A equipe brasileira de canoagem velocidade já está na Alemanha para participar da sua última competição antes dos Jogos Olímpicos. A primeira etapa da Copa do Mundo de Canoagem Velocidade, que ocorre a partir desta sexta-feira (20.05) até domingo (22.05), em Duisburg, não interfere diretamente na atuação dos brasileiros no Rio 2016, mas é uma oportunidade de enfrentar os melhores atletas do mundo antes da competição em casa.

O Brasil já tem garantidas as vagas no Rio 2016 (C1 1.000m, C2 1.000m, C1 200m) e por isso o treinador da seleção de canoa masculina, Jesús Morlán, afirma que o resultado da competição não influenciará nos Jogos Olímpicos. “O planejamento Rio 2016 não mudará nada independente do que aconteça em Duisburg. (A Copa do Mundo) é uma competição pré-Jogos. Coincide com o pré-olímpico Europeu, onde ainda há vagas para o Rio 2016, então todos os times da Europa devem estar lá. Por isso a gente busca essa competição”, explicou Morlán.

Junto com o técnico, Jesús Morlán, estão os atletas Isaquias Queiroz dos Santos, Erlon de Souza Silva e Ronilson Matias de Oliveira. Além da prova individual C1 1.000m, Isaquias compete em dupla com Erlon no C2 1.000m. A segunda dupla é formada por Erlon e Ronilson, que juntos remam na C2 200m.”É a primeira competição do ano e será muito importante porque temos como objetivo saber como está indo nossa preparação. A nossa expectativa é a melhor possível para a época que estamos do treinamento”, disse Erlon.

Isaquias contou que também está confiante para a competição. “Mesmo vindo de semanas fortes de treinos, iremos competir em alto nível”, afirmou o atleta. Entre os estrangeiros, estarão presentes os grandes nomes da modalidade. A presença de rivais conhecidos, como o alemão Sebastian Brendel, anima Morlán. “Tomara que estejam todos os favoritos. É para isso que viajamos para a Alemanha. Quanto mais finalistas e/ou medalhistas do Mundial, melhor”, disse Morlán.

Assim como o técnico, os atletas também estão preparados para enfrentar qualquer adversário. “É sempre bom competir com grandes atletas. Lá em Duisburg é só aplicar o que temos feito nos treinamentos e desfrutar do campeonato dando sempre o melhor”, comentou Ronilson.

Logo após o término das competições, os atletas retornam ao Brasil e seguem a rotina de treinos visando às provas dos Jogos Olímpicos, que ocorrem entre os dias 15 e 20 de agosto, na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro.

Fonte: Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa)

Deixe um comentário