Quem pratica esportes e faz academia sabe: a alimentação é sempre muito importante antes e depois dos exercícios para dar aquela energia e também para recuperar as forças depois de todo o esforço. Por isso, praticantes estão sempre atrás de alimentos que podem turbinar o treino, e não pode ser qualquer coisa que entra no prato, com fracionamento das refeições, consumo adequado de frutas, legumes e verduras e baixa ingestão de alimentos ricos em açúcar e gordura. E claro, sempre se manter hidratado.

A nutricionista e chef Bruna Pavão diz que um destes alimentos pode ser o guaraná em pó, e sempre que possível ela tenta utilizar esse ingrediente em suas receitas de pré e pós-treino. “Além de ser um ingrediente com ótimo custo, ele é essencial no fornecimento de energia para o meu corpo. O melhor momento para ingerir o guaraná em pó é antes do treino. Assim você irá garantir a sua disposição”. A nutricionista conta que, para os praticantes de corrida, é aconselhável a ingestão de 1 a 2 colheres (sopa) de guaraná em pó em um shake de frutas ou em um mix de granola com banana. “Use a criatividade e incorpore este ingrediente na sua alimentação”.

Alimentação

Outro tipo importante para o pré-treino é o carboidrato com baixo índice glicêmico, como pães integrais, batata doce, frutas e cereais. “Estes alimentos demoram mais para serem digeridos, liberando o açúcar aos poucos no sistema e mantendo a energia necessária durante toda a atividade, ” diz Bruna. É recomendado também evitar alimentos com muitas fibras pois sua fermentação pode causar desconforto abdominal.

Quando você termina seu treino, o foco da alimentação deve ser a proteína, que não precisa ser apenas carne. “Soja, iogurtes e queijos como o branco, cottage ou ricota também são ótimas fontes proteicas. Mas caso queira ir para a carne mesmo, prefira carnes magras, como peito de peru e frango” comenta a nutricionista.

Mas não se esqueça de fazer também a reposição dos carboidratos após o treino. Eles também são importantes para quem busca a melhora da massa magra. Quando forem consumidos no pós-treino, os carboidratos não serão armazenados na forma de gordura e sim utilizados pelos nossos músculos.

Sobre Bruna Pavão

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo e especializada em Gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi, trabalhou em grandes empresas do ramo de alimentos na área de Cozinha Experimental desenvolvendo receitas, produções culinárias para fotos e vídeos, treinamentos e workshops para funcionários e formadores de opiniões, e atualmente tem sua própria consultoria de nutrição e gastronomia.

Deixe um comentário