I Feirinha de Mangaio acontece na Ladeira do Sol

25 de março de 2017 por Cinthia Lopes

Instrumentista Carol Benigno participa do evento. Foto: Facebook

Instrumentista Carol Benigno participa do evento. Foto: Facebook

Neste sábado, na Ladeira do Sol, também conhecida como av Pres. Getúlio Vargas, terá a 1ª edição da Feirinha de Mangaio & Baile Afro-Nordestino neste fim de semana. O evento terá bancas com livros, cordel, discos, e bazar de roupas e artesanato.

Participação do Wendel Rodrigues e Akanguaçu, trazendo a Oficina de Peteca. Durante a feirinha rolará o Baile Afro-Nordestino, com os grupos- musicais tocando do baião ao reggae, do coco ao funk.

O som ficará a cargo do DJ Russo Camarão Nativo, Ponta de Lança Potiguar, Pupila Tosh, Estado Poesia, Grupo Foco de Luz, Carol Benigno, e Bando Baião de Nós.

Veja como se inscrever no NordesteLab 2017, evento voltado para o mercado regional audiovisual

22 de março de 2017 por Cinthia Lopes

Nordeste-Lab-600x400Na próxima sexta-feira, 24, o Secretário de Politicas de Financiamento da Ancine, Paulo Alcoforado, apresenta o painel “Política pública para games – Fundo Setorial do Audiovisual – Ancine” em evento que também marca o lançamento da terceira edição do NordesteLab, plataforma de articulação, desenvolvimento e geração de negócios no mercado audiovisual regional. O evento acontece a partir das 14h, no Auditório do SEBRAE (Av. Sete de Setembro, 261 – Mercês, Salvador).

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pela internet. O evento voltado para produtoras, estudantes e profissionais do mercado audiovisual, e aberto ao público em geral, é uma realização do Laboratório Audiovisual, coordenado por Daniela Fernandes, Gabriel Pires e André Araújo, com apoio do SEBRAE e da SecultBA, através do Fundo de Cultura da Bahia.

O NordesteLab, que este ano conta com a curadoria do cineasta baiano Pola Ribeiro e do produtor pernambucano Chico Ribeiro, da REC Produtores Associados, surgiu com o objetivo central de fomentar o mercado audiovisual nordestino, através de pesquisas, atividades de formação e da promoção de encontros entre empresas produtoras, produtores independentes e agentes nacionais e internacionais do mercado audiovisual, como canais de televisão, programadoras e distribuidora de filmes, fortalecendo a troca de conhecimento, distribuição e a comercialização de produtos audiovisuais.

No evento, além da apresentação de Paulo Alcoforado, serão anunciadas as datas e inovações previstas para o NordesteLab 2017.

Em 2016, coletivos audiovisuais do RN participaram do NordesteLab em Salvador.

Para se inscrever acesse aqui

Três concertos para fechar o mês de março

por Cinthia Lopes

A temporada de concertos e recitais aquece este início de ano letivo nas principais entidades voltadas para o ensino da música. No último sábado, foi a estreia dos concertos da Orquestra da UFRN. Até dia 29, passarão pelos palcos concerto de canto popular da UFRN, Orquestra Sinfônica do RN convida o pianista Durval Cesetti e o Sesc Recitais e Amigos do Piano. Confira:

Sesc Recitais e Amigos do Piano em tributo a Johann Sebastian Bach

Orquestra de Cordas da Funffec é uma das mais atuantes

Orquestra de Cordas da Funffec é uma das mais atuantes

Promovido pelo Sesc em parceria com o projeto Amigos do Piano, será apresentado o Concerto Johann Sebastian Bach nesta quarta-feira, 22, noTeatro Dix-huit Rosado, em Mossoró. A entrada é gratuita. Quem quiser pode contribuir com doações financeiras para a compra de um novo piano para o projeto Amigos do Piano. A apresentação contará com participação de músicos potiguares e paraibanos, fazendo um passeio pela obra do compositor alemão.

