destacar de outros BEVs, ele estará bem posicionado no ponto ideal do mercado”, mencionou Lisa Materazzo, vice-presidente do grupo de Marketing da TOYOTA.

Ainda segundo a TOYOTA, o modelo terá longa distância de entre-eixos, para proporcionar amplo espaço interno. O painel, inclusive, será mais alto que o volante e a central multimídia, com tamanho generoso e opção de volante manche. AQUELE  que parece de AVIÃO.

Preço

À semelhança da data de lançamento, o preço do novo TOYOTA BZ4X ainda não foi divulgado. No entanto, espera-se que o valor gire em torno de US$ 37.000. Uma média de R$ 206.000,00.

BMW M celebra 50 anos com logotipo retrô e automóveis com cores clássicas

por fernandosiqueira

 

Divisão esportiva BMW Motorsport comemora aniversário em 2022, prepara comemoração com novo emblema e promete novidades para o ano. Vai ter até carro elétrico

 

No início, o BMW Motorsport tinha três faixas em posição circular nas cores azul, vermelha e violeta. 

Há 50 anos, a denominação BMW Motorsport simboliza os automóveis de alto desempenho da marca alemã. À época, o logotipo dos respectivos carros ganhavam cores azul, violeta e vermelho em posição circular por volta do emblema. Em síntese, os tons representavam, respectivamente, a marca, o espírito de corrida e a mistura entre ambos. Agora, para comemorar a data, a BMW traz a logomarca original de volta em seus próximos lançamentos, a partir de março de 2022. A partir de janeiro, encomendas serão aceitas.

Os modelos da série “M” contemplados com a homenagem, como M3, M4, X3 M e assim por diante, receberão os tais emblemas nas extremidades dianteira e traseira, e também nas rodas. O item fica disponível, inclusive, nos modelos com pacote “M”.

Segundo a marca, em 2022, a linha de automóveis “M” ganhará 50tons de pintura que marcaram história na divisão de alto desempenho. Dentre elas, Amarelo Dakar, Laranja Fogo, Daytona Violet, Azul de Macau e Vermelho Imola.

E tem mais. A BMW planeja apresentar seu primeiro modelo “M” eletrificado de alta performance também em 2022. Os demais exemplares que farão parte dessa comemoração, no entanto, dizem respeito ao novo M3 Touring e, além dele, uma versão especial do cupê“M4”. O “M2” também está em estágio final de desenvolvimento de sua próxima geração.

 

 

BMW

 

            FOTO: BMW divulgação

 

É relevante lembrar, que a data exata de lançamento da divisão esportiva é 24 de maio de 1972. Entretanto, o primeiro modelo lançado com tais características chegou em 1973. Tratava-se do BMW 3.0 CSL. Mas foi em 1978, no “M1”,  que o logotipo surgiu com as 3 faixas coloridas, inclinadas para a direita e apoiadas na letra “M”, como é HOJE.

Confira, abaixo, a lista de preços de todos os modelos BMW “M” no Brasil

M2 Competition: R$ 583.950,00
M3 Competition: R$ 795.950,00
M340i xDrive: R$ 569.950,00
M5 Competition: R$ 1.056.950,00
M8 Gran Coupé Competition: R$ 1.320.950,00
X3 M Competition: R$ 779.950,00
M440i Coupé: R$ 604.950,00
X4 M Competition: R$ 797.950,00
X6 M Competition: R$ 1.069.950,00

 

 

Kers apresenta carro elétrico nacional ao custo de R$ 95.000,00

27 27Etc/GMT+3 novembro 27Etc/GMT+3 2021 por fernandosiqueira

 

Modelo elétrico da “Kers” ganhou nome de Wee e é oferecido com uma configuração de 3 rodas e dois lugares. O carro entrega autonomia de 200 quilômetros. A proposta é muito interessante

 

kers wee carro elétrico nacional” >
Kers Wee possui autonomia total de 200 km, apenas três rodas e dois lugares
FOTO: divulgação/Kers

O Brasil conheceu ontem, dia 26/11/2021, um novo carro elétrico que vai impactar o mercado automotivo nacional. Estamos nos reportando ao “Wee”, um veículo muito interessante que foi apresentado ontem. Desenvolvido e produzido em nosso País pela fabricante Kers, o elétrico deverá ser o carro mais barato dessa categoria no mercado brasileiro.

