Antes da final escrevi que o título poderia ser definido por “centímetros” e inclui alguns detalhes que poderiam equivaler a esses “centímetros”. Pois bem, assim foi essa conquista do título de Campeonato Potiguar pelo América, nesta quarta-feira (24), na Arena das Dunas. A vitória por 2 a 1 teve lances com essas características e garantiram a festa, a emoção e claro, a polêmica.

O América vencia por 1 a 0 e, por centímetros Éwerton não salvou o gol do empate de Maurício. Os “centímetros” apareceram quando o árbitro não deu uma penalidade em cima do atacante do ABC, que, por ser um lance de interpretação, deixa dúvidas mas que, observando a jogada em câmera lenta, fica claro o toque do americano no abecedista. É a polêmica, que não pode faltar na final.

Essa centimetragem, no entanto, não parou aí. Alison, que teria cometido o pênalti, foi para o ataque e marcou, raspando de cabeça para o gol de Edson, nos “centímetros”, desculpem, instantes finais do jogo. América campeão.

E tem seus méritos. O Alvirrubro foi melhor nos dois jogos da decisão. Recuperou a hegemonia local e parte com moral para a Série D. O Alvinegro agora tenta se recompor para jogar a Série C, já no domingo contra o Náutico, no Frasqueirão.

Comentários do Site

  1. José Glaudio Henrique
    Responder

    Com esse técnico e os Seltons da vida o ABC vai para a série De. Vamos aguardar.

  2. François Cevert
    Responder

    America vence no roubo… Esse devia ser a chamada da matéria. Um pênalti no frasqueirao e outro na arena, esse é o resultado do roubo de fora… Ou melhor da arbitragem de fora.

    • Nelson
      Responder

      Perfeita a sua colocação, o que fizeram com o ABC foi criminoso! Essa direção do Japecanga não brinca em serviço, futebol é para profissional, não é para amador!

Deixe um comentário