Integram a apresentação a Camerata de Cordas da UERN; a Orquestra FUNFFEC de Luis Gomes/RN, sob a regência dos maestros Isac Rufino e Leandro Oliveira; os solistas Keyvson Danilo (violino), Lucas Carvalho (violão) e Joabe Willamys (piano), além da participação especial da violoncelista paraibana Luz Yanaina e do grupo “Música Sacra na História”, coordenado pelo professor Henderson Rodrigues.

Pedro Mendes é homenageado em “Sonho Concreto”

A turma de canto popular da Escola de Música da UFRN (EMUFRN) apresenta, no dia 29 de março, o espetáculo que homenageia o cantor, violonista e compositor18-03-201711VIV foto luana tayze potiguar Pedro Mendes. O evento ocorre às 19h, no auditório Onofre Lopes, os ingressos estão sendo vendidos na Secretaria de Eventos da EMUFRN, nos valores de R$ 20,00 (Inteira) e 10,00 (Meia).

Os sucessos do compositor de Linda Baby serão interpretados por Ágata Menezes, Anna Leandro, Camila Masiso, Daniela Fernandes, David Henry, Jaque Moraes e Nayara Freire, com a participação de importantes profissionais da música, tais como Diogo Guanabara (bandolim e violão), Franklyn Nogvaes (arranjos e contrabaixo) e Jorge Lima (percussão), sob a coordenação das professoras Claudia Roberta Cunha e Maria Clara Gonzaga, que também é a pianista do evento. A canção que dá nome ao show foi a primeira composição de Pedro Mendes, escrita há exatos 40 anos.

Pianista Durval Cesetti convidado da OSRN no Quartas Clássicas
DSC_5931A Orquestra Sinfônica do Estado realiza no dia 29 seu primeiro concerto da temporada 2017 dentro do projeto Quartas Clássicas. Para a ocasião, recebe o renomado pianista brasileiro Durval Cesetti. A apresentação será realizada no Teatro Riachuelo e com a regência do maestro Linus Lerner. O concerto tem início às 20h, com entrada franca. Os ingressos devem ser reservados pelo www.orquestrasinfonicadorn.com.br A apresentação é viabilizada com recursos incentivados do Estado e Prefeitura, através das leis Câmara Cascudo e Djalma Maranhão, via Cosern e Unimed, além de patrocínio direto do Morada da Paz.

Especialmente para o mês de março, o público também contará com uma temporada extra no Auditório da Escola de Música da UFRN. O mesmo concerto da quarta será reapresentado gratuitamente na quinta-feira (30) e na sexta-feira (31), também a partir das 20h.

O formulário para reserva para os ingressos gratuitos do primeiro lote ficará disponível no site da Orquestra, cujo endereço é, a partir do dia 22 de março. A retirada do mesmo deve ocorrer na sede da Fundação José Augusto, localizada na Rua Jundiaí, 641 – Tirol, entre os dias 27 e 28. O segundo lote será liberado no dia doconcerto, a partir do meio dia, na bilheteria do Teatro. Cada CPF apresentado dá direito a um par de ingressos.

Nesta nova temporada, o Quartas Clássicas segue com a campanha de arrecadação de livros que será contínua ao longo de todas as apresentações do ano. A ação visa ajudar a Fundação José Augusto (FJA), que está ampliando o acervo das bibliotecas nas Casas de Cultura do Estado, e receberá as doações de livros literários.
Xxx

Mostra do Cineclube exibe filmes de três grandes diretores

21 de março de 2017 por Cinthia Lopes

cinzas_diamantesO Cineclube Natal abre sua temporada de mostras temáticas de 2017 com um tributo a cineastas falecidos nos últimos meses. Andrzej Wajda, Abbas Kiarostami e o ator Alan Rickman – em sua pouco conhecida faceta de diretor – serão homenageados com a exibição de filmes com argumentos e estéticas bastante distintos. A mostra tem início dia 28 de março e segue até o dia 30, sempre às 18h30, no Teatro de Cultua Popular Chico Daniel, da Fundação José Augusto [av Jundiaí, Tirol].