 Contudo, o “Wee” não é um carro convencional. Isso porque ele é um veículo que possui três rodas e espaço interno para apenas duas pessoas. Segundo Carlos Motta, engenheiro e presidente da Kers e idealizador do Wee, o veículo está fadado a ser uma solução de mobilidade.

”Nós pensamos em desenvolver um veículo para solucionar os problemas da mobilidade urbana e, da mesma forma, aliviar o impacto do trânsito no meio ambiente”, afirmou Motta.

 

Carro elétrico kers
 

FOTO: divulgação/Kers

Modelo deverá custar R$ 95.000,00

Segundo as informações fornecidas por Motta, o modelo tem 3 rodas e foi feito nessa base, justamente, para ter um menor custo. Sendo assim, a ideia é reduzir gastos em quantidade de componentes, manutenção, matérias primas e até recursos naturais. Sua produção é constituída apenas por componentes nacionais.

Ainda não há muitas informações sobre a motorização. No entanto, a versão apresentada possui transmissão única e até 200 km de autonomia, com a bateria na frente do veículo. A empresa ainda disse que possivelmente terá um sistema de condução semiautônoma. Nessa configuração, o carro pode entrar no mercado por R$ 95.000,00.

Sendo assim, esse novo elétrico de três rodas pode chegar a ser 60% mais barato do que seu ”concorrente” mais próximo, o JAC e-JS1. Atualmente, o modelo, que oferece uma autonomia de 300 km, tem valor inicial de quase R$ 160.000,00.

 

elétricos
 

FOTO: JAC Motors divulgação

Outras versões e finalidades

Vale dizer que, posteriormente, Motta afirmou que pretende desenvolver e fabricar modelos de maior porte. Até o momento, a informação que se tem é de que existe outra versão de 400 km de autonomia, com mais duas baterias instaladas embaixo dos bancos.

Além disso, a Kers comentou sobre uma possibilidade de implementar o “Wee” em um serviço de mobilidade. Ou seja, fazer com que ele se torne parte de um compartilhamento.

 Produção para 2022

O projeto do “Wee” está em desenvolvimento há aproximadamente 10 anos e conta com apoio de entidades como a Unioeste, o Instituto Inbramol, além do Governo do Paraná. Por isso, é quase certo de que a fábrica da Kers seja construída em Maringá (PR). Mas, tudo depende dos investidores.

Importação de gasolina no Brasil cresce 119% em um ano

por fernandosiqueira

 

Segundo levantamento feito pela Logcomex, em setembro deste ano o Brasil importou aproximadamente 202 milhões de litros de gasolina, que correspondem a R$ 137.000.000,00

Com receio de um possível desabastecimento de combustível no Brasil, em setembro do ano em curso, o  nosso País importou em torno de 119% a mais de valor de gasolina, em comparação ao mesmo período de 2020, segundo dados divulgados pelo levantamento da Logcomex, startup que revolucionou o comércio exterior com automação e Big Data.

A pesquisa também apontou que em setembro de 2020, o Brasil importou mais de 151.000.000 de litros de gasolina, que correspondem a R$ 62.000.000,00. Em setembro deste ano, foram importados 202.000.000 de litros. Esse aumento foi 33% maior que o do ano passado,

Para evitar o desabastecimento do setor, a Petrobras (Petróleo Brasileiro S.A) avalia aumentar o volume de importação de combustíveis, de acordo com fontes. Nas análises, as equipes da estatal avaliam as previsões de consumo, os preços a serem praticados, o nível de estoques de importadores e distribuidores.

Após ter a capacidade de refino praticamente no limite, a Petrobras elevou as importações de derivados em 116,1% no terceiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2020. De janeiro a setembro deste ano, o avanço chegou a 86,3%.

