Assim como a vida, a bola gira e o que está em cima hoje, amanhã fica por baixo e vice-versa. Nesta quarta-feira (10), antes de a bola rolar pelo Campeonato Estadual e Copa do Brasil a tensão e negatividade estavam do lado do América. Após o encerramento da jornada, essa sensação caiu no colo do ABC.

Nesta quarta, até o apito anunciar o início do jogo no estádio Nogueirão, o Alvirrubro de Natal vinha de derrota para o ASSU e da perda da vantagem na final. Esse cenário fez com que as críticas se avolumassem e os questionamentos sobre o elenco e o técnico Moacir Júnior atingissem o nível máximo. No entanto, soprado o apito de fim de jogo, advindo o 2 a 0 sobre o Potiguar e o título do turno o ânimo mudou.

A tristeza e a desconfiança caíram no colo de Ranielle Ribeiro e companhia limitada. O ABC, que vinha de vitórias no Estadual (4 a 0 no Força) e na Copa do BR (1 a 0 no Santa) viu a situação mudar após tomar de 3 a 0, no Arruda para o Tricolor recifense. Foram embora a confiança e os R$ 2 milhões para a montagem do elenco da Série C.

Agora, nesse clima, a partir de domingo, ABC e America iniciam a decisão do Estadual. O primeiro jogo será no Frasqueirão. Isso influenciará no desempenho das equipes? Quem viver, verá.

Deixe um comentário