O longa que abre a mostra é o mais conhecido do polonês Andrzej Wajda, “Cinzas e Diamantes”, que encerrou a trilogia do diretor sobre a II Guerra Mundial. Com roteiro de Jerzy Andrzejewski, inspirado em seu livro de memórias, o filme tem como protagonista um militante da Resistência nos últimos momentos de ocupação nazista sobre território polonês. Membro de um grupo que se opõe ao regime comunista, Chelmincki recebe a incumbência de assassinar um líder do partido e entra crise: cumprir a ordem ou rebelar-se, num momento em que, ao final da guerra, os conflitos perdiam o sentido?

O filme foi considerado uma ode contra o absurdo da guerra, e o livro que lhe serve de argumento se tornou uma das obras literárias mais incentivadas pelo governo comunista que se seguiu à Segunda Guerra Mundial. Cinzas e Diamantes recebeu o prêmio FIPRESCI, da Associação Internacional de Críticos, no Festival de Veneza de 1959.Na quarta-feira, 29, a mostra dá espaço a “Gosto de Cereja”, do iraniano Abbas Kiarostami, morto em julho de 2016.

Kiarostami tinha uma famosa frase que dizia que seus filmes representam muito mais o Irã do que qualquer noticiário midiático. Pois é em filmes como Gosto de Cereja, Close Up e Vida e Nada Mais, que o diretor, propondo uma fronteira permeável entre o documentário e a ficção, constrói personagens com realismo e mistério. A narrativa se passa quase toda no carro do senhor Badii, que busca alguém que atenda ao seu pedido de auxiliá-lo em seu suicídio, conferindo o sucesso do projeto e enterrando-o em seguida.

A ostra “Memória e Nostalgia” termina no dia 30, com um filme de 1997 de Alan Rickman, ator conhecido mundialmente por seu papel em comédias inglesas e na saga Harry Potter, como o professor Snape. Rickman dirige, em “Momento de Afeto”, as atrizes Phillyda Law e Emma Thompson, que no filme e na vida são mãe e filha.

Constituído por quatro núcleos narrativos, nos quais os personagens tentam lidar com as agruras de envelhecer, o filme aposta em questionamentos chave da maturidade: os bloqueios nos relacionamentos, as dificuldades para chegar ao perdão, a falsa concepção de plenitude.

Um longa metragem que encerra em si as intenções da mostra, e que abre passagem para um tema que será retomado no final do ano: filmes dirigidos por atores.

As exibições da mostra “Memória e Nostalgia” terão início sempre às 18h30, no Teatro de Cultura Popular Chico Daniel, da Fundação José Augusto e para entrada é sugerida uma taxa de manutenção, não obrigatória, de R$ 5.

Fonte: Release

Secretaria do Audiovisual vai apoiar produção de youtubers

16 de março de 2017 por Cinthia Lopes

Categoria do edital destinada a produção para mulheres homenageia a pioneira produtora, atriz e diretora de cinema Cárnen Santos

Categoria do edital destinada a produção para mulheres homenageia a pioneira produtora, atriz e diretora de cinema Cárnen Santos

A Secretaria de Audiovisual do Ministério da Cultura pretende lançar ainda neste semestre um pacote de sete editais para o setor. A ideia é valorizar novos talentos e incentivar potenciais regionais.

Alguns dos editais são inéditos, como o que é voltado para jovens youtubers (espécie de blogueiros em vídeo), no sentido de desenvolver canais culturais na internet. O outro inédito é direcionado para criação de aplicativos culturais.

Também serão publicados editais de longa-metragem documentário; curta-metragem; mostras e festivais; desenvolvimento de roteiro; e de credenciamento de especialistas.

No edital de curta-metragem, a novidade será a modalidade Cármen Santos, para beneficiar projetos dirigidos por mulheres.

