O teste de hoje, às 16h, em Feira de Santana, será o mais duro para o América, até o momento, na Série D do Campeonato Brasileiro. Não que o Bahia de Feira tenha mudado da água para o vinho, mas as variantes em torno do jogo são desafiadoras. Primeiro, a adaptação ao campo com grama sintética. Segundo, a motivação de se tratar, para o rival, de um jogo de vida ou morte, resultante do erro administrativo do “Tremendão”, que vai gerar perda de pontos. Por fim, mas não menos importante, é que, pela primeira vez, o Alvirrubro, comandado por Moacir Júnior, deve encarar, nesta Série D, um estilo de jogo diferente, com o América sendo pressionado e tendo sua defesa realmente testada.

Deixe um comentário