O América manteve todo o elenco para a Série D do Campeonato Brasileiro. No entanto, apesar de ter demonstrado confiança nos atletas que ficaram, o técnico Moacir Júnior deve promover mudanças no time para o torneio nacional. A chegada dos meio-campistas Moreilândia (volante) , Mikael (meia) e Luiz Henrique (meia) dão pistas de que a briga (boa e no bom sentido) vai ser grande no setor.

Com esses três jogadores, Moacir Júnior ganha opções, inclusive para variar o estilo de jogo. De mais veloz e vertical para mais cadenciado e com posse de bola. Esse caminho é interessante pois todo treinador gosta de ter opções para organizar seu time de formas táticas diferenciadas.

Além de todas as questões táticas existe também o fato de o clube estar negociando a saída de jogadores. Segundo informações da assessoria de comunicação do clube, Gabriel Nunes e Tony tiveram os contratos encerrados. Antony, que é das bases segue trabalhando normalmente. Sobre Galiardo não houve informações. No entanto, segundo a reportagem da rádio Globo Natal, todos negociam a ida para outros clubes.

Com um elenco pequeno, o América precisa trazer jogadores para ocupar essas vagas que ficam em aberto no grupo. Como a quarta divisão é uma das mais duras, o número de contusões e de cartões geralmente é elevado, o que torna necessário um número substancial de atletas.

Deixe um comentário