Os editais devem sair no primeiro semestre. Os investimentos e número de vagas ainda não foram divulgados. O MinC não lança editais para o setor de audiovisual com recursos próprios desde 2011.

Em convênio com Ancine, Fundação José Augusto anuncia edital de fomento ao audiovisual

13 de março de 2017 por Cinthia Lopes

Augusto Ribeiro Júnior, realizador do primeiro longa potiguar Boi de Prata, dá nome ao edital. Foto Arquivo TN

Augusto Ribeiro Júnior, realizador do primeiro longa potiguar Boi de Prata, dá nome ao edital. Foto Arquivo TN

Com poucos recursos financeiros próprios para implementar uma política de investimento na criação artística no estado, a Fundação José Augusto (FJA) resolveu apostar na parceria com o governo federal para investir no audiovisual. Através da Ancine (Agência Nacional do Cinema) a FJA vai viabilizar um edital de fomento a produção audiovisual.

O convênio segue o mesmo formato do edital Cine Natal da Secult/Prefeitura do Natal, que está em sua terceira chamada. Funciona da seguinte forma: Parte dos recursos vem do gestor local e é complementado com o dobro do valor, pelo Fundo Setorial para o Audiovisual do Governo Federal.

O Edital Boi de Prata – nome dado em homenagem ao cineasta potiguar Augusto Ribeiro Junior, diretor do longa – promete investimentos na ordem de R$ 300 mil (R$ 100 mil do Estado e R$ 200 mil da União, através da Ancine) para a realização de dois documentários e quatro medias e curtas. Nos próximos dias o edital será disponibilizado para consulta pública. O lançamento será nesta terça-feira, no TCP, durante a programação do Dia Nacional da Poesia.

 

 

 

 

Rua Ângelo Varela terá prévia carnavalesca ‘Segunda Insana’

20 de fevereiro de 2017 por Cinthia Lopes

Guitarrista Jubileu Filho comanda a Fobica

Guitarrista Jubileu Filho comanda a Fobica

Desmoralizar a segunda-feira com muito frevo e suingue afro baiano. Assim promete ser a prévia carnavalesca desta segunda-feira, na rua Ângelo Varela, no Tirol.

A “Segunda Insana Carnavalesca” será realizada pela Associação dos Moradores da Praça Assis Chateubriand em parceria com a Beju Produções, no trecho onde funcionam os bares Dom Vinícius, Dom Miguel, Armazém Tirol e Bar do Suvaco.

A festa começa às 18h e será animada pela Banda da Praça e o grupo Frevo do Xico, comandado pelo maestro Chico Bethoven. Destaque ainda para o show da Fobica do Jubila, novo projeto que valoriza a guitarra baiana do multi-instrumentista Jubileu Filho, acompanhado de Erick Firmino (contra-baixo), Cacá Velloso (Guitarra), Silvio Franco (Bateria) e Alexandre (voz).

O acesso custa R$ 30,00 e pode ser adquirido antecipadamente na Loja Divina, Rua Hemetério Fernandes, 1000, Tirol. Haverá também venda na hora.

Oito modelos de vestir a arte impressa em camisetas de blocos

16 de fevereiro de 2017 por Cinthia Lopes

A mais democrática vestimenta para o carnaval é, sem dúvida, a camiseta. Ela é versátil e pode ser customizada, além de trazer impressa o trabalho de um artista ou designer.

No carnaval de Natal, o número de blocos já ultrapassa uma centena e muitos dispõem de camisetas para vender. Quem compra uma peça não só ajuda a arrecadar parte da grana para os gastos da agremiação, mas também tem acesso a algumas regalias, dependendo do bloco, como a entrada de bailes e shows privativos. Algumas peças são tão bonitas e criativas que vão além do carnaval, sendo uma peça para vestir no dia-a-dia.  Blog do VIVER resolveu listar algumas camisetas ainda disponíveis para compra.

