A Intel, gigante das empresas de tecnologia, tem mantido conversas com o COI (Comitê Olímpico Internacional), sobre uma potencial inclusão dos eSports nos Jogos Olímpicos. Scott Gillingham, responsável pela area de gaming e eSports da Intel no Reino Unido, confirmou em entrevista à um veículo britânico, que tem debatido a questão com o COI, que tem ressalvas relacionadas aos jogos de natureza violenta.

Thomas Bach, presidente do COI, em coletiva em Lausanne — Foto: IOC | Greg Martin
Thomas Bach, presidente do COI, em coletiva em Lausanne — Foto: IOC | Greg Martin

A Intel foi parceira do COI na realização do Intel Extreme Masters durante os Jogos Olímpicos de Inverno Pyeongchang 2018, com o torneio de StarCraft.

Em 2017 o COI concordaram de que os eSports poderiam ser considerados atividades esportivas, desde que não entrem em conflito com os valores Olímpicos.

– Existem sim conversas entre a Intel e o comitê, mas nada concreto. Não temos uma visão concreta se deve ou não ser incluído nos jogos, mas estamos totalmente abertos e temos conversado com o comitê para fazê-los entender o que realmente são os eSports e o potencial que eles teriam. Mas a decisão está totalmente nas mãos do COI – comentou o diretor da Intel.

O comitê da organização dos jogos de Paris 2024 considera atualmente a inclusão de um evento de eSports, na tentativa de fazer da cidade, a capital europeia dos games.

Vale lembrar que no ano passado, os eSports já fizeram parte dos Jogos Asiáticos.

Fonte: Sportv

Deixe um comentário