Além do aquecimento da economia com grande percentagem de brasileiros vacinados, segundo uma fonte do setor, as distribuidoras pediram mais gasolina e diesel a Petrobras porque querem comprar da estatal a um preço menor do que comprariam no exterior. Segundo a ABICOM (Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis), a defasagem está hoje em 13% no caso da gasolina; e em 17% no do diesel.

Tesla dirigindo sozinho em São Paulo desafia leis de trânsito

26 26Etc/GMT+3 novembro 26Etc/GMT+3 2021 por fernandosiqueira

 

Rapaz grava vídeo de motorista sem as mãos no volante e, aparentemente, dormindo a bordo de um Tesla Model 3. Ação é arriscada e contra a lei

 Não obstante ser uma realidade em vários lugares do mundo, é impressionante ver carros que ”dirigem sozinhos”. E foi dessa forma, surpreso, que ficou um rapaz ao gravar um motorista que parecia estar dormindo ao volante em um Tesla Model 3. O sedã elétrico trafegava sem intervenção do condutor na Rodovia dos Imigrantes, em São Paulo (SP).
O vídeo, que rapidamente viralizou na internet, mostra um homem com o banco reclinado para trás e sem as mãos na direção. Por isso, dá a entender que o carro estava com o Auto Pilot (sistema de direção semiautônoma da Tesla) no modo ligado.

Na gravação, publicada no canal Rede Caparaó, no Youtube, o rapaz que flagrou a situação tenta, então, acompanhar o Tesla e mostrar a posição do banco e das mãos do condutor. ”Esse é o futuro”, exclama em determinado momento, surpreso com o que via.

 

Tesla Model 3 assinatura

Tesla/Divulgação

Sistema atual exige mãos no volante

Apesar da repercussão, essa é uma ocorrência muito séria. Isso porque, de acordo com a própria Tesla, o sistema atual, considerado como nível 2, exige que os condutores mantenham as mãos no volante. Ou seja, a tecnologia funciona, apenas, para um melhor auxílio ao motorista – e não de forma 100% autônoma.

Nesse caso, oito câmeras e doze sensores permitem ao veículo acelerar, fazer curvas e frear automaticamente dentro da faixa. Contudo, o próprio site da marca alerta que ”os recursos requerem supervisão ativa do motorista e não torna o carro autônomo”.

 

Tesla Model 3

Divulgação/Tesla

Para se ter uma ideia, apenas o nível 5, que está sendo desenvolvido pela montadora americana, não exigiria intervenção humana. Sendo assim, deixaria de ser ”semiautônomo”.

Na gravação, publicada no canal Rede Caparaó, no Youtube, o rapaz que flagrou a situação tenta, então, acompanhar o Tesla e mostrar a posição do banco e das mãos do condutor. ”Esse é o futuro”, exclama em determinado momento, surpreso com o que via.

Tesla Model 3 assinatura

Tesla/Divulgação

Sistema atual exige mãos no volante

Apesar da repercussão, essa é uma ocorrência muito séria. Isso porque, de acordo com a própria Tesla, o sistema atual,  considerado como nível 2, exige que os condutores mantenham as mãos no volante. Ou seja, a tecnologia funciona, apenas, para um melhor auxílio ao motorista – e não de forma 100% autônoma.

COMEÇOU o Feirão de Black Friday da GOL LINHAS AÉREAS!

por fernandosiqueira

 

Caso não consiga visualizar este e-mail, clique aqui.
GOL
OFERTAS SITE GOL SMILES
feirão gol black friday gol 20 anos
Parcelamento em até 12x sem juros no cartão Mastercard
Ofertas que vão
ficar para a história
trechos nacionais a partir de: R$ 99,90* | *taxas inclusas! Consulte condições internacional ida e volta a partir de 12x s/juros de: R$ 100,90* | valor total: R$ 1.210,80 | *taxa de embarque já inclusa na 1ª parcela Consulte condições
Parcele em até 21x sem juros nos cartões Santander
corre lá para não perder essas ofertas!
O recado é rápido:
CORRE!!!
O Feirão de Black Friday GOL já começou e, se eu fosse você, não
perderia essa oportunidade. A sua próxima viagem pelo preço que
você esperou o ano todo começa agora e, você voa ainda esse ano
ou em 2022!
Não deixe para depois, é só até domingo!
COMPRE AGORA
Voos regionais
voe pass
Voando para todos os cantos e,
na Black Friday, com ainda mais
descontos. Vem aproveitar.
Confira
Mais milhas para você
gol smiles
Aproveite para se cadastrar na
Smiles, acumular milhas e
trocar por benefícios incríveis
na sua viagem.
Confira
#seupresente
GOL. Novos tempos no ar, sempre.

