O volante Edimar entrou em campo, na primeira rodada da Série D, de forma irregular. O Bahia de Feira de Santana, clube do atleta foi notificado da irregularidade através de comunicação da Confederação Brasileira de Futebol – CBF. Edimar teria sido expulso no ano passado, em uma partida pelo Vitória da Conquista, seu antigo time. Cumpriu um jogo, no entanto, em seu julgamento, foi punido com dois jogos de suspensão. Como não soube, não avisou ao novo clube e acabou sendo escalado contra o América/PE, na estreia do “Tremendão”, dia 5/5, no estádio Ademir Cunha, em Pernambuco.

O time baiano perdeu o jogo por 1 a 0. Apesar disso, deverá ser punido. O artigo 214 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) prevê, em caso de escalação de atleta em situação irregular: perda do número máximo de pontos atribuídos a uma vitória no regulamento da competição, independentemente do resultado da partida, prova ou equivalente, e multa de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais).

Comentários do Site

  1. Carlos Henrique Chal
    Responder

    O América nunca deveria cair de série, pois, toda vida tem um clube amador para lhe tirar da cova.
    Lembram-se do Nacional de Patos ? Agora é o genérico do Bahia. Time ruim é igual a jogador ruim. Não presta, mas, tem sorte demais. Se estavam já no desespero na série D, agora, mais uma vez será salvo na bacia das almas.
    Ah mequinha…….

Deixe um comentário