Ana Elizabeth Alves é professora de Nutrição e dá as dicas

Ana Elizabeth Alves é professora de Nutrição e dá as dicas

 

Mesmo em período de carnaval é possível manter alguns cuidados com a saúde para dar conta do ritmo intenso de folia de forma equilibrada. No que diz respeito à alimentação, a orientação de Ana Elizabeth Alves, professora de Nutrição da Estácio Ponta Negra, é que o folião faça refeições completas, ricas em vegetais e cereais integrais, além de boas fontes de gordura e carnes magras, optando por combinações leves, sem frituras. Dessa forma, a energia é garantida para os quatro dias de festa.

Durante a festança, com longas caminhadas debaixo do sol, nosso corpo se desidrata facilmente, perdendo água por meio do suor. Por isso, é imprescindível a ingestão de líquido durante todo o dia. “Se possível, é interessante intercalar com água de coco, que auxilia na reposição dos sais minerais perdidos com a desidratação, além de repor as energias”, orienta a nutricionista. Vale ressaltar que os sucos de frutas e chás são opções para manter-se hidratado. Mas, o recomendado é diminuir o açúcar e, se possível, não acrescentar, já que o excesso de açúcar não é saudável.

Com uma alimentação balanceada, o cuidado deve ser estendido ao corpo por inteiro. De acordo com o professor de Fisioterapia da Estácio Ponta Negra, Anderson Rodrigues, uma preparação prévia é essencial para evitar fadigas, cansaço físico, torções no tornozelo e joelho, estiramentos musculares e escoriações, decorrentes de possíveis quedas. Na lista de atividades que podem ser realizadas para o condicionamento físico antes do carnaval, estão a prática de corrida, Pilates e musculação.

Durante os dias de festa, é indicado ter paradas programadas para a recomposição física. “A orientação é organizar períodos de pausas durante o dia para evitar a fadiga e, dessa forma, procurar manter os reflexos corporais, o que diminui o risco de lesões”, aconselha o profissional, também especializado em Fisioterapia Esportiva.

Já durante a escolha do look é importante deixar de lado o salto alto e dar preferência a um bom tênis. “Esse calçado promove uma melhor estabilidade corporal e protege os pés”, explica. Para o especialista, calçados com saltos, sem amortecimento e que não cubram totalmente os pés, definitivamente não são indicados para as festas de carnaval, devido ao risco de torções e quedas.

Comentários do Site

Deixe uma resposta para Danielly Gonçalves Cancelar resposta