Novo Honda City sedã entra em pré-venda, veja todos os preços e versões

por fernandosiqueira

 

Os preços partem de R$ 108.000,00. Novo Honda City entra em pré-venda com três versões disponíveis. A sedã será entregue a partir do próximo mês de dezembro

 

Honda_City-modelo 2022
              Primeiras unidades do novo Honda City serão entregues em dezembro. FOTO: divulgação/Honda

Coluna do Fernando Calmon, jornalista automotivo

25 25Etc/GMT+3 novembro 25Etc/GMT+3 2021 por fernandosiqueira

NOVO CITY MUDA RUMOS
DA HONDA NO BRASIL

A Honda fez um movimento amplo e audacioso na sua linha de modelos no Brasil. Ao mesmo tempo em que lançou a quinta geração (terceira no Brasil) do sedã City, apresentou também o City hatch, além de descontinuar a produção local do Fit e do Civic. Este será importado em 2022 em versão híbrida. O Fit, apesar de considerado um hatch de teto alto no exterior, aqui o mercado o enquadrava como monovolume. O inédito City hatch substitui o Fit. Entregas só começam em março de 2022 e preços a definir.

O sedã custa bem mais agora, entre R$ 108.300,00 e R$ 123.100,00, todos com câmbio automático CVT de sete marchas, a partir de janeiro. A Honda afirma que ele cresceu em todas as dimensões, mas a distância entre eixos (2,60 m) continuou a mesma, igual à do Onix Plus e 5 cm menor que a do Virtus. Em relação ao City anterior ficou 5,3 cm mais largo e 9,4 cm mais longo, porém perdeu um pouco de espaço no porta-malas (519 litros; antes 536 litros somando volume abaixo da tampa do assoalho).

Em termos de estilo a evolução é marcante em frente, traseira e perfil. Versão de topo Touring traz faróis principais e de neblina de LED. Lanternas de LED estão nas duas outras versões. O interior também evoluiu, em especial o acabamento interno. Os bancos dianteiros oferecem mais conforto e apoio lateral. Tela multimídia de 8 pol. permite espelhar sem fio Android Auto e Apple CarPlay, mas sem carregamento por indução.

O estreante City hatch manteve todas as possibilidades de rebatimento do assento e encosto traseiros, que foram marca registrada do Fit. O espaço para pernas atrás é até maior no hatch do que no sedã.

Motor de aspiração natural inteiramente novo, bloco e cabeçote em alumínio, agora com injeção direta e duplo comando de válvulas com controle variável em admissão e escape, tuchos hidráulicos (finalmente…) manteve os 1.497 cm³ de cilindrada e ganhou 9% na potência: 126 cv (gasolina ou etanol). O motor 1-litro turbo do Virtus, por exemplo, entrega 10 cv a menos (gasolina) e apenas mais 2 cv (etanol). Torque de 15,5 kgf.m (G)/15,8 kgf.m (E) perde muito em relação ao Virtus (20,4 kgf.m) e nem tanto para o turbo de 1 litro do Onix (16,3 kgf.m/16,8 kgf.m). Retomadas, comuns no trânsito urbano, são boas, porém inferiores aos concorrentes.

O novo City ficou 5% mais econômico em relação ao anterior. Consumo na cidade, 13,1/9,2 km/l (G/E) e na estrada, 15,2/10,5 km/l (G/E). O tanque de combustível diminuiu de 46 para 44 litros (no hatch, diminutos 39,6 l). Alcance máximo do sedã em estrada é de 669 km (gasolina) contra 759 km, do Virtus e 660 km, do Onix Plus. No hatchback, alcance máximo de 585 km.