Arte de Fernando Gurgel na camiseta do bloco Se parar eu caio

Arte de Fernando Gurgel na camiseta do bloco Se parar eu caio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bloco Se parar eu caio

Arte: Fernando Gurgel
Saída: Dia 21.02, 17h, do largo do Arheneu. Chegada/Baile: Clube de Radioamadores.

Atrações: Frevo do Chico, Fobica do Jubila, Pedro Lucas
Preço : preço de 50,00 (primeiro lote). Vendas na Sunline turismo (av. Prudente de Moraes, em frente ao Nordestão do Tirol – Tel.: 3211 5919).
A camiseta é um trabalho assinado pelo renomado artista plástico Fernando Gurgel. O desenho em preto e branco foi impresso em fundo amarelo, valorizando os traços do artista. O cenário é icônico e apresenta o bairro de Petrópolis com o colégio Atheneu em destaque. Um item para usar também pós carnaval. A camiseta dá acesso ao baile.

 

O boi e as cores da cultura popular ilustram a camiseta regata da Banda do Siri

O boi e as cores da cultura popular ilustram a camiseta regata da Banda do Siri

Banda do Siri
Saída: Dom (26) e 3ª feira (28.02) às 16:30 da Praça do Cruzeiro
Arte: Douglas
Preço: 20,00, à venda no Bar Pé do Gavião, na Redinha Velha
Com 29 anos animando o carnaval da Redinha antiga, a Banda do Siri desfila em clima pé no chão, no formato é democrático sem cordas. O folião tem a opção de comprar a camiseta ou ir com a fantasia que quiser. A animação fica por conta de banda com 50 músicos.

 

Ilustação de Suzy Leal homenageia o Morro do Careca

Ilustação de Suzy Leal homenageia o Morro do Careca

Bloco Aponta
Arte: Suzy Leal
Saída: Sábado, 18/02
Preço: R$ 50,00 (Vendas na Revistaria Atheneu, Floricultura Flor de Algodão, Curva do Vento e Old Five)
A camiseta é em homenagem a Ponta Negra. O bloco também incentiva a compra de adereços de artistas locais, como Carlos Sergio Borges. Todo semana as peças são expostas nos locais de ensaio.

Bloco homenageia o fotógrafo Eduardo Alexandre Garcia

Bloco homenageia o fotógrafo Eduardo Alexandre Garcia

 

Bloco Não Empurre, não!
Arte: Desenho Franklin Serrão e arte final Marcinho
Preço: R$ 25,00 (à venda no Sebo Balalaika no Centro dá Cidade)
Saída: Sábado, 18.02, às 16h
Este ano o bloco faz uma homenagem ao fotógrafo e pesquisador Eduardo Alexandre Garcia, o Dunga. A SAMBA também escolheu o Lucena para ser o Rei Momo do Beco do Lama e Valéria Torrezani para musa Beco da Lama.

 

poetasarte joao natal

Poetas, Carecas, Bruxas e Lobisomens
Arte: João Natal | Saida: Sábado 25.02, às 16h, av Praia de Ponta Negra
Preço: 45,00 (Vendas no Praia Shopping)
O mais famoso bloco da zona Sul, o Bloco Poetas, Carecas, Bruxas e Lobisomens completa 13 anos em 2017. Arrasta alguns milhares de pessoas, mas o uso de camisa obrigatória para ter acesso ao bloco, mas ela ajuda a arcar com as despesas de manutenção dos bonecos, além de ser um ótimo souvenir.

 

 

Kengas Made in China ilustra camiseta para o baile deste sábado

Kengas Made in China ilustra camiseta para o baile deste sábado

Kengas

Baile: Dia 18, sábado, no Palácio da Cultura

Desfile: dia 26.01, na Cidade Alta

Arte: Desenho de Erre Rodrigo e arte de Áquila Nícolas

Preço da camiseta: 25,00 (acesso ao baile)
Com o tema Made in China, em homenagem ao ano novo Chinês e a presença desse povo na cultura brasileira, o bloco mais irreverente do carnaval de Natal completa 34 anos e terá seu baile neste sábado, às 22h, no Palácio da Cultura. As camisetas de acesso e ingressos individuais estão a venda no local.  Tel: 3211-8589 ou 9409-4440.

