Arenas brancas

Em meio às discussões sobre o racismo levanto uma questão, que debatemos em uma live do Leppen – Laboratório de Estudos e Pesquisas em Psicologia do Esporte de Natal/RN – LEPPEN. As novas arenas estão “branqueando” o futebol?. A pergunta refere-se ao fato de que os novos estádios, com toda a sua modernidade e, principalmente, com seus altos custos, estariam afastando o público de menor poder aquisitivo e os negros do futebol. Isso fica muito claro, o modelo reproduz tantos outros da sociedade, responsável por separar, segregar. O fim das gerais, defendida hipocritamente por levar em conta o desconforto das pessoas que ficavam de pé por horas, levaria o conforto para essas pessoas nas novas arenas. No entanto, esqueceram de baixar os preços dos ingressos. Ou seja, quem era da geral não tem mais como ir ao estádio. Isso é fomentar o preconceito sob todos os aspectos. Se as novas arenas querem realmente receber o povão de volta, os ingressos e produtos consumidos no estádio precisam baixar de preços.

Dica

No momento em que se discutem as transformações no esporte e nas atividades físicas pós-pandemia, o eMuseu do Esporte lança no dia 5 de junho a 1ª temporada da exposição internacional “Esporte e Jogos Olímpicos Pós-Pandemia: Lições De Pierre De Coubertin”. Especialistas de cinco continentes apresentam suas previsões para a próxima reinvenção do esporte. A exposição conta com o apoio do Comitê Brasileiro Pierre de Cobertin (CBPC), sediado na Universidade Católica do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. O CBPC identificou e convidou especialistas de renome internacional para apresentarem suas constatações, tendências e posicionamentos, totalizando a participação de 25 pesquisadores do esporte. A primeira temporada da exibição vai até 18 de junho. E no dia 19 de junho começa a segunda, com data até 3 de julho. Confira no: www.emuseudoesporte.com.br

Dica 1

No mês em que a Seleção Brasileira comemora 50 anos do tricampeonato mundial, o Fox Sports preparou uma homenagem de goleada. Todos os 19 gols da Seleção na Copa do Mundo de 1970 foram reproduzidos em um formato especial de animação e receberam a narração dos talentos do canal, com direito à trilha sonora de gol que já é tradicional do Fox Sports, mais conhecida sob o bordão “Toca a música!”. As homenagens começaram na noite da última quarta-feira, com os quatro tentos da estreia do Brasil contra a antiga Tchecoslováquia. As animações narradas foram exibidas durante o Expediente Futebol e o Debate Final, no exato horário em que os gols foram marcados cinco décadas atrás. As narrações especiais continuam a ser exibidas às quartas e aos domingos até dia 21 de junho durante a programação ao vivo na TV e nas redes sociais.

Espanha

O grande derby de Sevilla – Sevilla FC x Real Betis -, marcará o reinício da LaLiga Santander na próxima quinta-feira, 11 de junho, às 17h (de Brasília). Outras partidas a serem assistidas na primeira rodada desta volta (28ª da competição) incluem o derby de Valência, entre Valencia CF e Levante UD (sexta-feira 12 de junho, também às 17h) e Athletic Club x Atlético de Madrid (domingo, 14 de junho, às 8h).

Espanha 1

Embora a prioridade agora seja concluir a atual temporada, 2019/2020, a LaLiga também começou a olhar para a próxima, 2020/2021. O presidente da LaLiga, Javier Tebas, revelou nesta semana que espera iniciar a próxima campanha no dia 12 de setembro, cerca de um mês depois do que normalmente começaria.

Comentários do Site

  1. Janio
    Responder

    Itamar dois absurdos que eu ja considerava antes dos fatos terem acontecidos foram a demolição do machadão e a desativação do aeroporto de parnamirim, foram duas coisas que aconteceram no RN que inves de melhorar pelo contrario, pioraram, ou seja ali no machadão, bastava se fazer uma reforma com menos da metade do valor que foi gasto como o ARENA DAS DUNAS, e o governo poderia continuar tomando conta de uma forma ate muito mais barata do que esta sendo, mesma coisa foi no aeroporto augusto severo, so era ter ampliado, pois terreno tem de sobra, e o dinheiro seria economizado para outras coisas mais importantes.

Deixe um comentário