Particularidade interessante do câmbio CVT: reduz automaticamente de marcha, quando o carro detecta início de declive, a fim de poupar os freios.

Melhora importante, que também explica o preço maior, é o pacote de segurança ativa Honda Sensing, pela primeira vez em um
produto da marca fabricado aqui. City Touring inclui controle de cruzeiro adaptativo, acionamento do freio ao detectar possível
acidente frontal (veículos e pedestres), assistência de permanência em faixa, mitigação de evasão de pista e troca automática de farol alto/baixo. Há seis airbags de série nas três versões.

ALTA RODA

BMW aumenta a aposta no Brasil. Investirá R$ 500 milhões nos próximos três anos na fábrica de Araquari-SC. Além dos novos X3 e X4, produzirá outro modelo, inédito, ainda não revelado pela matriz. Adianto que será um SUV, mas como já existe a nomenclatura completa (X1 a X7) deve se acrescentar uma letra para diferenciá-lo. Land Rover também anunciou a volta agora da produção do Range Rover Evoque, na fábrica de Itatiaia (RJ) com recontratação de funcionários.

QUARTA geração do Audi A3 chega sem distinção de preços básicos entre hatch e sedã: R$ 229.990 (motor 1,4 L/150 cv; câmbio automático, 8 marchas) e R$ 264.990 (2 L/190 cv; câmbio automatizado de duas embreagens, 7 marchas). Avaliei as duas versões, em roteiro rodoviário. Mesmo o A3 de menor potência (motor igual ao fabricado aqui) entrega desempenho honesto. Distância entre eixos não mudou, porém o sedã ficou 4 cm mais comprido. Interior refinado, quadro de instrumentos digital (12,3 pol.), bancos dianteiros 2 cm mais baixos e alavanca seletora do câmbio substituída por botão de formato diferenciado.

PICAPE mexicana Ford Maverick, a ser lançada em fevereiro próximo, terá opções como capota marítima elétrica e caçamba com caixas de armazenamento e abertura assistida da tampa. Assento do banco traseiro é rebatível para trás. Preço estimado na faixa de R$ 200.000,00.

KIA STONIC aproveita, a exemplo de outras marcas, a brecha da política brasileira de incentivos e lança o considerado “híbrido leve”. Trata-se do conhecido (há 20 anos) alternador reversível com bateria de 48 V. As vantagens: sistema silencioso desliga-liga do motor, acréscimo de 1,7% na potência e de 19% no torque, além do modo roda-livre para economia de combustível. O SUV compacto sul-coreano tem linhas atraentes e bom espaço interno. R$ 149.990,00.
____________________________________________________________
www.fernandocalmon.com.br

Jaguar Land Rover celebra a retomada da produção do EVOQUE no Brasil

24 24Etc/GMT+3 novembro 24Etc/GMT+3 2021 por fernandosiqueira

 

  • A Jaguar Land Rover apresentou, dia 23 do mês em curso, o primeiro “Evoque” da nova geração produzido em território nacional em uma cerimônia que contou com a presença dos executivos François Dossa, Diretor Executivo de Estratégia e Sustentabilidade da JLR no Reino Unido, Martin Limpert, Diretor Região Overseas, e Frédéric Drouin, Presidente da JLR América Latina e Caribe.
  • Além dos executivos, o evento teve a presença do time de embaixadores da JLR, formado por Cauã Reymond, Paula Fernandes, Sérgio Waib, Henrique Avancini e Cacá Bueno.
  • Reforçando a estratégia de longo prazo da marca para o País, o Range Rover “Evoque” será produzido ao lado do Discovery Sport na linha de produção da fábrica de Itatiaia, no Estado do Rio de Janeiro.
  • Com a nacionalização, o modelo passa a oferecer duas versões com motor FLEX turbo de alto desempenho.
  • Para a produção do modelo no Brasil, a fábrica em Itatiaia recebeu importantes aprimoramentos e se estabelece como uma das unidades fabris de mais alto nível da Jaguar Land Rover no mundo.
  • O retorno da produção do “Evoque” também contribuiu para a contratação de novos colaboradores que, hoje, superam a marca de 400.

