O sábado (25) também foi de Série C do Brasileirão. Três jogos abriram a quinta rodada da competição. Em casa, o Santa Cruz-PE venceu o ABC-RN, de virada, por 2 a 1.

Já os confrontos São José-RS x Juventude-RS e Confiança-SE e Náutico-PE terminaram com um empate em 1 a 1.

Grupo A

Confiança e Náutico fizeram um confronto bastante movimentado no Batistão. Apesar da intensidade durante todo o primeiro tempo, os gols da partida saíram somente na segunda metade do jogo.

Após cobrança de escanteio, Henrique se antecipou da marcação e cabeceou bonito para colocar os visitantes na frente, aos 15 minutos.

A vantagem não durou muito e a resposta sergipana veio na mesma moeda. Aos 21, após cruzamento na área, Bruninho, de cabeça, deixou tudo igual: 1 a 1.

No outro jogo do grupo, o Santa Cruz recebeu o ABC no Arruda e novamente a bola só balançou durante a etapa complementar. Querendo a vitória em casa, o Tricolor foi para cima, mas acabou dando espaços para o Alvinegro potiguar.

Aos 27 do segundo tempo, os visitantes saíram em rápido contra-ataque e Jefinho abriu o placar: 1 a 0. Menos de cinco minutos depois, a arbitragem assinalou pênalti para o Santa. Pipico bateu com segurança e empatou a partida.

O gol da virada do time da casa veio já nos acréscimos. Misael aproveitou uma falha da defesa adversária e garantiu os três pontos para o Santa Cruz: 2 a 1.

Grupo B

No Passo D’Areia, o duelo gaúcho entre São José e Juventude terminou com mais 1 a 1 no placar. Como tradição neste sábado, os gols do jogo saíram somente na segunda etapa.

Aos 31 minutos, Luiz Eduardo, de cabeça, colocou os mandantes em vantagem.

O Alviverde respondeu na marca dos 37. Breno encobriu o goleiro adversário para deixar tudo igual e dar número finais ao confronto.

Fonte: CBF

Comentários do Site

  1. Indignado
    Responder

    Olha, por mais que a maioria da imprensa esportiva potiguar tente dar uma suavizada, existe algo MUITO errado acontecendo nos bastidores do ABC. E já vem de algum tempo.
    Depois da revelação do Didira, que foi embora alegando que na vila só tinha mortadela com arroz gelado no cardápio, daqueles 6 x 0 aplicados pelo Guaraní-SP na semi da Série C 2016, da greve dos jogadores na Série B e do fechamento do restaurante por falta de comida, eis que o ABC vem novamente se notabilizando nacionalmente de maneira tôsca pelo fato de todo jogo levar um gol BIZARRO e SEMPRE no final das partidas.
    Prá quem não assistiu ao jogo de ontem, lendo o comentário acima imagina que foi um erro normal de jogo que gerou o gol da virada do tricolor coral. Mas que na realidade foi uma PIXOTADA vergonhosa e irresponsável do goleiro Èdson, que por sinal não é a primeira vez que apronta. E esse ”protecionismo” por parte da imprensa esportiva ao invés de manter o clima de crise em fogo de munturo, pelo contrário, acostuma mal!
    O ABC está dividido, rachado e não existe solução pelo menos á curto prazo.
    Só um idiota não percebe que no ABC tem os que querem jogar, os que já deram o que tinham que dar, os que estão apenas mantendo a forma (e jajá vão embora) e os que estão enterrando o time!
    Acusam Salton mas ele é a válvula de escape, trazendo jogador á custo zero pois ninguém quer vir arriscar jogar sem receber, num clube que está nacionalmente com fama de caloteiro!
    Suassuna vai ter muito, mas muito trabalho pela frente…tem muita coisa errada, mau explicada e devendo respostas…Se é que ele termina seu mandato!

Deixe um comentário