DicasTelevisão

Desenhos que estimulam a igualdade entre meninos e meninas

Não é preciso ser pai, mãe, nem nenhum especialista na área para saber que o tempo e a qualidade do a criança assiste pode definir decisivamente a visão que ela tem do mundo e das pessoas. Abordagens antigas, tradicionais e até preconceituosas estão dando espaço a séries infantis “socialmente responsáveis”.

Sim, existe vida inteligente nos desenhos animados. Filmes igualitários, longe de sexismo, que estimulam a amizade entre os sexos – e não a competitividade –, respeitando a diversidade, as diferenças e que desenvolvam a criatividade e relações positivas existem e podem ser facilmente encontrados nas plataformas de streaming ou no YouTube.
Vamos conhecer alguns?

Show da Luna
Um dos desenhos mais conhecidos dessa nova safra é uma criação brasileira – de Célia Catunda e Kiko Mistrorigo, em 2014. A protagonista é uma curiosa menina de 6 anos que adora ciência, tem um irmão mais novo chamado Júpiter e em nada se parece com as princesas dos contos infantis. Ela quer mesmo é ser cientista. Todo o roteiro incentiva perguntas, descobertas e a exploração do potencial infantil, tratando sempre de temas reais, costurados com bons diálogos entre os irmãos e a participação da família nos experimentos.

Charlie e Lola
(Desconfio enormemente que esse desenho foi inspirado nos meus filhos! Hahaha)
Lola é uma menina falante, criativa e com a imaginação muito fértil. Ela tem um irmão mais velho, carinhoso e compreensivo que a ajuda a dar asas para as suas histórias. Os dois fazem uma dupla incrível e muito bem humorada. E se tratam sempre de igual para igual e sem qualquer sombra de agressividade e sexismo. É um desenho lindo – para filhos e pais. Eu me divirto demais com esses dois.

Doutora Brinquedos
A produção da Disney (disponível no Disney Junior, SBT e Netflix) inovou ao mostrar uma protagonista negra. E não é só isso. Ela brinca de ser médica porque se espelha na profissão exercida pela mãe – um avanço também no quesito representatividade de negros na mídia. Aos poucos o desenho também vai inserindo de forma muito natural discussões sobre divisão de tarefas no lar e homoafetividade.

Meu Amigãozão
Produzido em parceria entre um brasileiro e um canadense, o desenho tem uma arte impecável, um roteiro legal e histórias que ensinam o valor da amizade, passeando por questões como egoísmo e brincadeiras que não funcionam. Cada personagem tem seu amigo e com eles vive aventuras, promovendo uma linda sensação de trabalho em equipe e de como podemos buscar experiências inusitadas em lugares óbvios.

Garota Supersábia
A protagonista é Rita Bastos, uma super-heroína que combate os vilões dando uma aula de português. Uma menina latina, que se parece exatamente com uma menina latina, caiu na Terra junto com seu macaco, O Capitão Caretas. Como se não fosse o bastante, os vilões ainda têm nomes inusitados como: Doutor Cerebro de 30 Ratos, Teodoro Tobias 3º e Dona Redundância. É um desenho muito bem produzido, escrito, divertido, com sentido e a representação dos personagens e da heroína é fantástica. Tem vários episódios disponíveis no YouTube.

E aí, vocês já conhecem esses? O que acham? Quem tiver dicas de outros me manda que eu vou atualizando o post.

Luciana Campos
E-mail: enquantoelesdormemblog@gmail.com
Twitter: @lucampos
Instagram: @lucianacampos__