 

Itatiaia, Rio de Janeiro, 23 de novembro de 2021.  A Jaguar Land Rover realizou, dia 23 do mês corrente, um evento para celebrar a retomada da produção do Range Rover Evoque no Brasil. O evento contou com a presença de François Dossa, Diretor Executivo de Estratégia e Sustentabilidade da JLR no Reino Unido, Martin Limpert, Diretor Região Overseas, e Frédéric Drouin, Presidente da JLR América Latina e Caribe. O SUV premium que revolucionou o mercado no lançamento de sua primeira geração, há 9 anos, teve sua primeira unidade 2022 tirada direto da linha de produção pela dupla de embaixadores da Land Rover, Paula Fernandes e Cauã Reymond. Os convidados puderam conhecer de perto a primeira unidade do Evoque em solo nacional e ainda conferir um pocket show de Paula Fernandes.

 

Evoque retoma produção no Brasil

Itatiaia, Rio de Janeiro, 23 de novembro de 2021 – A Jaguar Land Rover realizou, nesta terça feira (23), um evento para celebrar a retomada da produção do Range Rover Evoque no Brasil. O evento contou com a presença de François Dossa, Diretor Executivo de Estratégia e Sustentabilidade da JLR no Reino Unido, Martin Limpert, Diretor Região Overseas, e Frédéric Drouin, Presidente da JLR América Latina e Caribe. O SUV premium que revolucionou o mercado no lançamento de sua primeira geração, há 9 anos, teve sua primeira unidade 2022 tirada direto da linha de produção pela dupla de embaixadores da Land Rover, Paula Fernandes e Cauã Reymond. Os convidados puderam conhecer de perto a primeira unidade do Evoque em solo nacional e ainda conferir um pocket show de Paula Fernandes.

“Estamos muito felizes em retomar a produção de um veículo tão emblemático como o Evoque em solo nacional. Muito além de um carro, o Evoque traduz a essência da marca Land Rover, entregando uma visão de luxo moderno através do design, da qualidade e da eficiência”, comenta Frédéric Drouin, Presidente da Jaguar Land Rover América Latina e Caribe. “Outro ponto importante a destacar é a presença de executivos como François Dossa e Martin Limpert nessa cerimônia, uma atitude que mostra o compromisso global da marca Jaguar Land Rover com o Brasil”, completa Frédéric.

O Range Rover Evoque será produzido em Itatiaia ao lado do Discovery Sport. Para a produção do modelo, a fábrica passou por um robusto processo de modernização e, com isso, o Evoque nacional conseguirá entregar o mesmo grau de tecnologia, luxo e conforto que a família Range Rover entrega em todo o mundo.

O nível de empregos na fábrica agora ultrapassa a marca de 400 funcionários e, como parte da modernização, a unidade inaugurou também este ano a Clínica de Restauração, uma operação exclusiva para a restauração de carros clássicos da Land Rover na planta de Itatiaia.

Nova plataforma

A nova geração do Range Rover Evoque é montada com a mesma plataforma apresentada na versão importada, que introduziu novos itens de tecnologia e agregou ainda mais conforto ao veículo. Além das tradicionais cores exteriores Branco Fuji, Preto Santorini, Vermelho Firenze e Cinza Eiger, agora no modelo 2022 foram apresentadas três novas opções de cores exteriores: Branco Ostuni Pearl, Prata Seoul Pearl e Azul Portofino, sendo que as duas últimas são pinturas da paleta especial metálica premium.

Com motor Ingenium turbo 2.0L FLEX com quatro cilindros de 250cv de potência, torque de 356Nm e aceleração de 0 a 100 em 7,5 segundos, o Evoque 2022 chega em duas versões: SE e R-Dynamic HSE, ambas com especificações que garantem a capacidade off-road do veículo, como tração integral e sistema Terrain Response 2. Ainda, as duas versões contam com novo design de rodas, teto solar panorâmico, sistema de som Meridian e experiência digital na cabine totalmente aprimorada com a introdução do novo sistema de infoentretenimento, o PIVI PRO. A central já está à disposição do usuário logo que o carro é ativado, graças ao sistema de dados e à bateria independentes.

