Lúcio Flávio não acredita que América possa surpreender o ABC

O Campeonato Brasileiro da série C chega na metade e o fato de o América estar em pleno processo de “metamorfose”, segundo o meio-campista Lúcio Flávio, não deve se transformar numa eminente surpresa no clássico do próximo sábado, no Frasqueirão. Poucos jogadores que atuaram na partida de estreia das duas equipes na competição, estarão em campo pelo Alvirrubro, mas o capitão abecedista disse que eles estão acompanhando os últimos jogos do rival justamente no sentido de evitar alguma que eles possam pregar alguma peça.

“Eles já conhecem muito bem o ABC, que manteve o grupo e vai basicamente com a mesma formação para esse clássico. Nós também estamos acompanhando o time deles, que vem dirigido pelo treinador do Campinense, a quem o ABC também já enfrentou e sabe qual estilo de jogo que ele gosta de utilizar. Não acredito que possam surpreender o ABC, a não ser que seja por algum detalhe, que nós temos de estar preparados para neutralizar”, ressalta.

Lúcio Flávio faz um apelo para que os torcedores compareçam em maior número ao estádio, uma vez que a competição entrou em sua reta final e as partidas tendem a ficar cada vez mais difíceis. “Nós estamos tendo uma média de comparecimento de 3 mil torcedores ao Frasqueirão, nossa torcida precisa se juntar à equipe neste momento, o incentivo externo é muito importante para os jogadores e gostaria de ver pelo menos o dobro desse público médio no estádio a partir de agora. Todos sabem que a situação financeira no ABC está difícil e que a diretoria precisa do auxílio do torcedor para cumprir seus compromissos e não deixar que nada atrapalhe a caminhada do clube em busca do acesso”, afirmou.

Capitão do ABC, Lúcio Flávio, faz apelo para torcedor ajudar o ABC
Capitão do ABC, Lúcio Flávio, faz apelo para torcedor ajudar o ABC

A única dúvida do treinador Geninho é quanto ao aproveitamento de Caio Mancha. O jogador sentiu um problema na panturrilha após o treino da quinta-feira passada, viajou, mas foi vetado para enfrentar o ASA. Agora, como a contusão não é considerada muito séria, está realizando tratamento intensivo para ver se participa do treino na sexta-feira.

Segundo o médico Roberto Vital, se após os trabalhos, o atleta não voltar a reclamar de dores, será liberado para disputar o clássico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.