Camiseta Bloco Ze reeira

Bloco do Zé Reeira
Arte: Filipe Marcus
Preço: 25,00 (Vendas Bar do Zé Reeira, rua professor Zuza, Centro).
No ano passado, por sugestão do produtor Marcelo Veni, Zé Reeira ganhou um boneco gostou tanto que este ano transformou em bloco. O bloco do Zé Reeira será dia 25, sábado de Carnaval.

 

galodosperturbados

Galo dos Perturbados
Preço: R4 20,00
Saída: 28.02, Cidade Alta
Maior bloco itinerante de rua da Cidade Alta, o Galo dos Pertubados circula na terça-feira (28), com saída da rua Padre Pinto, no Bar do Naldo que fica no final da Metropolitana. Animação de Pedro Mendes e banda de frevo com 40 músicos

Inscrições para o #PrêmioDosinho de marchinhas carnavalescas segue até 20 de fevereiro

15 de fevereiro de 2017 por Cinthia Lopes

Dosinho compôs frevos e marchinhas que viraram sucessos nacionais

Dosinho compôs frevos e marchinhas que viraram sucessos nacionais

Seguem até dia 20 de fevereiro as inscrições para o #PrêmioDosinho de Carnaval – Categoria Concurso Dosinho de Marchinhas Carnavalescas. A final para a escolha da Marchinha do Ano acontecerá no auditório do Sesc/ Cidade Alta. As inscrições podem ser feitas na fanpage do Prêmio Dosinho de Carnaval, no Facebook.

Idealizado pelo também criador do Prêmio Hangar de Música, o produtor cultural Marcelo Veni, o Prêmio Dosinho visa incentivar a criação artística no período carnavalesco em todas as suas formas de expressão. O nome do projeto presta homenagem ao compositor potiguar Claudomiro Batista de Oliveira, autor de marchinhas de carnaval e frevos que fizeram sucesso em todo o país. Falecido em 2014, ele completa 90 anos de nascimento em 2017.

O prêmio também contempla outras categorias, como melhor fantasia de folião, que será realizada de forma espontânea. A comissão de jurados será formada por diversos profissionais e artistas que vão indicar, sugerir e apontar os destaques observados nos pólos do carnaval. Em seguida uma curadoria final fará a divulgação das categorias e definirá os premiados.

Desenho de Fernando Gurgel ilustra camiseta do bloco ‘Se Parar eu Caio’

14 de fevereiro de 2017 por Cinthia Lopes

arte camiseta

O renomado artista plástico Fernando Gurgel terá sua arte estampada neste carnaval. É dele o trabalho que ilustrará a camiseta do bloco carnavalesco “Se Parar eu Caio”. O trabalho, em preto e branco, remete a um cenário de quadrinhos e mostra o bairro de Petópolis de uma perspectiva iconográfica, valorizando o colégio Atheneu, segunda mais antiga instituição do Brasil, e sua arrojada arquitetura de João Vitor de Holanda.

“A ideia é criar uma camisa que possa ser usada após a folia. Como uma peça de colecionador”, informa o produtor Chico Bethoven.

O “Se Parar eu Caio” desfila na semana do carnaval, na terça-feira (21), com a concentração no largo do Atheneu a partir das 16h. DJ Berto e a Fobica do Jubila vão abastecer os foliões com o melhor repertório de sucessos de carnaval, entre marchinhas, frevos de todas as épocas.

Em seguida, a Orquestra Frevo do Xico percorre a avenida Campos Sales até a rua Ceara-Mirim, com parada em frente à Fundação Hélio Galvão. O bloco percorre mais um quarteirão da av Rodrigues Alves e chega ao Clube de Radioamadores, vizinho à Cidade da Criança. Informações pelo Tel.: 3211 5919).