Hoje a Declaração Universal dos Direitos Humanos completa 70 anos e eu lembrei de um livro que comprei para os meus filhos há alguns anos. “Declaração Universal dos Direitos Humanos”, adaptado por Ruth Rocha – um dos maiores nomes da literatura infantil do país –  e ilustrado por Otávio Roth.

O livro é incrível. A linguagem é simples e direta, voltada mesmo para os pequenos. Minha filha de 3 anos já acompanha super bem. O de 5 já faz questionamentos mais profundos. E vê-los pensando sobre questões sociais e individuais de uma forma lógica e coerente é maravilhoso. O diálogo é a base da educação e os livros proporcionam esse diálogo da forma mais simples e menos forçada.

9788516090869

O livro fala de Direitos Humanos, mas não se preocupe: quando você for lê-lo para seu filho, você não vai dizer que é certo soltar bandido ou que tem que passar a mão na cabeça de quem faz errado. Não é isso! Você só vai ter a oportunidade de conversar com ele sobre Dignidade Humana e valores como igualdade e respeito. Que todos nós, independente da classe, cor, idade e religião, temos direitos e deveres – que precisam ser respeitados pelos indivíduos e pelos governos. E quanto mais cedo as crianças começarem a perceber que não são o centro do mundo, que existe O OUTRO, melhores serão como adultos no futuro.

Você não precisa ler todo de uma vez. A ideia é ir lendo um pouquinho por dia e conversando sobre o que leram. Funciona super. E vale muito a pena.