No Evoque R-Dynamic HSE, o modelo já inclui em seu pacote de itens de série revestimento dos bancos em couro Windsor, revestimento estendido em couro no painel e nas portas, além de Controle de Cruzeiro Adaptativo, câmera 360º e função Capô Transparente (ClearSight Ground View), um sistema de câmeras inteligentes que permitem ao motorista visualizar o terreno à sua frente, logo abaixo do capô. O Sensor de Profundidade (Wade Sensing), sistema que monitora a profundidade da água, perfeito para a travessia de rios e pequenos alagamentos, completa o pacote de equipamentos do veículo.

A edição 2022 do Range Rover Evoque está prevista para chegar em dezembro no mercado brasileiro, com a versão SE custando R$ 377.950,00 e a R-Dynamic HSE R$ 407.950,00.

Mercado de luxo

A linha nacional da Land Rover está ainda mais forte, unindo a força do Discovery Sport, em suas duas motorizações, a diesel e FLEX, sendo um dos SUVs premium pioneiros, com a opção de 7 lugares, no segmento, presente no país desde 2016. O Evoque, que esteve na linha de produção local entre 2016 e 2019, retornará a Itatiaia fortalecido, aumentando sua presença no segmento premium desde seu lançamento e registrando importantes números de vendas no mercado brasileiro.

Buscando aumentar ainda mais sua presença no mercado em 2021, a marca lançou recentemente importantes novidades: o Range Rover Velar – agora com nova motorização, seis cilindros em linha –, o Discovery e o Range Rover Sport – ambos com novo motor diesel também seis cilindros em linha de 300cv –, o Discovery Sport – com novos equipamentos e motor diesel D200 – e o Evoque.

Com a linha renovada, empregando toda a tecnologia, o refinamento e o desempenho da marca, e o novo momento de transformação, com a produção nacional do Evoque, a Jaguar Land Rover, com sua rede de 39 concessionários, reforça seu compromisso com o país, ressaltando a importância do mercado brasileiro em sua estratégia global.

Sobre a Jaguar Land Rover

A Jaguar Land Rover é a maior fabricante automotiva do Reino Unido, construída em torno de duas icônicas marcas de carros britânicos: a Land Rover – fabricante líder mundial de veículos premium de tração integral – e a Jaguar – uma das principais marcas de luxo do mundo, além de ser a primeira marca a oferecer um SUV de desempenho totalmente elétrico premium, o Jaguar I-PACE.

A Jaguar Land Rover, é impulsionada pelo desejo de entregar veículos líderes de classe, proporcionando experiências que as pessoas amarão por toda a vida. Seus produtos são demandados em todo o mundo e, em 2020, vendeu 425.974 unidades em 127 países.

É uma empresa britânica com dois grandes locais de design e engenharia, três instalações de fabricação de veículos automotores, um Centro de Fabricação de Propulsores e, em breve, será inaugurado seu Centro de Montagem de Baterias. A montadora também tem fábricas de veículos na China, Brasil, Índia, Áustria e Eslováquia. Três dos seus 7 hubs de tecnologia estão no Reino Unido, Manchester, Warwick (NAIC) e Londres, com locais adicionais em Shannon, Irlanda, Portland, Estados Unidos, Budapeste, Hungria e Changshu, China.

Tem um portfólio crescente de produtos eletrificados em toda a sua gama de modelos, abrangendo veículos totalmente elétricos, híbridos plug-in e híbridos leves, além de continuar a oferecer os mais recentes motores a diesel e a gasolina, dando aos seus clientes ainda mais opções.

A montadora está confiante de que sua estratégia abrangente, um pipeline emocionante de veículos líderes de mercado e uma abordagem inovadora para tecnologia e mobilidade que a fará continuar a progredir em direção ao Destino Zero, sua missão de moldar a mobilidade futura com zero emissão, zero acidente e zero congestionamento.

