Enfrentar companheiros de clube em jogos de seleção é algo normal para quem está acostumado a defender a camisa do seu país. Para Geromel, convocado para primeira vez para a Seleção, será uma novidade. O zagueiro medirá esforços com Bolaños, que também atua no Grêmio.

Nada que tire o sono do jogador. Aliás, pela postura no treino e também na sala de entrevistas, parece difícil tirar este zagueiro do sério. Seguro e direto.

– Independente de quem for titular, o grupo está unido. É importante buscarmos esta vitória. Precisamos somar pontos. Assim como faço no Grêmio, quero apresentar meu melhor nesta oportunidade.

Quanto ao duelo contra Bolaños, Geromel brincou. Disse que ainda não falou com o amigo, pois foi convocado de última hora – para o lugar do lescionado Rodrigo Caio. Mas, além do atacante, ele também demonstrou conhecimento sobre outros jogadores equatorianos.

– Não nos falamos ainda, mas com certeza ele vai me ligar para encher o saco. É um grande companheiro e muito bom jogador. O Noboa (meia) também é muito perigoso.

Deixe um comentário