Veja os 5 principais golpes na compra de carros seminovos e usados pela internet

23 23Etc/GMT+3 novembro 23Etc/GMT+3 2021 por fernandosiqueira

 

Por Gustavo Braga, diretor de comunicação da Carupi 

O mercado de compra e venda de veículos seminovos e usados teve um crescimento alto, de 55% no acumulado deste ano, de acordo com a Fenauto (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores).

Esse cenário fez a quantidade de golpes aplicados na compra desses carros pela internet aumentar em diversas regiões do País. No sul de Minas, por exemplo, foram registrados 140 golpes pela Polícia Civil, 7,6% a mais que no mesmo período do ano anterior.

Confira alguns deles a seguir e preste atenção para não se tornar a próxima vítima. 

  1. O golpe do sinal: aquele anúncio que parece bom demais para ser verdade talvez não seja mesmo. Esse é um dos mais recorrentes na internet: o criminoso por trás da negociação solicita um “sinal” em dinheiro antes mesmo de mostrar o veículo, pois justifica que outras pessoas também desejam o veículo e a procura é grande, já que a oferta é tentadora. Provavelmente, não há mais ninguém interessado pelo automóvel e o suposto vendedor só faz isso para conseguir, ao menos, uma parte do seu dinheiro, porque sabe que, se for descoberto, acabará sem nada.
  2. Foto falsa: é comum encontrar anúncios incríveis, com fotos lindas, mas, quando o negócio é concluído e o veículo é entregue – isso se for entregue – o carro não era nada do que foi apresentado. Em geral, estelionatários tiram fotos de automóveis de concessionárias, usam imagens da internet ou utilizam programas de edição para deixar o carro em perfeito estado e chamar sua atenção, e compradores desatentos podem ser presas fáceis desse tipo de armadilha.
  3. Veículo de locadora: o suposto vendedor vai até uma locadora de automóveis, aluga um carro por determinado período, cria um documento falso com ajuda de “despachantes amigos” e anuncia o veículo na internet. Quando surge um interessado e ele confere o documento no nome do anunciante, considera ser uma venda real e deposita o valor pedido pelo carro. No entanto, quando o veículo perde sua validade na locadora e não é devolvido, ele fica bloqueado e a justiça é acionada.
  4. Carro apreendido: uma situação similar à do carro de locadora é a do veículo apreendido. A promessa dessa cilada é que o vendedor garante comercializar automóveis sob controle da polícia, que estão em processo de leilão por conta de falência, bloqueados por falta de pagamento e com excesso de multas – ou seja, todos aqueles veículos que ficam no famoso “pátio”. Atraídas pela oferta chamativa, muitas pessoas ainda caem nessa armadilha, efetuam o pagamento antecipado antes de receber o carro e acabam sem sequer vê-lo, já que o falso anunciante desaparece com o dinheiro, sem possibilidade de contato.
  5. Test-drive: o criminoso se passa por um comprador e se mostra muito interessado em um anúncio. Provavelmente, ele insistirá bastante em ver o carro para se certificar de que está tudo certo, e vai solicitar um test-drive. É aí que mora o perigo. Ao sair com o automóvel para testá-lo, o sujeito foge e nunca mais retorna.

    Diante de tantos golpes – alguns tão bem planejados que se torna difícil identificá-los com a antecedência necessária –, atitudes preventivas podem evitar esses episódios, por exemplo, de forma alguma fazer pagamentos antecipados de modo a garantir a reserva do veículo.

    Negociar carros usados em sites confiáveis é essencial para não cair em armadilhas inesperadas e se ver enganado. A tecnologia faz com que inúmeras plataformas para compra e venda de veículos usados apareçam na internet, mas não dá para confiar que todas terão seus vendedores verificados. Evite negociar em sites dos quais nunca ouviu falar e não tenha recebido recomendações.

    Felizmente, hoje é possível encontrar sites especializados na compra e venda de automóveis na internet, que oferecem serviços confiáveis e que não colocam você em emboscadas.